• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2006.tde-05052006-161107
Documento
Autor
Nome completo
Jair de Souza Moreira Júnior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Silva, Moacyr da (Presidente)
Araújo, Marcelo Marotta
Frias, Antônio Carlos
Título em português
"Levantamento de saúde bucal na unidade central de odontologia do Serviço Social do Comércio em São Paulo, 2004"
Palavras-chave em português
cárie dentária
prevalência
saúde bucal
SESC
Resumo em português
Levantamentos epidemiológicos em saúde bucal são ferramentas estratégicas importantes que possibilitam conhecer a situação em uma determinada população para a avaliação e o desenvolvimento de propostas. O SESC, uma instituição de caráter privado, com a finalidade de promoção da saúde, melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento cultural do trabalhador do comércio e serviços e seus dependentes, bem como da comunidade em geral contempla a Odontologia com ações que visam desde a prevenção até a manutenção da saúde bucal. O presente trabalho tem como objetivo avaliar o perfil de saúde bucal da população que procura atendimento odontológico na unidade central de odontologia do SESC em São Paulo, sendo estudado um total de 398 pessoas, divididas em grupos etários de 15 a 19, 35 a 44 e de 65 a 74 anos de idade. Foram obtidos dados relativos à prevalê ncia cárie dentária, doença periodontal, uso e necessidade de prótese dentária além de características socioeconômicas, seguindo as orientações da OMS. Para a amostra estudada os resultados do índice CPO-D foi de 3,7 para o grupo de 15 a 19; CPO-D = 19,8 para o grupo de 35 a 44 e CPO-D = 23,9 para o grupo de 65 a 74 anos de idade. Já quanto à necessidade de tratamento foi observado em todos os grupos etários que a maioria dos indivíduos não necessitava de tratamento restaurador. Com relação à pior condição periodontal encontrada, foi detectada nos indivíduos de 15 a 19 anos a presença de sangramento e cálculo, levando à necessidade de tratamento periodontal sem complexidade, com profilaxia e orientação de higiene bucal; nos grupos de 35 a 44 e 65 a 74 foi encontrado um percentual maior com cálculo e bolsa periodontal de 4-5 mm, necessitando de um tratamento periodontal que envolve raspagem. Analisando a utilização de escova dental encontramos uma prevalência de indivíduos que escovam os dentes 3 vezes ao dia nos três grupos etários. Já com relação à utilização do fio dental, no grupo de 15 a 19 anos prevaleceram as pessoas que nunca utilizam, enquanto nos grupos de 35 a 44 e 65 a 74 o percentual de utilização é maior, com uma freqüência 1 a 2 vezes ao dia. Quanto ao uso de prótese superior o resultado observado foi que 23% no grupo de 35 a 44 e 60% no grupo de 65 a 74 anos usa prótese. Quando observamos a porcentagem de pessoas que usam prótese inferior encontramos 92% de 35 a 44 e 59% de 65 a 74 anos. Com relação à necessidade de prótese foi observado que 72% da amostra entre os grupos etários de 35 a 44 e 65 a 74, não necessita de prótese superior, enquanto a necessidade de prótese inferior os valores percentuais situam-se, em torno de 50%.
Título em inglês
Oral health survey at the central unit of Social Service of the Commerce in Sao Paulo, 2004
Palavras-chave em inglês
dental caries
oral health
prevalence
SESC
Resumo em inglês
Epidemiological surveys in oral health are strategical tools that allow to understand the situation in a given population in order to evaluate and develop proposals. The Social Service of the Commerce (SESC) a private institution, with the purpose of health promotion, life quality improvement and cultural development of commerce and service employees, their dependents, as well as the community in general incorporates dentistry, with actions towards the prevention and maintenance of oral health. The purpose of the present study is to evaluate the oral health status of the population who looked for oral treatment in the odontological central unit of SESC in Sao Paulo, considering three age groups: 15-19, 35-44 and 65-74 years old. Data related to caries prevalence, periodontal disease, prosthetics use and needs, as well the social economics patterns were obtained according to WHO procedures. The DMFT index of sample was 3.7 for the age group of 15-19 yrs old, 19.8 for 35-44 yrs old and 23.9 for the age group of 65-74 years old. Regarding the treatment requirement, it was observed that the majority of the clients, in all age groups, did not need restorative treatment. As for the worst periodontal status, the presence of blood and calculus was found in the 15-19 yrs old group which demanded periodontal treatment without complexity, prophylaxis and hygiene instruction; for the 35-44 and 65-74 yrs old groups, the presence of calculus and pockets of 4-5 mm were observed, demanding periodontal treatment with scaling. The utilization of toothbrush three times a day predominates in all age groups. Regarding dental floss use the majority of the15-19 year old group never uses it. In the 35-44 and 65-74 groups the percentage of utilization is higher, with a frequency of one or two times a day. The use of superior prosthetics was concentrated in the 35-44 and 65-74 age groups: 23% and 60%, respectively. It was observed a predominance of people that do not use inferior prosthetics, 92% in 35-44 and 59% in 65-74 years old group . Regarding prosthetics needs, it was observed that 72% do not need superior prosthetics, but the need of inferior prosthetics is close to 50%.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-05-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.