• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2005.tde-28092005-095600
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Moreira Lima Safioti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Lotufo, Roberto Fraga Moreira (Presidente)
Micheli, Giorgio de
Pannuti, Claudio Mendes
Título em português
Comparação dos níveis de histatinas da saliva da parótida entre sujeitos com doença periodontal e sujeitos sem história prévia de doença periodontal
Palavras-chave em português
Doença periodontal
Histatinas
Saliva
Resumo em português
As histatinas são uma família de peptídeos presentes nas secreções salivares humanas tendo como membros mais importantes da família as histatinas 1, 3 e 5. Diversos trabalhos demonstraram atividade inibitória das histatinas sobre produtos bacterianos e derivados do hospedeiro envolvidos na doença periodontal, sugerindo uma função importante de defesa das histatinas na cavidade bucal na presença de doença periodontal. Este estudo teve por objetivo comparar as quantidades de histatinas 1, 3 e 5 e o total de histatinas presentes na saliva da parótida entre sujeitos com doença periodontal e sujeitos sem história prévia de doença periodontal. Participaram do estudo 20 sujeitos da pesquisa com doença periodontal e 20 sujeitos sem história prévia de doença periodontal. As coletas da secreção da parótida foram realizadas sob condições de estimulação gustativa com balas ácidas com auxílio de um coletor de saliva Carlson-Crittenden posicionado sobre o ducto de Stenson e conectado a um cilindro de borracha resfriado em gelo. A quantificação de histatinas presentes nas secreções salivares foi realizada pelo procedimento de precipitação por zinco seguido por quantificação utilizando-se cromatografia líquida de alta pressão de fase reversa. Não foram encontradas diferenças significativas nas quantidades de histatinas na saliva da parótida entre sujeitos com doença periodontal e sujeitos sem história prévia de doença periodontal, indicando que a doença periodontal não estimula o sistema não imune ou inato do hospedeiro a uma maior produção e liberação de histatinas na cavidade bucal.
Título em inglês
Comparison of histatin levels between periodontally healthy and diseased subjects
Palavras-chave em inglês
Histatins
Periodontal disease
Saliva
Resumo em inglês
Histatins are a family of peptides present in human salivary secretions. The major members of this family are histatins 1, 3, and 5. Several studies have shown inhibitory properties of histatins on bacterial and host-derived products which suggest an important role of defense for histatins in the presence of periodontal disease. This study aimed at comparing the levels of histatins 1, 3, and 5, and the total histatins in parotid saliva between periodontally healthy and compromised subjects. Twenty subjects with periodontal disease and twenty subjects with no previous history of periodontal disease had saliva samples collected from the parotid gland under gustatory stimulation using sour candies with the aid of a Carlson-Crittenden device positioned over the Stenson’s duct and connected to a polypropylene graduated cylinder chilled on ice. Histatins levels were quantified using the two-step procedure using zinc precipitation of histatins followed by reversed-phase high performance liquid chromatography. No statistical differences were found for levels of histatins 1, 3, and 5, and for the total histatins between periodontally healthy and compromised subjects, showing that the periodontal disease does not trigger a higher production and output of histatins by the innate host defense system.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.