• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Ivan Ricardo Garcia Merino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Tortamano Neto, Pedro (Presidente)
Feng, Hsu Shao
Pannuti, Claudio Mendes
Steagall Junior, Washington
Título em português
"Articulador virtual" Precisão dos contatos oclusais observados em modelos virtuais em comparação com modelos reais
Palavras-chave em português
Articulador virtual
CAD-CAM
Oclusão
Resumo em português
Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar in vitro a precisão dos contatos oclusais obtidos em pacientes dentados por meio do articulador virtual. Materiais e Métodos: Trinta e seis modelos foram obtidos de pacientes dentados e montados em articulador semi ajustavel (ASA) A7 Plus (Bio-art). O registo intermaxilar foi realizado utilizando silicone occlufast Rock (Zhermack). Após a montagem em articulador, os contatos oclusais foram demarcados nos modelos de gesso com carbono de 20 ?m de espessura (AccuFilm), os quais foram utilizados como valores de referência. Com o intuito de obter modelos virtuais, os modelos de gesso foram então digitalizados por meio de um scanner laboratorial (Dental Wings 7, Straumann). Realizou-se a calibração do articulador virtual de acordo com as recomendações do fabricante e os contatos oclusais nos modelos digitais foram obtidos automaticamente por meio do respectivo software. A análise quantitativa dos contatos oclusais foi realizada independentemente por dois examinadores, de forma que cada examinador repetiu a contagem duas vezes com um intervalo de 48h entre as medições. A concordância intra e inter examinadores, assim como a correlação entre os contatos oclusais obtidos em modelos virtuais e modelos de gesso foram avaliados estatisticamente por meio do coeficiente Kappa com nível de significância ? = 5%. A concordância intra-examinador foi de 0.93 a 0.98 (p < 0,001), enquanto que a concordância entre os examinadores variou entre 0.61 a 0.67 (p < 0,001) para ambos modelos virtuais e de gesso. Os contatos obtidos em modelos virtuais e modelos de gesso convencionais apresentaram uma concordância entre 0.52 a 0.55 (p < 0,001). Conclusão: Dentre as limitações apresentadas pelo presente estudo, foi possível concluir que o articulador virtual apresentou uma precisão moderada para a determinação dos contatos oclusais em pacientes dentados.
Título em inglês
"Virtual articulator" Accuracy of occlus contacts observed in virtual models compared to real models
Palavras-chave em inglês
CAD-CAM
Occlusion
Virtual Articulator
Resumo em inglês
Objective: The objective of the study was to evaluate in vitro the accuracy of occlusal contacts obtained in patients through the virtual articulator. Materials and Methods: Thirty-six models were obtained from patients and mounted on a semi-adjustable articulator (ASA) A7 Plus (Bio-art). The intermaxillary registration was performed using silicone occlufast rock (Zhermack). After mounting in the articulator, the occlusal contacts were delimited in the 20 ?m thick carbon film (AccuFilm), which were used as reference values. In order to obtain virtual models, the gypsum models were scanned with a laboratory scanner (Dental Wings 7, Straumann). The virtual articulator calibration was performed according to the manufacturer's recommendations and the occlusal contacts in the digital models were obtained automatically through the corresponding software. Results: The quantitative analysis of the occlusal contacts was performed independently by two examiners, so that each examiner repeated the count twice with a 48h interval between measurements. The intra and inter-examiner agreement, as well as the correlation between the occlusal contacts obtained in virtual models and gypsum models were statistically evaluated using the Kappa coefficient with significance level ?=5%. The intra-examiner agreement was 0.93 to 0.98 (p <0.001), whereas the agreement between the examiners ranged from 0.61 to 0.67 (p <0.001) for both virtual and gyspsum models. The contacts obtained in virtual models and conventional gypsum models showed an agreement between 0.52 and 0.55 (p <0.001). Conclusion: Considering the limitations of the present study, it was possible to conclude that the virtual articulator showed a moderate precision for the determination of occlusal contacts in patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.