• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2005.tde-12012006-094913
Documento
Autor
Nome completo
Marcela Aparecida Ferreira de Camargo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Antunes, Jose Leopoldo Ferreira (Presidente)
Duarte, Danilo Antonio
Frias, Antônio Carlos
Título em português
"Estudo da prevalência de cárie em pacientes portadores de paralisia cerebral"
Palavras-chave em português
AACD-SP
cárie dentária
paralisia cerebral
tratamento odontológico
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi é avaliar a prevalência de cárie em pacientes portadores de paralisia cerebral, bem como avaliar o envolvimento de fatores socioeconômicos com a manifestação da doença. Uma única dentista efetuou o exame bucal em 207 pacientes portadores de paralisia cerebral que aguardavam por triagem no setor de odontologia, da AACD-SP, segundo os critérios da Organização Mundial da Saúde para levantamento epidemiológico de cáries (condição de coroa dentária e necessidade de tratamento). Os cuidadores dos pacientes informaram através de questionário semi-estruturado suas características socioeconômicas (grau de parentesco, nível de escolaridade, renda familiar mensal, tipo e condição de moradia) e aspectos comportamentais (antecedentes de consulta odontológica, idade da 1ª consulta, dieta, condição de higiene bucal). Para indicar a condição de cárie dentária foram utilizados os índices ceo-d e CPO-D. Na elaboração das análises comparativas, optou-se pela divisão em dois grupos etários relativos aos indicadores da dentição decídua (132 crianças de 3 a 8 anos de idade) e permanentes (86 pacientes de 7 a 17 anos). De acordo com a análise dos índices utilizados, observou-se elevada prevalência de cárie na dentição decídua com baixa incorporação de tratamento odontológico. Na dentição permanente, o índice CPO-D demonstrou-se positivamente associado com a idade, o índice de cuidado foi mais elevado que para as crianças com dentição decídua. Fatores socioeconômicos e comportamentais associaram com a prevalência de cárie e a necessidade de tratamento nos pacientes portadores de paralisia cerebral que fizeram parte deste estudo.
Título em inglês
Prevalence study of dental caries in cerebral palsied patients
Palavras-chave em inglês
AACD-SP
cerebral palsy
dental caries
dental treatment
Resumo em inglês
The aim of this study is to evaluate dental caries prevalence in patients with cerebral palsy, and to assess socioeconomic and behavioral conditions associated with the disease. One single dentist performed the examination of 207 patients with cerebral palsy, which were enrolled for treatment in the dental department of AACD-SP, following international criteria standardized by the World Health Organization for surveys on oral health (dentition status and treatment needs). Caretakers informed socioeconomic (kinship, schooling attainment, familial income, household characteristics) and behavioral characteristics (age at the first dental visit, previous treatments, dietary habits and oral hygiene). The appraisal of caries experience used the dmft and DMFT indices. For the comparative analyses, the assessment of two groups differentiated children with primary dentition (132 children from 3 to 8 years old) from those presenting permanent teeth (86 children from 7 to 17 years old). Children with primary dentition presented elevated indices of caries, with low incorporation of dental treatment. For children presenting permanent teeth, the DMFT index was positively associated with age, and the dental care index was higher than the corresponding figure for the primary dentition. Socioeconomic and behavioral factors associated with caries experience and dental needs for the patients with cerebral palsy gathered in the current study.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-12
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • DE CAMARGO, MARCELA APARECIDA FERREIRA, and ANTUNES, JOSÉ LEOPOLDO FERREIRA. Untreated dental caries in children with cerebral palsy in the Brazilian context [doi:10.1111/j.1365-263x.2007.00829.x]. International Journal of Paediatric Dentistry [online], 2008, vol. 18, n. 2, p. 131-138.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.