• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2008.tde-16092008-161919
Documento
Autor
Nome completo
Julio Cezar Marques Assad Mancini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Luz, Joao Gualberto de Cerqueira (Presidente)
Campos, Antonio Carlos de
Oliveira, Ilka Regina Souza de
Título em português
Análise da vascularização da mandíbula edêntula pós-fratura: estudo por ultra-som doppler colorido
Palavras-chave em português
Fratura mandibular
Maxilares desdentados
Reparo
Ultra-sonografia doppler colorida
Resumo em português
O tratamento das fraturas de mandíbulas edêntulas é motivo de controvérsias na literatura e um dos fatores que tornam seu tratamento complexo é o suprimento sanguíneo reduzido. Nesse contexto, o ultra-som Doppler consiste em exame nãoinvasivo o qual pode ser utilizado na análise de alterações da vascularização de diversos segmentos corpóreos e influenciar decisões clínicas. Este trabalho teve como objetivo avaliar a vascularização mandibular de pacientes edêntulos que foram submetidos a tratamento de fratura de mandíbula (grupo experimental), por meio de ultra-som doppler colorido. Possíveis correlações entre os dados clínicos, radiográficos e a vascularização mandibular foram analisadas. O fluxo arterial de vasos, como carótida externa, maxilar, facial, mentual, submentual e sublingual, após o tratamento, foi comparado ao fluxo arterial dos mesmos vasos em um grupo controle composto por pacientes edêntulos livres de fratura. Com o emprego do transdutor linear, de maneira extra-oral, foram obtidos velocidade pico-sistólica (VPS), velocidade diastólica final (VDF), índice de resistência (IR), índice de pulsatilidade (IP) e aceleração, de cada artéria. Além disso, foram obtidos detalhes do tratamento por meio de avaliação clínica e radiográfica, assim como da avaliação dos prontuários. Houve diferenças estatisticamente significantes para os valores de IR da artéria mentual, IP da artéria maxilar, VPS, IP e aceleração da artéria submentual. Além disso, na pesquisa de fatores vasculares locais obstrutivos, de acordo com a artéria e os fatores estudados, houve diferenças estatisticamente significantes para o VPS, VDF e IP da artéria facial, IR da artéria sublingual, os quais apresentaram valores menores quando da presença desses fatores. Os grupos experimental e controle foram semelhantes quanto à ocorrência de variações de sentido de fluxo. Na análise das correlações entre os fatores estudados e o grau de atrofia alveolar, foram observadas diferenças estatisticamente significantes para os valores de VPS e VDF da artéria submentual, maiores no grupo não-atrófico. O exame de ultra-som doppler colorido foi capaz de demonstrar alterações em algumas artérias que suprem a mandíbula de pacientes edêntulos submetidos a tratamento de fratura, havendo poucas correlações com o grau de atrofia alveolar.
Título em inglês
Analysis of the blood supply to post-fracture edentulous mandible. Study by color Doppler ultrasonography
Palavras-chave em inglês
Colored doppler sonography
Edentulous jaws
Healing
Mandibular fracture
Resumo em inglês
The treatment of edentulous mandibular fractures is motive of controversies in literature and one of the factors that make this treatment complex is the reduced blood supply. In this context, the doppler ultrasound is a non-invasive method that can be used in the analysis of changes in the vascularization of several corporeous segments and influence clinical decisions. The purpose of this study is to assess the vascular supply of edentulous patients, that have been treated of mandibluar fracture (experimental group), using the colored Doppler ultrasound. Possible correlations between the alveolar atrophy degree and the mandibular blood supply were analyzed. The arterial flow of vessels like external carotid, maxilar, facial, mentual, submentual and sublingual, after treatment, was compared with the arterial flow of the same vessels in a control group, consisting of edentulous fracture-free patients. With the use of linear probe extra-orally, the systolic-peak maximum velocity (SPV), final diastolic velocity (FDV), resistive index (RI), pulsatility index (PI) and acceleration of each artery, was obtained. Also, treatment details were obtained through clinical, radiological investigations, and hospital notes assessments. There was significant statistic differences to the values mentual artery RI, maxilar artery PI, submentual artery SPV, PI and acceleration. Also, in the analysis of the presence of obstructive vascular local factors, according to the artery and studied factors, statistically significant differences were observed to facial artery SPV, FDV and PI, sublingual artery RI, that present lower values when these factors were present. The experimental and control groups were similar in respect to variations in flow direction occurrence. In the analysis of the correlations between the studied factors and alveolar atrophy degree, statistically significant differences were observed to the submentual artery SPV and FDV, higher in non-atrophic group. The color doppler sonography was able to show changes in some arteries that supply the mandible of edentulous patients submitted to fracture treatment, with few correlations with the alveolar atrophy degree.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-12-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.