• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-06122004-084556
Documento
Autor
Nome completo
Terezinha de Jesus Esteves Barata
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Navarro, Maria Fidela de Lima (Presidente)
Francisconi, Paulo Afonso Silveira
Pin, Maria Ligia Gerdullo
Título em português
Avaliação 'in vitro' da resistência à fratura de cavidades classe II restauradas pela técnica do tratamento restaurador atraumático (ART)
Palavras-chave em português
dente
fraturas (resistência)
Resumo em português
A proposta deste estudo foi avaliar a resistência à fratura (RF) de restaurações classe II (MO ou DO) realizadas pela técnica do Tratamento Restaurador Atraumático (ART); de acordo com a influência: de três variáveis: retenções adicionais nos preparos cavitários (RA-com retenção e AR-sem retenção), método de inserção (SI-seringa injetora e ED-escavador de dentina) e tipo do cimento de ionômero de vidro utilizado (Ketac-Molar /3M ESPE (KM) –de alta viscosidade e dois modificados por resina, Fuji VIII/GC (F8)-restaurador e Rely X/3M ESPE (RX) para cimentação). Um total de 120 pré-molares humanos superiores hígidos foram divididos em 12 grupos. Grupo 1: KM(RA+SC), grupo 2: KM(RA+ED), grupo 3: KM(AR+SC), grupo 4: KM(AR+ED), Grupo 5: F8 (RA+SC), grupo 6: F8 (RA+ED), grupo 7: F8 (AR+SC), grupo 8: F8 (AR+ED), Grupo 9: RX (RA+SC), grupo 10: RX (RA+ED), grupo 11: RX (AR+SC), grupo 12: RX(AR+ED). Os dentes restaurados foram armazenados em estufa a 37ºC e 100% de umidade relativa por 24 horas e submetidos ao carregamento axial de compressão em Máquina de Ensaios- Emic a uma velocidade de 0,5 mm/minuto, até que houvesse a fratura da restauração. Os valores obtidos, em Kgf, foram: Grupo 1: 65,66±0,245, grupo 2: 62,58±0,241, grupo 3: 57,11±0,196, grupo 4: 51,94±0,231, Grupo 5: 63,05±0,217, grupo 6: 60,120±0,239, grupo 7: 55,11±0,196, grupo 8: 49,20±0,163, Grupo 9: 50,99±0,246, grupo 10: 48,810±0,255, grupo 11: 45,53±0,266, grupo 12: 41,88±0,304. Os resultados obtidos foram analisados por meio dos testes estatísticos, ANOVA a três critérios (p<0,001) e Tukey, que revelaram uma influência mútua estatisticamente significante entre todas as variáveis analisadas: material x retenção; material x inserção; retenção x inserção; material x retenção x inserção. Todas as situações analisadas influenciaram a resistência à fratura.
Título em inglês
Fracture strength of evaluation “in vitro” of class II restorations using the Atraumatic Restorative Treatment (ART) technique
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate in vitro the influence of three variables on the fracture resistance of glass ionomer class II restoration (MO or DO), using the ART technique. The three variables are the material, composed by Ketac-Molar(KM)-3M ESPE,Fuji VIII(F8)-GC and Rely X(RX)-3M ESPE, the presence(PR) or absence of additional retention(AR) and the insertion method, by using a centrix syringe(CS) or an spoon excavator(SE). A total of 120 superior human premolars were divided into to 12 groups. Group 1: KM(PR+CS), group 2: KM(PR+SE), group 3: KM(AR+CS), group 4: KM(AR+SE), Group 5: F8 (PR+CS), group 6: F8(PR+SE), group 7: F8(AR+CS), group 8: F8(AR+SE), Group 9: RX(PR+CS), group 10: RX(PR+SE), group 11: RX(AR+CS), group 12: RX(AR+SE). The specimens were stored in a stove at 37o C and 100% of humidity for 24 hours. After this period, the teeth were submitted to the compressive axial loading in a testing machine–EMIC, by 0.5 mm/minute of speed, until the breakdown of the restoration. The mean values plus standard deviations, in Kgf, were: Group 1: 65,66±0,245, group 2: 62,58±0,241, group 3: 57,11±0,196, group 4: 51,94±0,231, Group 5: 63,05±0,217, group 6: 60,120±0,239, group 7:55,11±0,196, group 8: 49,20±0,163, Group 9: 50,99±0,246, group 10:48,810±0,255, group 11: 45,53±0,266, group 12: 41,88±0,304. The results were analyzed by statistic tests, three way ANOVA (p<0,001) and Tukey, revealing a mutual influence statistically significant among all tested variables: material x retention; material x insertion; retention x insertion and material x retention x insertion. All analyzed situations have influenced the fracture strength.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2004-12-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.