• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2015.tde-18032015-153604
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Camillo de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Pannuti, Claudio Mendes (Presidente)
Casarin, Renato Corrêa Viana
Cavalcanti, Marcelo de Gusmao Paraiso
Título em português
Acurácia e precisão de tomografia computadorizada de feixe cônico e de radiografias periapicais na detecção de defeitos ósseos periodontais interproximais em mandíbulas suínas
Palavras-chave em português
Diagnóstico
Doenças periodontais
Tomografia computadorizada por raios X
Resumo em português
As tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC) vêm ganhando espaço no cenário odontológico devido ao detalhamento das imagens, sem sobreposição de estruturas anatômicas. O objetivo do presente estudo foi comparar a acurácia e a precisão da tomografia computadorizada de feixe cônico e de radiografias periapicais na detecção de defeitos ósseos interproximais artificiais de diferentes tamanhos. Após cálculo amostral, foram adquiridas 20 mandíbulas suínas, nas quais foi empregada cera para simulação de tecido mole e proteção das faces interproximais dos dentes. Das 80 áreas experimentais (entre 1º e 2º pré-molares e entre 2º pré-molar e 1º molar), após aleatorização, foram criadas 60 lesões (20 com exposição ao ácido por 2 horas, 20 com exposição ao ácido por 4 horas e 20 com exposição ao ácido por 6 horas). Em 20 áreas não foram produzidas lesões (controles). As lesões foram criadas com ácido perclórico 70-72%, aplicado com bolinha de algodão. TCFC e radiografias periapicais foram realizadas e depois analisadas por dois radiologistas treinados. A presença de lesões na mandíbula seca foi considerada o padrão-ouro. Foi calculada a sensibilidade, a especificidade e a acurácia da tomografia e da radiografia periapical na detecção das lesões de diferentes tamanhos. A acurácia da TCFC variou de 0,688 a 0,775 e a da radiografia variou de 0,700 a 0,763. Além disso, o tamanho da lesão influenciou no resultado, sendo que lesões de 6h geraram menos resultados falso-negativos do que as lesões de 2h, em ambos os exames. A reprodutibilidade foi aferida pelo coeficiente kappa. A concordância interexaminador variou de ausente a razoável, enquanto a concordância intraexaminador variou de boa a muito boa. Concluímos que não houve diferença com relação à acurácia da TCFC e da radiografia periapical na detecção de defeitos ósseos interproximais artificiais em mandíbulas suínas.
Título em inglês
Accuracy and precision of cone beam computed tomography and periapical radiographs in detecting interproximal alveolar bone lesions in pig mandibles
Palavras-chave em inglês
Diagnosis
Periodontal diseases
Tomography
X-ray computed
Resumo em inglês
Cone beam computed tomography (CBCT) has been considered an advance in dentistry imaging due to its high quality tridimensional images. The aim of this study was to evaluate accuracy and precision of CBCT and periapical radiographs in detecting artificial interproximal alveolar bone lesions of different sizes. After sample size calculation, 20 swine mandibles were acquired and had all soft tissue removed. Red wax was used for soft tissue simulation and to protect interproximal aspects of teeth. After randomization, sixty lesions were created (20 with 2 hour acid exposure, 20 with 4 hour acid exposure and 20 with 6 hour acid exposure) and in 20 areas (controls) no lesions were created, totalizing 80 experimental sites. Bone lesions were produced in experimental areas (between 1st and 2nd premolars and between 2nd premolar and 1st molar) with the use of a cotton pellet soaked in perchloric acid 70-72%. CBCT and periapical radiographs were taken and then analyzed by two trained radiologists. The presence of lesions in the dry mandible was considered the gold standard. Sensitivity, specificity and accuracy in detecting different-sized bone lesions were calculated for CBCT and periapical radiography. Accuracy of CBCT ranged from 0,688 a 0,775 and accuracy of periapical radiography ranged from 0,700 a 0,763. The size of lesion influenced results, since 6h-lesions presented less false-negative results than 2h-lesions, in both exams. Reproducibility was measured by kappa coefficient. Interexaminer concordance varied from none to fair, whereas intraexaminer concordance varied from moderate to substantial. Therefore, we concluded that there was no difference between CBCT and periapical radiography accuracy as regards to detection of artificial interproximal bone lesions in swine mandibles.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.