• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-13062007-142054
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Machado de Almeida Nishiyama
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Araujo, Paulo Amarante de (Presidente)
Carvalho Júnior, Oscar Barreiros de
Francisconi, Paulo Afonso Silveira
Título em português
Avaliação in vitro da capacidade de selamento coronário de três materiais usados como barreira adicional, em dentes tratados endodonticamente, obturados com diferentes cimentos endodônticos, utilizando o método de filtração de fluído
Palavras-chave em português
endodontia
filtração de fluído
materiais seladores
microinfiltração
Resumo em português
Grande parte dos insucessos dos tratamentos endodônticos ocorre por falha nas restaurações provisórias ou definitivas, em função da microinfiltração coroa-ápice. Sabe-se que, muitos pacientes realizam esse tratamento, mas não têm condições de restaurar o dente imediatamente, aumentando o risco de falhas nesse período intermediário, pela penetração de bactérias ou fluídos bucais até o canal radicular. Nos últimos anos, têm-se buscado, após o tratamento endodôntico, realizar o selamento intracoronário imediato, visando assim uma maior longevidade dessa terapia, até que se realize a restauração definitiva, ou até mesmo após esta. Diversas substâncias estão sendo testadas com o objetivo de avaliar essa penetração e existem diversos métodos disponíveis, para se avaliar a efetividade do selamento, como o de penetração de corantes e bactérias. Ultimamente, o método de filtração de fluído, que foi desenvolvido inicialmente para avaliar a permeabilidade dentinária, mas que posteriormente foi adaptado para uso em outras áreas, tem sido bastante utilizado para avaliar a microinfiltração em dentes tratados endodonticamente. Esse método é considerado quantitativo, não destrutivo, pela capacidade de se utilizar os mesmos espécimes em diferentes períodos de tempo, apresentando assim vantagens sobre os demais. Em função disso, o objetivo deste trabalho foi investigar, através do método de filtração de fluído, a permeabilidade de diferentes materiais utilizados no selamento intracoronário: o IRM, o Adper Scothbond Multi Purpose Plus e o Adper Single Bond 2, em dentes humanos unirradiculares obturados com cimento AH Plus e cones de guta percha, comparando-as entre si e também com a capacidade de selamento do novo sistema Epiphany, sendo as avaliações realizadas em períodos de 15, 30 e 60 dias. Após a aplicação do teste não paramétrico de Kruskall-Wallis e de Friedman, diferenças significantes foram encontradas entre os quatro grupos, sendo que o Grupo do IRM apresentou as maiores médias de filtrações em todos os períodos, e os grupos selados com os dois sistemas adesivos as menores. O sistema Epiphany apresentou médias iniciais baixas, mas sofreu um aumento significante dos seus valores de filtrações no último período, provavelmente por não ter recebido nenhum material selador secundário.
Título em inglês
In vitro fluid filtration evaluation of intracoronal sealing ability of three materials used as secondary barrier
Palavras-chave em inglês
fluid filtration
leakage
root canal filling
Resumo em inglês
Great part of endodontic treatment fails because of failures in provisory or definitive restoration, permiting a coronal microleakage. For these reasons, in last years, there is a preocupation in sealing intra-coronal cavity after the treatment, to have in view a longer longevity. So many materials are being used for this purpose. Recently it has been developed by Pashley, D.H. and his collaborators, a so called "Fluid Transport method and capillary flow" by the method of fluid transport. This method was inicitially developed for measuring dentinal permeability and is now used for studying the microleakage of root filling materials throuhg seal of intra-coronal fillings. It is not a destructive and quantitative method that permits the observation of the same specimens in different periods of time. The aim of the present study is to evalute the fluid infiltration and permeability of intracoronal sealers, using two Endodontics cements. 40 human teeth were divided into two grups. Group I, with 30 teeth, canals were filled with gutta-percha cones and AH Plus cement. Group II, with 10 teeth, canals were filled with Epiphany System. Four millimeters of the material was placed on the pulp chamber floor. Group I was divided in three groups: In Group IA, after canal filling, pulp chambers were filled with temporary filling IRM. In Group IB, pulp chambers were sealed with Socth Bond Multi Purpose Plus and Group IC, pulp chambers were sealed with Adper Singlebond. In Group II no sealing was made in pulp chambers of teeth. The fluid filtration for each group was compared by Kruskal-Wallis test. In the 15 days period, low filtration indexes had been observed in all groups, but Group IC presented the lowest level of filtration results. In the 30 days period, IA group behaved as expected, the IRM permiting the larger filtration. The groups IB, IC e II, perminting layer filtration than in the 15 days period. In the 60 days period, the group II presented higher level of filtration but the groups IB e IC presented the lost results of filtration, could being considered equally efficients, and the group IA demonstred the poorest results. In conclusion all groups showed filtration in 15, 30 and 60 days period.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CristianeNishiyama.pdf (952.66 Kbytes)
Data de Publicação
2007-06-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.