• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2015.tde-16042015-101538
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Cristina Lopes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Crosato, Edgard Michel (Presidente)
Gonçalves, Patricia Elaine
Oliveira, Jefferson Xavier de
Raggio, Daniela Prócida
Zaitter, Wellington Menyrval
Título em português
Estudo longitudinal do desgaste dentário em adolescentes
Palavras-chave em português
Abrasão
Adolescente
Atrição
Desgaste dentário
Erosão
Prevalência
Resumo em português
Com o controle da cárie dentária em muitos países e a permanência por mais tempo do elemento dentário na cavidade bucal, o desgaste dentário começou a despertar atenção da comunidade científica. Considerando os poucos estudos que abordam a incidência e progressão do desgaste em adolescentes, o objetivo deste estudo foi investigar a prevalência, incidência e a progressão do desgaste dentário em adolescentes de 15 anos de idade, estudantes de Rio Grande da Serra - São Paulo. A progressão do desgaste também foi estudada, associada com as variáveis independentes: gênero, fatores socioeconômicos (renda familiar e escolaridade da mãe) e ausência de elemento dentário na cavidade bucal. O primeiro exame foi realizado com 203 adolescentes entre os meses de outubro e novembro de 2011, e o reexame realizado após um ano e meio contando com 121 adolescentes. O desgaste dentário foi avaliado pelo índice de desgaste dentário (de Carvalho Sales-Peres). Uma cirurgiã-dentista previamente calibrada com o padrão ouro mostrou concordância de 80% e resultado do teste Kappa0,78 (+ 0,03). O resultado intra examinador obtido foi de 93% de concordância e teste Kappa 0,90 (+ 0,08). Nos dois exames, o desgaste dentário acometendo apenas o esmalte foi o mais comum, no entanto o desgaste em dentina foi observado em 2,1% das superfícies no primeiro exame passando para 8,6% no segundo exame e, 55,4% das superfícies não sofreram modificações entre os dois exames. A progressão do desgaste dentário acometendo a dentina foi de 6,6% das superfícies. Estudantes com renda familiar inferior a três salários mínimos e com mães que estudaram até o ensino fundamental apresentaram maior progressão do desgaste para dentina. Esta progressão não foi relacionada ao gênero e nem a ausência de elemento dentário. A prevalência de desgaste das superfícies dentárias destes estudantes foi elevada, porém com baixa severidade.
Título em inglês
Longitudinal study of tooth wear in adolescents
Palavras-chave em inglês
Abrasion
Adolescent
Attrition
Erosion
Prevalence
Tooth wear
Resumo em inglês
With the control of the dental caries in many countries and the permanence for more time of the dental elements in the oral cavity, the tooth wear started to attract the attention of the scientific community. Considering the few studies that have approached the wear incidence and progression in adolescents, the objective of this study was to investigate the prevalence, incidence and the progression of the tooth wear in 15-year-old adolescents who study in Rio Grande da Serra - São Paulo. The wear progression was also studied and associated with the independent variables: gender, socioeconomic factors (family income and the mother's education level) and the absence of the dental element in the oral cavity. The first examination was conducted with 203 adolescents between October and November of 2011, and the re-examination was conducted one year and a half later counting with 121 adolescents. The tooth wear was evaluated through the dental wear index (de Carvalho Sales-Peres). A dental surgeon previously calibrated with the gold standard showed a concordance of 80% and the result of the Kappa test of 0.78 (+ 0.03). The intra examiners result obtained was of 93% of concordance and the Kappa test 0.90 (+ 0.08). In both exams, the tooth wear affecting only the enamel was the most common one, however the dentin wear observed in 2.1% of the surfaces in the first exam went to 8.6% in the second exam and, 55.4% of the surfaces did not undergo modifications between both exams. The progression of the tooth wear affecting the dentin was of 6.6% of the surfaces. Students with family income lower than three minimum wages and with mothers who studied until the elementary school presented higher levels of dentin wear progression. This progression was not related to the gender neither to the absence of the dental element. Tooth wear prevalence of the dental surfaces of these students was high, however with low severity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.