• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Mariana de Sousa Rabelo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Romito, Giuseppe Alexandre (Presidente)
Caldeira, Marinella Holzhausen
Gallottini, Marina Helena Cury
Nociti Junior, Francisco Humberto
Susin, Cristiano
Título em português
Alteração da homeostase imunológica mediada pelas células dendríticas em indivíduos com hiperglicemia portadores de periodontite crônica generalizada
Palavras-chave em português
Célula dendrítica
Diabetes Mellitus tipo 2
Periodontite crônica
Porphyromonas gingivalis
Resumo em português
O objetivo do presente trabalho foi investigar o efeito da hiperglicemia na alteração da homeostase imunológica mediada pelas células dendríticas (DCs) em resposta a uma bacteremia induzida por raspagem e alisamento radicular (RAR) em indivíduos com periodontite crônica generalizada (GCP). Foram selecionados 60 indivíduos igualmente divididos em quatro grupos: controles normoglicêmicos saudáveis, normoglicêmicos com GCP (NG+GCP), pré-diabéticos com GCP (PD+GCP) e diabéticos tipo 2 com GCP (T2DM+GCP). Os indivíduos com GCP receberam RAR, o que induziu uma bacteremia aguda e os controles saudáveis receberam apenas raspagem supragengival. Todos os participantes foram avaliados no início do estudo, 24hs, 1 mês e 3 meses após a raspagem. A frequência de células dendríticas mielóides (mDCs) CD1c+, mDCs CD141+, células dendríticas plasmocitoides (pDCs) CD303+ e a expressão dos receptores CCR6 (presente em altos níveis em células dendríticas imaturas) e CCR7 (presente em altos níveis em células dendríticas maduras) foram avaliados por citometria de fluxo. Foi utilizada técnica de PCR em tempo real para investigar a presença de Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis) no biofilme e abrigada pelas DCs. No início do estudo, os indivíduos hiperglicêmicos com GCP tinham níveis de DCs significativamente mais baixos do que os indivíduos normoglicêmicos com ou sem GCP. Após a bacteremia induzida por RAR, observou-se um aumento significativo nos níveis de CD1c+ e CD1c+CCR6+ em todos os grupos com GCP, independentemente do status de glicemia, e esses níveis voltaram aos níveis basais após 1 mês. Em comparação com o grupo NG+GCP, o grupo T2DM+GCP apresentou níveis significativamente mais baixos de DCs ao longo de todos os períodos experimentais. Não foram observadas alterações significativas para CD303+, CD1c+ CCR7+ e CD141+ em resposta à bacteremia; CD303+ e CD141+ foram significativamente mais baixos para T2DM+GCP comparado ao grupo NG+GCP ao longo do estudo. A quantidade de P. gingivalis nas DCs estava aumentada no grupo NG+GCP no início do estudo e após 24h da RAR comparado ao controle, mas não nos grupos hiperglicêmicos. Os resultados premitiram concluir que a hiperglicemia parece afetar negativamente a presença de mDCs e pDCs no sangue periférico e a abilidade dessas células em capturar P. gingivalis. Considerando que a magnitude da expansão de mDCs em resposta a um desafio bacteriano foi semelhante, os indivíduos hiperglicêmicos permaneceram imunocomprometidos em comparação com indivíduos normoglicêmicos.
Título em inglês
Disruption of Dendritic cell mediated immune homeostasis in hyperglycemic subjects with generalized chronic periodontitis
Palavras-chave em inglês
Chronic periodontitis
Dendritic cell
Diabetes mellitus type 2
Porphyromonas gingivalis
Resumo em inglês
The objective of this study was to investigate the effect of hyperglycemia in the disruption of dendritic cells (DCs) mediated immune homeostasis in response to an acute short-term bacteremia in subjects with generalized chronic periodontitis (GCP). Sixty subjects equally divided into four groups were selected: normoglycemic healthy controls, normoglycemics with GCP (NG+GCP), pre-diabetics with GCP (PD+GCP), and type-2 diabetes mellitus with GCP (T2DM+GCP). Subjects with GCP received full-mouth scaling and root planning (SRP), which induced an acute bacteremia, while healthy controls received only a prophylaxis. All participants were examined at baseline, 24hs after SRP, 1 month, and 3 months. The frequency of CD1c+ myeloid DCs (mDCs), CD141+ mDCs, CD303+ plasmacytoid DCs (pDCs) and their expression of immature DC tissue homing receptor CCR6+ and secondary lymphoid organ (SLO)-homing receptor CCR7+ were analyzed by flow cytometry. The presence of Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis) mRNA within blood DCs was analyzed by real time PCR. At baseline, hyperglycemic subjects with GCP showed lower DC levels than normoglycemic subjects with or without GCP. After SRP induced bacteremia, a significant increase in CD1c+ and CD1c+CCR6+ levels was observed in all GCP groups, which returned to baseline levels after 1 month. Compared to NG+GCP, T2DM+GCP had significantly lower levels of DCs throughout the experimental periods. No significant changes were observed for CD303+, CD1c+CCR7+ and CD141+ in response to the bacteremia; CD303+ and CD141+ were significantly lower for T2DM+GCP than NG+GCP throughout the study. P. gingivalis carriage state of DCs was increased in the NG+GCP group, but not in the hyperglycemic groups. Hyperglycemia appears to negatively affect the pool of mDCs and pDCs and the ability of blood DCs to captures bacteremic P. gingivalis. Whereas the magnitude of mDCs expansion in response to a bacterial challenge was similar, hyperglycemic subjects remained immunocompromised in comparison to normoglycemic subjects.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.