• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2009.tde-26022010-085648
Documento
Autor
Nome completo
Sheila Soares de Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Crosato, Edgard Michel (Presidente)
Pizzatto, Eduardo
Silva, Paulo Roberto da
Título em português
Acessibilidade dos pacientes com a Síndrone da Imunodeficência Adquirida SIDA/AIDS em estabelecimentos odontológicos na Cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
Acesso aos Serviços de Saúde
Odontologia
Síndrome de imunodeficiência Adquirida
Resumo em português
O paciente portador de necessidades especiais pode ser descrito como aquele indivíduo que não se adapta de maneira física, intelectual ou emocional aos parâmetros normais, considerando os padrões de crescimento, desenvolvimento mental e controle emocional, além dos relacionados à conservação da saúde. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que a prevalência das deficiências no mundo seja de uma pessoa a cada dez e mais de dois terços não recebe nenhum tipo de assistência odontológica. O objetivo do estudo foi verificar a percepção dos profissionais odontólogos sobre a acessibilidade do paciente com Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA/AIDS) em estabelecimentos odontológicos na cidade de São Paulo e comparar com um grupo controle, representados por pacientes com Diabetes Mellitus. A informação para o estudo foi baseada em conversações telefônicas com cirurgiões-dentistas, onde foi realizada uma entrevista semi-estruturada. A análise de conteúdo das entrevistas foi executada segundo método de Lefèvre e Lefèvre (2000) e foi realizada destacando-se a idéia central. Do total de entrevistados, 55,14% eram do gênero feminino e 53,27% trabalhavam em consultório particular. Em relação à acessibilidade, 96,26% já tinham tratado de pacientes com Diabetes, 55,14% com SIDA/AIDS. Concluiu-se que a principal dificuldade para tratar pacientes com diabetes é a prática clínica, principalmente relacionada com problemas de coagulação. Entre os pacientes com SIDA/AIDS embora tenham sido citadas dificuldades clínicas, pôde ser verificado que a maior dificuldade ainda é o preconceito contra eles.
Título em inglês
Dental clinical accessibility among patients with acquired immunodeficiency syndrome SIDA/AIDS in the city of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Acquired Immunodeficiency Syndrome
Dentistry
Health Services Accessibility
Resumo em inglês
The patient who has special needs can be described as the individual that can´t adapt himself to normal physical, intellectual or emotional parameters, considering the growing patterns, mental development and emotional stability, in addition to those related to the health maintenance. The World Health Organization (WHO) estimates that the deficiencies prevalence is about one in ten individuals allover the world and more than two thirds don´t have any dental assistance. The objective of the study was to verify the dental professional perception with relation to the accessibility among patients with Acquired Immunodeficiency Syndrome (SIDA/AIDS) in clinical settings in the city of São Paulo, and to compare this perception with a control group, patients with Diabetes Mellitus. The study information was based on telephone conversations with Dentistis. A semi-structured interview was prepared. Content analysis was performed as per Lefèvre and Lefèvre (2000) with the relief of the central ideas. Among the participants, 55.14% were female and 53.27% worked in private settings. Regarding the accessibility, 96.26% had already treated patients with Diabetes, 55.14% with SIDA/AIDS. It was concluded that the main difficulty to treat diabetes patients is the clinical practice, mainly with problems related to blood coagulation. Among SIDA/AIDS patients, even though it had been listed clinical difficulties, it could be verified that the main difficulty is still prejudice amongst them.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SheilaSoaresdeAraujo.pdf (417.04 Kbytes)
Data de Publicação
2010-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.