• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2006.tde-12092007-154442
Documento
Autor
Nome completo
Luis Fernando de Mello Sant'Ana
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2006
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Paulo Sérgio Perri de (Presidente)
Ferreira Júnior, Osny
Garcia Junior, Idelmo Rangel
Gurgel, Julio de Araujo
Tulio, Silas de
Título em português
Expansão rápida da maxila assitida cirurgicamente sob anestesia local em adultos: avaliação clínica e radiográfica de duas técnicas cirúrgicas
Palavras-chave em português
cirurgia bucal
expansão rápida da maxila
radiografia odontológica
Resumo em português
A expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente em pacientes adultos há muito é conhecida pelos cirurgiões e ortodontistas. Seu benefício se mostra em longo prazo através da correção da deficiência transversal da maxila e conseqüente correção da mordida cruzada posterior, melhora da estética facial e aumento do volume nasal, conseqüentemente, melhorando a respiração. O objetivo deste trabalho é a comparação de duas formas de tratamento da deficiência transversal maxilar sob anestesia local, utilizando-se dos mesmos parâmetros de controle de eficácia de técnica cirúrgica, controles radiográficos e avaliação da percepção do paciente quanto à cirurgia que foi submetido e ao período pós-operatório. Para isto, foram selecionados 24 pacientes adultos, com indicação para expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente, divididos em 2 grupos. O grupo I foi submetido à técnica proposta por BELL 12 e o grupo II à técnica proposta por GLASSMAN 31. Após a obtenção dos dados através de radiografias e de um questionário aplicado aos pacientes ao fim da cirurgia e no primeiro controle pós-operatório podemos concluir que: (1) Todos os pacientes submetidos à técnica cirúrgica proposta por BELL 12 obtiveram resultados cirúrgicos e ortopédicos satisfatórios, enquanto que apenas 30% dos pacientes submetidos à técnica de GLASSMAN 31 obtiveram êxito; (2) Ambas técnicas mostraram-se toleráveis aos pacientes para a realização do procedimento sob anestesia local; (3) A técnica proposta por GLASSMAN 31 obteve resultados piores quanto a dor pós-operatória e desconforto durante a ativação do aparelho expansor, enquanto que pacientes submetidos à técnica de BELL 12 tiveram pouco ou quase nenhum desconforto; (4) Não houve diferença entre as duas técnicas quanto à percepção do paciente ao edema pós-operatório formado.
Resumo em inglês
The use of surgically assisted rapid maxillary expansion for the correction of maxillary transverse deficiency in adult patients is known by surgeons and orthodontists. Its benefits for the patients, in the long term, are the correction of posterior cross-bite, improvements in the facial esthetics and the increase of nasal volume. The objectives of this research is the comparison of two forms of handling the maxillary transverse deficiency under local anesthesia, using the same surgical parameters to observe the technique efficacy, radiographic control and evaluation of the patients? perception of the surgery, including post-operatory evaluation. For this procedure, 24 adult patients were selected with indication of surgically assisted rapid maxillary expansion, divided in 2 groups. Group I was submitted to the technique described by BELL 12, and group II to the technique described by GLASSMAN 31. After obtaining all data through x-rays and a questionnaire applied to the patients at the end of the surgery and in the first post-operatory control. It is possible to conclude that: (1) All the patients submitted to the surgical technique described by BELL 12 had a satisfactory orthopedic and surgical results, while only 30% of the patients submitted to the GLASSMAN´s 31 technique had success; (2) Both techniques were tolerable to the patients under local anesthesia; (3) The technique described by GLASSMAN 31 had more pain and discomfort during the appliance activation than the patients who undergone by BELL´s 12 technique, which had a little or almost no discomfort during this procedure; (4) There were no statistic difference between the two techniques in the patients' perception regarding to the post-operatory edema.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LuisSantAna.pdf (1.97 Mbytes)
Data de Publicação
2007-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.