• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2013.tde-17102013-194843
Documento
Autor
Nome completo
Alana de Cassia Silva Azevedo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Biazevic, Maria Gabriela Haye (Presidente)
Cavalcanti, Marcelo de Gusmao Paraiso
Silva, Ricardo Henrique Alves da
Título em português
Estimativa da idade em adultos por meio do estudo de radiografias periapicais
Palavras-chave em português
Dentes
Dentina secundária
Estimativa da idade
Odontologia Legal
Radiografia periapical
Resumo em português
As mudanças nas dimensões da cavidade pulpar, decorrentes do depósito de dentina secundária, representam o melhor parâmetro morfométrico para estimativa da idade em adultos através de imagem radiográfica. Nesse sentido, os objetivos deste estudo foram: avaliar a acurácia e precisão da estimativa da idade com base na relação entre a polpa e a o dente canino através da análise de radiografias periapicais, e construir fórmulas para a estimativa da idade de adultos brasileiros, além de compará-las com as fórmulas elaboradas para outras populações. A amostra foi composta por 1.772 radiografias periapicais pertencentes a 443 sujeitos (sexo masculino: 219; sexo feminino: 224), sendo estes organizados em 12 grupos de acordo com o sexo (masculino ou feminino) e faixa etária (20 a 29 anos, 30 a 39 anos, 40 a 49 anos, 50 a 59 anos, 60 a 69 anos e 70 ou mais). A análise das radiografias foi pautada na proposta de Cameriere et al. (2004a) em que se utiliza o software Adobe Photoshop® para análise das radiografias periapicais e definição dos 20 pontos no contorno da estrutura dentária do dente canino e 10 pontos ao redor da cavidade pulpar Em seguida, obteve-se os valores em pixels a serem inseridos nas fórmulas de estimativa da idade. Ao desenvolver e aplicar as fórmulas para a população brasileira obteve-se: erro médio igual a 8,56 (DP= 5,80) anos para o dente 13, para o dente 23 o erro médio foi igual a 7,99 (DP = 5,78) anos, para o dente 33 o valor do erro médio foi de 8,38 (DP = 6,26) anos e para o dente 43 o erro médio foi igual a 8,20 (DP = 6,54) anos. Ao utilizar a fórmula com a associação de dentes, o valor referente ao erro médio diminuiu e foi de 7,85 (DP = 5,60) anos para os caninos do lado direito e igual a 7,58 (DP = 5,41) anos para o lado esquerdo. O estudo mostrou que melhores níveis de acurácia foram alcançados ao estimar as idades através das fórmulas validadas para brasileiros quando comparadas com as fórmulas originais do método. Para elevar a acurácia das idades estimadas, sugere-se a aplicação de mais de um método e a utilização de múltiplos dentes.
Título em inglês
Age estimation in adults using periapical radiographs
Palavras-chave em inglês
Age estimation
Forensic dentistry
Periapical radiograph
Secondary dentin
Teeth
Resumo em inglês
Changes in pulp size due to the deposition of secondary dentin observed on radiographic images represent the best morphometric parameter to estimate age in adults. The objectives of the study were to assess the precision and accuracy of age estimation based on the relationship between the canine tooth and pulp by analyzing periapical radiographs among Brazilian adults, and to develop formulas to estimate age in this population, comparing them with formulas developed for other populations. The sample comprised 1,772 periapical radiographs of 443 subjects (219 males, 224 females) that were organized into 12 groups according to sex (male or female) and age (20-29 years, 30 to 39 years, 40-49 years, 50 to 59 years, 60-69 years and 70 or more). The periapical radiographs were analyzed as proposed by Cameriere et al. (2004a) using Adobe Photoshop® software and the observations were based on 20 points along the contour of the canine structure and 10 points around the pulp cavity. The obtained pixel values were inserted into the formulas for estimating age. The application of the age estimation formulas to the Brazilian population revealed a mean error of 8.56 (SD = 5.80) years for tooth 13, 7.99 (SD = 5.78) years for tooth 23, 8.38 (SD = 6.26) years for tooth 33, and 8.20 (SD = 6.54) years for tooth 43. The application of the formulas to values obtained with a combination of teeth decreased the mean error and was 7.85 (SD = 5.60) years for the canines on the right side and 7.58 (SD = 5.41) years for the left side. Our findings indicated that higher levels of accuracy could be achieved by estimating the ages using the Brazilian formula compared with the original formula. Multiple teeth should be used and more than one method should be applied in order to improve the accuracy of the age estimations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.