• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-27112004-111927
Documento
Autor
Nome completo
Anuradha Prakki
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Mondelli, Rafael Francisco Lia (Presidente)
Carvalho, Ricardo Marins de
Villela, Lauro Cardoso
Título em português
Resistência ao desgate de cimentos resinosos submetidos à ciclagem de pH e escovação simulada
Palavras-chave em português
cimentos de resina
cimentos dentários
escovacao dentaria (simulacao)
Resumo em português
A importância da avaliação da resistência ao desgaste de cimentos resinosos se justifica, uma vez que estes podem ser expostos ao meio bucal em função do grau de desadaptação das restaurações estéticas indiretas, tornando-os susceptíveis às degradações físicas, químicas e mecânicas. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência ao desgaste, por meio da escovação simulada, de três cimentos resinosos, Enforce (Dentsply), Rely X (3M) e Variolink II (Vivadent) quando comparados a dois materiais de restauração indireta, Artglass (Heraeus Kulzer) e Duceram Plus (Ducera), através da alteração de massa e rugosidade superficial. Foram confeccionados 100 corpos de prova, 20 para cada material testado, onde metade foi submetida aos ciclos dinâmicos de pH previamente à escovação simulada. Os espécimes foram submetidos a 100.000 ciclos de escovação, utilizando-se escovas dentais macias (Oral B) e pasta dental (Colgate) diluída em água deionizada. A alteração de massa foi verificada pela diferença entre massa inicial (antes da escovação) e final (após escovação) em balança analítica. A alteração da rugosidade superficial (Ra) foi determinada pela diferença entre a média de cinco leituras iniciais (antes da escovação) e cinco leituras finais (após escovação) com rugosímetro Hommel Tester T 1000. Os resultados foram submetidos à análise de variância e teste de Tukey (p<0,05). A porcelana Duceram Plus não foi influenciada pela ciclagem de pH e, apresentou o melhor comportamento frente ao teste de escovação simulada. Entre os materiais resinosos, o Artglass e o Variolink II apresentaram os melhorescomportamentos para alteração de massa e rugosidade superficial, seguidos do Rely X e Enforce. A ciclagem de pH não influenciou estatisticamente no desgaste dos materiais avaliados.
Título em inglês
Resin cements wear resistance evaluation under brushing abrasion preceded by pH cycling simulations
Palavras-chave em inglês
dental cements
resis cements
toothbrushing (simulation)
Resumo em inglês
Indirect aesthetic restorations have been found to have a wide variation on its adaptation, subjecting consequently, the luting material to the oral environment degradation provided by physical, mechanical or chemical processes. Thus, theirwear resistances still worry researchers. In this context, the objective of this work was to evaluate the wear resistance of three resin luting cements, Enforce (Dentsply),Rely X (3M) and Variolink II (Vivadent) when compared to the following indirect restorative materials, Artglass (Heraeus Kulzer) and Duceram Plus (Ducera). All the material was subjected to dynamic pH cycles and to brushing simulation and the wear was detected by their weight and surface roughness changes. A hundred specimens were obtained, twenty for each material, half of them (ten for each material) was submitted to dynamic pH cycles before the brushing strokes. For the abrasion test, the specimens were subjected to 100.000 cycles of brushing with soft bristles tips (Oral B) containing dentifrice solution (Colgate) and deionized water. The weight loss was detected by the difference between the initial (before brushing strokes) and final measurements (after brushing strokes). The evaluation of surface roughness was obtained by the difference between initial and final means after five roughness readings in a Hommel Tester T 1000 testing machine. The results (ANOVA and Tukey) showed significant differences of weight loss and surface roughness among the tested materials.Duceram Plus was not influenced by pH cycling and presented the best performance after tooth brushing test. Among composite materials, Artglass and Variolink II presented better results for weight and roughness alterations followed by Rely X and Enforce. PH cycling did not influence statistically on tested materials wear resistance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AnuradhaPrakki.pdf (5.88 Mbytes)
Data de Publicação
2004-12-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.