• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2005.tde-11082005-110615
Documento
Autor
Nome completo
Juan Carlos Castañeda-Espinosa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Mondelli, Rafael Francisco Lia (Presidente)
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira
Mauro, Silvio Jose
Pereira, Jose Carlos
Vieira, Sergio Roberto
Título em português
Avaliação das forças geradas durante a contração de polimerização de resinas compostas, em função do tipo de resina composta, modo de ativação, fonte de luz e utilização de material intermediário
Palavras-chave em português
polimerização
resinas compostas
Resumo em português
As forças geradas durante a polimerização das resinas estão relacionadas a vários fatores, sendo de muita importância a avaliação das forças que podem alcançar a interface adesiva nestas restaurações. O objetivo deste trabalho foi determinar estas forças, em função da composição e modo de ativação da resina, fonte de luz utilizada na ativação, e presença de material intermediário. Foram utilizadas duas bases de aço em forma retangular (6 x 2 mm), posicionadas paralelamente, sendo uma conectada ao braço móvel da máquina de ensaios (Emic – DL 500), através de uma célula de carga de 10 Kgf, e outra ao braço fixo. As resinas compostas foram introduzidas entre as bases metálicas, com 1 mm de altura, volume de 12 mm3 e fator C 1,5. As bases ficaram fixas durante o ensaio, e as forças geradas durante a polimerização foram registradas através de uma curva força/tempo, num total de dez ensaios para cada grupo. Foi avaliada a resina quimicamente ativada Concise (3M), as fotoativadas de micropartículas Filtek A-110 (3M), microhíbrida Filtek Z-250 (3M) e de alta viscosidade Filtek P-60 (3M). Dentre os aparelhos fotoativadores, foi avaliado o halógeno Spectrum (Dentsply), e os LEDs Ultraled (Dabi-Atlante) e Ultrablue IS (DMC). Os materiais intermediários avaliados foram o cimento de íonômero de vidro modificado por resina Vitrebond (3M) e a resina de baixa viscosidade Filtek Flow (3M). Os resultados mostraram que a resina quimicamente ativada Concise apresentou a menor força de contração de polimerização (4,216 + 0,353N), sendo este valor significantemente menor àqueles apresentados pelas resinas compostas fotoativadas (p<0,05). A resina de micropartículas Filtek A-110 apresentou a maior média dentre as resinas fotoativadas (8,365 + 0,5956N), sem diferenças estatisticamente significativas com Filtek P-60 (8,111 + 0,6868N) (p>0,05) e com diferenças estatisticamente significativas em relação a Filtek Z-250 (7,500 + 0,6149N) (p<0,05). Dentre os aparelhos fotoativadores o grupo polimerizado com Ultraled apresentou media significantemente menor que os outros grupos avaliados (5,175 + 0,3480N) (p<0,05). O grupo polimerizado com Spectrum (6,316 + 0,2175N) não apresentou diferenças estatisticamente significativas em relação a Ultrablue IS (p>0,05). Os grupos fotoativados com Ultrablue IS, a densidades de potência de 300 e 600 mW/cm2 (6,108 + 0,2252N e 6,497 + 0,2565N respectivamente) mostraram diferenças estatisticamente significativas entre eles (p<0,05). Finalmente, os resultados mostraram que existiram diferenças estatisticamente significativas entre os valores de forças de contração que foram registrados para a resina composta Filtek Z-250 com e sem material intermediário (p<0,05), sendo esta diferença positiva para o Vitrebond e negativa para o Filtek Flow. Pode-se concluir que todas as variáveis estudadas influíram significativamente nas forças de contração de polimerização em maior ou menor grau.
Resumo em inglês
The aim of this study was to verify the influence of the type of composite resin (chemical-cured and three different type of photo-cured composite); the type of photocuring unit (halogen and LED); and the type and thickness of different intermediate materials (flowable composite and resin modified glass ionomer) on the polymerization contraction forces transmitted to an universal testing machine. The experiment set up consisted of two identical steel bases one of which was connected to the cross head of an universal testing machine and the other was fixed to the transversal base. Composite resin was inserted into a 1mm space between the steel bases or between the inferior steel base and a previously polymerized layer of an intermediate material adhered to the upper steel base. The resin composite was light-cured with a QTH or LED curing unit for 60s and a curve force/time was obtained for each of the ten samples. The data were statistically evaluated using one way ANOVA and Tukey tests (p< 0,05). It was observed that the chemical-cured Concise produced the lower means of polymerization contraction forces; The photo-cured composites developed forces at the moment photoactivation began and for the whole evaluated period. Polymerization contraction forces were more dependent of power density than of the light source (halogen or LED). The use of resin modyfied glass ionômer as an intermediate layer promoted a significant decrease in the polymerization contraction force values of the restorative system, regardless of layer thickness. The use of flowable composite as an intermediate layer promoted an increase in polymerization contraction force values of the restorative system with the two evaluated layer thicknesses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.