• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2012.tde-14012013-124059
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Ribeiro Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Rogerio Nogueira de (Presidente)
Fraga, Mariana Minatel Braga
Paiva, Luiz Airton Saavedra de
Título em português
Eficácia do método de estimativa de idade de Lamendin
Palavras-chave em português
Estimativa da idade pelos dentes
Lamendin. Metanálise
Odontologia legal
QUADAS
Resumo em português
Diante das dificuldades em estimar a idade de adultos e procurando se basear em pesquisas com evidência de qualidade, o presente trabalho objetivou verificar a eficácia do método de estimativa de idade de Lamendin por meio de uma revisão sistemática com metanálise e também aplicando a técnica a uma amostra brasileira. Para a metanálise, foram pesquisados estudos que tinham como objetivo mostrar a eficácia do método, comparando as idades cronológica e estimada da amostra. Foram excluídos os artigos com amostra histórica, os que modificaram a técnica, os que analisaram outros aspectos do método sem retratar sua eficácia e os que apresentaram a amostra em grupo único com indivíduos de menos de 25 anos de idade. Em seguida, a escala de qualidade de evidência QUADAS foi utilizada com modificações. A amostra final foi constituída de oito estudos. O trabalho de campo foi realizado numa amostra composta de 49 dentes provenientes de 26 crânios da coleção do Centro de Estudo e Pesquisa em Ciências Forenses do IML de Guarulhos-SP. Os resultados mostraram que os estudos identificados descuidam de alguns aspectos metodológicos e que o método é ineficaz em idosos, mas que produz boas estimativas nos outros adultos. Nos brasileiros, adultos jovens mostraram as menores médias das diferenças Entretanto, existem discordâncias na literatura quanto à faixa etária em que o método funciona melhor. Diante do exposto, sugerimos que os estudos tenham mais rigor metodológico e que a técnica seja testada antes de ser usada numa determinada população, para que se possa constatar em qual faixa etária os resultados são mais precisos. Uma pesquisa com uma amostra brasileira maior também deve ser realizada, para que se possa verificar se sexo e tipo de dente influenciam os resultados.
Título em inglês
Efficacy of Lamendins dental age estimation method
Palavras-chave em inglês
Age estimation on teeth
Forensic dentistry
Lamendin
Meta-analysis
QUADAS
Resumo em inglês
Given the difficulties in estimating the age of adults and trying to rely on surveys of quality evidence, this study aimed to determine the effectiveness of Lamendins method of age estimation through a systematic review and meta-analysis and also by applying the technique to a Brazilian sample. For the meta-analysis, we researched studies that aimed to show the effectiveness of the method by comparing the chronological and estimated ages of the sample. We excluded studies with historical samples, those that changed the technique, the ones that analyzed other aspects of the method without presenting results on effectiveness and the ones that presented the sample in a single group with individuals less than 25years of age. Then, the quality evidence scale QUADAS was used with some modifications. The final sample consisted of eight studies. Fieldwork was conducted in a sample of 49 teeth from 26 skulls from the collection of the Center for Study and Research in Forensic Sciences from the IML Guarulhos-SP. The results showed that the studies identified could be methodologically careless and that the method is ineffective in the elderly, but produces good estimates for other adults. In Brazil, young adults showed the smallest mean errors. However, there are discrepancies in the literature as to the age at which the method works best. We suggest that the studies have more methodological rigor and that the technique be tested before used in a given population, so it can be verified at what age the results are more accurate. A research with a larger Brazilian sample should be made, so it can be confirmed if sex and type of tooth influence the results.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-02-14
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Lopes JR, et al. Age estimation by teeth periodontosis and transparency: accuracy of Lamendin's method on a Brazilian sample [doi:10.1590/1677-3225v13n1a04]. Brazilian Journal of Oral Sciences [online], 2014, vol. 13, p. 17-21.
  • Lopes JR, e OLIVEIRA RN. Métodos de estimativa de idade pelos dentes sob a ótica da Odontologia baseada em evidências. RPG. Revista de Pós-Graduação (USP), 2011, vol. 18, p. 170-175.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.