• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2007.tde-30032009-155558
Documento
Autor
Nome completo
Angélica Reis Hannas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Jose Carlos (Presidente)
Anauate Netto, Camillo
Carrilho, Marcela Rocha de Oliveira
Pardo, Ana Paula de Souza
Tjäderhane, Leo Sauli
Título em português
Determinação da expressão de MMP-2 e MMP-9 na saliva de pacientes portadores de lesões cervicais não cariosas e da influência das MMPs sobre lesões radiculares artificiais através de EDX
Palavras-chave em português
EDX
fluido gengival crevicular
gelatinases
lesão cariosa radicular
lesões cervicais não cariosas
metaloproteinases da matriz
remineralização
saliva
TIMPs
Resumo em português
As metaloproteinases da matriz (MMPs) foram identificadas na saliva, na placa dental, na dentina e no cemento. Este trabalho teve como objetivos: Estudo I (I) - avaliar a expressão de MMP-2 e MMP-9 presentes na saliva total e parotidiana e no fluido gengival crevicular (FGC) de pacientes portadores e não portadores de lesões cervicais não cariosas (LCNC); Estudo II (II) - investigar se a presença de MMP-8 e -9/TIMPs poderia influenciar a remineralização de lesões artificialmente criadas na superfície radicular, com ou sem desgaste por abrasão. Os métodos utilizados foram: (I) Coleta de amostras de saliva e do FGC de 32 pacientes, com (n=16) e sem LCNC (n=16). A atividade gelatinolítica das MMPs foi avaliada através de análise zimográfica e Western Blot. (II): Espécimes de dentina humana radicular foram obtidos. O grupo controle G1(10) não sofreu nenhum tratamento. Os demais segmentos radiculares foram desmineralizados G2(60). O Grupo A não foi submetido à escovação e o Grupo B foi submetido à abrasão por escovação em uma máquina de escovação simulada. G2(10) foi apenas desmineralizado, G3(10) desmineralizado e remineralizado, e os Grupos G4(10), G5(10), G6(10), G7(10) foram desmineralizados e remineralizados em presença de tampão neutro, TIMP, MMP-8 e -9, MMP-8,-9 e TIMP, respectivamente. Para a análise elemental, as concentrações de Ca+2, P, Mg+2 assim como a relação molar Ca/P e Mg/Ca foram determinadas através de uma sonda eletrônica para microanálise (EPMA). A análise qualitativa por retrodispersão (BSE) foi realizada para demonstrar a distribuição global da densidade mineral. Os resultados (I) mostraram que a principal gelatinase presente, tanto na saliva total quanto no FGC, é a proMMP-9. Na saliva secretada pela glândula parótida, não foram detectadas bandas indicando a presença de gelatinases. Os resultados do estudo (II) indicaram que os espécimes escovados apresentaram maior conteúdo de Ca+2 a 20µm e maior conteúdo de Mg+2 a 30 e 50µm. Em presença de TIMPs, ocorreu uma redução do conteúdo de Ca+2 a 20µm. Para os espécimes não escovados, em todas as profundidades, as amostras incubadas com MMPs apresentaram maiores valores de Ca+2. Portanto, pode-se concluir que (I) a comparação entre pacientes com e sem LCNC mostrou não haver diferença estatisticamente significante quanto à atividade gelatinolítica; (II) quando não inibidas pelos TIMPs, as MMPs degradaram o colágeno completamente desmineralizado na superfície radicular, permitindo melhor recalcificação na superfície subjacente. Esse fenômeno foi também facilitado pela abrasão por escovação.
Título em inglês
Gelatinase expression in saliva of patients with noncarious cervical lesions and EDX assessment of the influence of matrix metalloproteinases on artificial root lesions
Palavras-chave em inglês
EDX
gelatinases
gingival crevicular fluid
matrix metalloproteinases
noncarious cervical lesions
remineralization
root carious lesion
saliva
Resumo em inglês
Matrix metalloproteinases (MMPs) have been identified in saliva, plaque, gingival crevicular fluid (GCF), dentin and cementum. Study (I) aimed at evaluating the presence and quantity of gelatinases MMP-2 and MMP-9 in total and parotid saliva and in GCF (GCF) of subjects with and without NCCL. Study (II) aimed at investigating whether the presence of matrix metalloproteinase (MMP)-8 and - 9/TIMPs would influence the remineralization of artificial root lesions with and without mechanical wear. (I) Total stimulated saliva, parotid saliva, and GCF from patients with (n=16) and without NCCL (n=16) were collected and assessed for gelatin zymography and for western immunoblot analysis. (II) Human root segments from Group A (n=35) were not brushed and from Group B (n=35) were subjected to machine-controlled brushing, simulating mechanical wear. Specimens from Group 1 (control, n=10) were left untreated. Group 2 (n=10), was just demineralized; Group 3 (n=10) was demineralized and remineralized. The other samples G4 (n=10), G5 (n=10), G6 (n=10), G7 (n=10) were subjected to remineralization with HEPES buffer, tissue inhibitor of matrix metalloproteinase-2 (TIMP-2), activated MMP-8 and MMP-9 and activated MMP-8, MMP-9 and TIMP-2, respectively. Ca+2, P, Mg+2 concentrations as well as Ca/P and Mg/Ca molar ratios were determined through an Electron Probe Microanalyser (EPMA). (I) Densitometric analysis revealed that the main gelatinase was proMMP-9. No statistically significant difference was observed for MMP-2 and MMP-9 levels, separately. In parotid saliva, gelatinolytic activity was very low or absent. Western immunoblots revealed that, while little immunoreactivity was detected for MMP-2, there was positive immunoreaction for MMP-9, both in total saliva and in GCF. Gelatinases do not seem to originate from parotid gland. (II) The results indicated that the brushed specimens presented higher Ca+2 levels at 20 µm and higher Mg+2 content at 30 and 50 µm. Ca+2 content at 20 µm decreased in the presence of TIMPs. For the non-brushed specimens, in all depths, samples incubated with MMPs showed highest Ca+2 values. It can be concluded that (I) the main gelatinase present in the oral cavity is MMP-9. No significant differences were found in total gelatinolytic activity among NCCL+ and NCCL- patients. (II) When not inhibited by TIMPs, MMPs degraded the completely demineralized collagen in the root surface, allowing for better recalcification in the deeper areas. This phenomenon was also facilitated by the brushing procedure.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AngelicaHannas.pdf (8.08 Mbytes)
Data de Publicação
2009-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.