• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2012.tde-13092012-113517
Documento
Autor
Nome completo
Fábio de Abreu Vigorito
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Morea, Gladys Cristina Dominguez (Presidente)
Aidar, Luis Antonio de Arruda
Horliana, Ricardo Fidos
Scanavini, Marco Antonio
Tortamano, André
Título em português
Estudo longitudinal comparativo cefalométrico das mudanças dento-esqueléticas observadas no tratamento e pós-tratamento (Herbst e aparelho ortodôntico fixo pré-ajustado) de adolescentes com má oclusão de Classe II, divisão 1ª e retrognati
Palavras-chave em português
Aparelho de Herbst
Cefalometria
Má oclusão de Classe II divisão 1ª
Retrognatismo mandibular
Resumo em português
O Objetivo neste estudo prospectivo foi avaliar as mudanças dento-esqueléticas decorrentes do tratamento da má oclusão de Classe II e retrognatismo mandibular, realizado em duas fases de tratamento (ortopédica com aparelho de Herbst e ortodôntica com aparelho fixo pré-ajustado). As telerradiografias em norma lateral, de 17 adolescentes brasileiros consecutivos, foram obtidas no início (T1), final da FASE ORTOPÉDICA (T2), primeiros 13 meses da FASE ORTODÔNTICA (T3) e término da FASE ORTODÔNTICA (T4). As diferenças entre as variáveis cefalométricas (análise de Pancherz) foram analisadas estatisticamente. Os resultados mostraram que de T1 a T4, do total da projeção para anterior da maxila, 42% aconteceram de T1 a T2, 40,3% de T2 a T3 e 17,7% de T3 a T4. 48,2% do crescimento mandibular expressaram-se de T1 a T2 e 51,8% de T2 a T4, no entanto com desaceleração do crescimento de T2 a T3, para logo retomar um crescimento significativo, expressando os 36,7% até T4. A relação molar de classe II e o aumento da sobressaliência que apresentavam os pacientes no início do tratamento foram corrigidos idealmente. Em T4, todos exibiam oclusão normal estável, com boa relação molar e sobressaliência adequada, atingindo os objetivos do tratamento. O plano oclusal que de T1 a T2 sofreu rotação horária, de T2 a T3 retornou às características iniciais, que se mantiveram estáveis até T4. A inclinação do plano mandibular, que descreve o tipo facial, não sofreu alterações em nenhum tempo de observação. Com base nestes resultados pode-se concluir que as mudanças caracterizaram diferencialmente as duas fases de tratamento, sendo que na fase I houve um maior incremento do crescimento mandibular e mudanças dentárias que sobrecorrigiram a má oclusão. A recidiva parcial das mudanças dentárias observada na fase II, não comprometeu as metas ideais do tratamento. O tipo facial foi preservado.
Título em inglês
Longitudinal comparative chephalometric study of dento-skeletal changes observed during and after the treatment (Herbst and pre-adjusted fixed appliance) in adolescents with Class II, division 1 malocclusion and mandibular retrognathism
Palavras-chave em inglês
Cephalometry
Class II division 1 malocclusion
Herbst appliance
Mandibular retrognathism
Resumo em inglês
The aim of this prospective study was to assess the dento-skeletal changes in the treatment of Angle Class II, division 1 malocclusion with mandibular retrognathism, realized in two phases (Phase I: Herbst appliance, Phase II: pre-adjusted fixed appliance). Lateral cephalograms of 17 consecutively adolescents were taken at the beginning (T1), at the end of the ORTHOPEDIC FASE (T2), first thirteen months of the ORTHODONTIC FASE (T3) and at end of the ORTHODONTIC FASE (T4). Differences among the cephalometric variables (Pancherz analysis) were statistically analyzed. The results exhibited that from T1 to T4 from the overall maxillary forward growth, 42% happened from T1 to T2, 40,3% from T2 to T3 and 17,7% from T3 to T4. From the overall mandibular forward movement, 48,2% happened from T1 to T2 and 51,8% from T2 to T4, meanwhile with growth slowdown from T2 to T3. The molar Class II relation and the excessive overjet were ideally corrected. At T4, all patients showed stable normal occlusion reaching the objectives of the treatment. The oclusal plane, that from T1 to T2 rotated clock-wise, from T2 to T3 returned to the initial position and remain stable until T4. Mandibular plane inclination, that caracterizes facial type, did not change at any time during the treatment. Based on these results it can be concluded that the changes characterized differently each phase of the treatment: during Phase I there were larger increase of mandibular growth and dental changes that overcorrected the malocclusion. The partial relapse observed in Phase II of treatment did not jeopardize the ideal goals of the treatment. The facial type was preserved.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.