• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2005.tde-21062007-132249
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Aleixo dos Santos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2005
Orientador
Banca examinadora
Franco, Eduardo Batista (Presidente)
Francisconi, Paulo Afonso Silveira
Pegoraro, Carolina Nunes
Título em português
Avaliação da resistência coesiva e da microdureza de uma resina composta polimerizada com fontes de luz halógena e LED
Palavras-chave em português
dentística
polimerização
resina composta
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo avaliar a resistência coesiva, por meio do teste de tração, de uma resina composta fotopolimerizável (Z250 - 3M/ESPE) com variação de espessura do material, utilizando aparelhos de lâmpada halógena (Curing Light 2500 - 3M/ESPE - CL) e do tipo LED (Ultraled - Dabi-Atlante - UTL e UltraBLue - DMC - UB3 e UB6) com diferentes densidades de potência (130mW/cm2, 300mW/cm2 e 600 mW/cm2), assim como a influência do tempo de ativação (20s, 40s e 60s) e, adicionalmente, relacionar essa resistência com a microdureza na porção correspondente à região de fratura do material. Foram estabelecidos 24 grupos (n=10), sendo utilizadas duas matrizes de aço segmentadas, com espessuras de 1 e 2mm para a obtenção dos espécimes. Posteriormente, os corpos-de-prova foram submetidos ao teste de tração na Máquina Universal de Ensaios Kratos, utilizando-se a célula de carga de 50g e velocidade de 0,5mm/min. Os valores de resistência à tração foram obtidos em kgf/cm2 e transformados em MPa. Para o teste de microdureza, as mesmas matrizes foram utilizadas para confecção dos espécimes (24 grupos com n=5), analisando-se a dureza na interface correspondente à área de união. O teste de microdureza Knoop foi realizado com auxílio do Microdurômetro Shimadzu HMV-2, com carga estática de 50g por 30s. Os valores obtidos foram submetidos à análise de variância (ANOVA) e, para as comparações individuais, foi realizado o teste de Tukey (p<0,05). Os resultados permitiram observar, no que se refere ao desempenho individual dos aparelhos avaliados, que houve similaridade na resistência à tração para os diferentes tempos empregados (20s, 40s e 60s), tanto para espessura de 1mm como de 2mm; a resistência à tração da resina composta mostrou-se superior para espessura de 2mm, enquanto que a microdureza, na área correspondente à interface de união, apresentou valores maiores para a espessura de 1mm, demonstrando que uma maior microdureza não implica, por si só, em resistência à tração superior; com relação à microdureza do material, a lâmpada halógena alcançou resultados superiores às fontes de LED; a variação da espessura do material e do tempo de exposição não influenciou na microdureza da interface de união para os diferentes aparelhos, mas evidenciou que aparelhos de menor densidade de potência necessitam de maior tempo de ativação para se equipararem às fontes com maior densidade de potência.
Título em inglês
Evaluation of tensile strength and microhardness of a photo polymerizing resin composite, cured with light curing units - halogen and LED
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the tensile strength, through tensile tests, of a photopolymerizable composite resin (Filtek Z250 - 3M/ESPE), with variation of material's thickness, using an halogen light curing unit (Curing Light 2500 - 3M/ESPE - CL) and two light emitting diodes units (Ultraled - Dabi/Atlante - UL; Ultrablue IS - DMC - UB3 and UB6) with different power densities (130, 300, 600 and 640mW/cm2), as well as the influence of activation times (20, 40 and 60s) and, additionally, relate this data with the Knoop microhardness in that area corresponding to the fracture region of material. A number of 24 groups were stablished and a set of stainless matrix composed by two parts was used, with thickness of 1 and 2mm, to obtain the specimens. Next, the specimens were submitted to tensile tests in a Universal Testing Machine (Kratos), using a crosshead speed of 0,5mm/min and a 50Kg load cell until fracture. Tensile strength values were calculated in kgf/cm2 and translated into MPa. To microhardness test, the same matrix was used to obtain the specimens (24 groups - n=5), analyzing the hardness in the surfaces exposed and non-exposed to the light source. The Knoop microhardness test was made using a Shimadzu HMV-2 Microhardness Tester, at a static load of 50g at 30 seconds. The values obtained were submitted to three-way ANOVA and for individual comparison a Tukey test The aim of this study was to evaluate the tensile strength, through tensile tests, of a photopolymerizable composite resin (Filtek Z250 - 3M/ESPE), with variation of material's thickness, using an halogen light curing unit (Curing Light 2500 - 3M/ESPE - CL) and two light emitting diodes units (Ultraled - Dabi/Atlante - UL; Ultrablue IS - DMC - UB3 and UB6) with different power densities (130, 300, 600 and 640mW/cm2), as well as the influence of activation times (20, 40 and 60s) and, additionally, relate this data with the Knoop microhardness in that area corresponding to the fracture region of material. A number of 24 groups were stablished and a set of stainless matrix composed by two parts was used, with thickness of 1 and 2mm, to obtain the specimens. Next, the specimens were submitted to tensile tests in a Universal Testing Machine (Kratos), using a crosshead speed of 0,5mm/min and a 50Kg load cell until fracture. Tensile strength values were calculated in kgf/cm2 and translated into MPa. To microhardness test, the same matrix was used to obtain the specimens (24 groups - n=5), analyzing the hardness in the surfaces exposed and non-exposed to the light source. The Knoop microhardness test was made using a Shimadzu HMV-2 Microhardness Tester, at a static load of 50g at 30 seconds. The values obtained were submitted to three-way ANOVA and for individual comparison a Tukey test.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PatriciaSantos.pdf (966.18 Kbytes)
Data de Publicação
2007-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.