• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2006.tde-20092006-092828
Documento
Autor
Nome completo
Carmen Vianna Abrão
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Caldeira, Celso Luiz (Presidente)
Gavini, Giulio
Macedo, Mary Caroline Skelton
Título em português
"A oximetria de pulso como recurso auxiliar na determinação da vitalidade pulpar de dentes permanentes traumatizados"
Palavras-chave em português
Oximetria de puls
Teste da polpa dentária
Traumatismo dentário
Resumo em português
A verificação da vitalidade pulpar depende de recursos semiotécnicos específicos, e, entre eles, os mais comumente empregados são os testes térmicos e elétrico. Tais testes apresentam limitações clínicas que interferem na análise e interpretação dos dados obtidos pelos mesmos. Os testes de sensibilidade são estímulos de origem térmica, elétrica ou mecânica aplicáveis ao dente e que são transmitidos às fibras nervosas sensitivas pulpares. Portanto, não leva em consideração a atividade circulatória do tecido pulpar e as condições de oxigenação, que são os reais indicadores da vitalidade do tecido. Nos casos de traumatismos dentários, por diversos fatores, a resposta pulpar se torna ainda mais difícil de obter. Assim, faz-se necessário avaliar o comportamento fisiológico pulpar através de testes denominados fisiométricos, destacando-se nesta área a oximetria de pulso, que é um método não invasivo e objetivo para determinação da saturação de oxigênio e taxa de pulso de um determinado tecido. Este estudo procurou estabelecer parâmetros para a utilização do oxímetro de pulso como teste de vitalidade pulpar, avaliando, comparativamente, os níveis de saturação de oxigênio obtidos do dedo indicador, de dentes controle positivo e de dentes permanentes traumatizados dos mesmos pacientes. Os dentes traumatizados apresentavam resposta negativa ao teste de sensibilidade pulpar com gás refrigerante e ausência de outro sinal ou sintoma indicativo de necrose pulpar. Os resultados mostraram que não houve diferença estatisticamente significante comparando-se as taxas de oxigenação dos dentes traumatizados nos três tempos (inicial, 30 e 60 dias) e que houve correlação entre as taxas de oxigenação do dedo indicador e dos dentes traumatizados e entre os dentes controle e os dentes traumatizados. Comparando-se as leituras obtidas neste estudo pode-se afirmar que taxas de oxigenação obtidas nos dentes traumatizados são confiáveis, permitindo ainda um monitoramento da condição pulpar ao longo do tempo.
Título em inglês
Pulse oximetry as auxiliar test for determination of pulp vitality in traumatized permanent teeth
Palavras-chave em inglês
Dental p ulp test
Dental trauma
Pulse oximetry
Resumo em inglês
The evaluation of pulp vitality depends on diagnosis methods. The most widely used are thermal and electric stimulation. However, thermal and electric testing has limitations in providing accurate diagnosis. These tests are subjective and depend upon perceived response of the patient to a stimulus, as well as the interpretation of that response by the dentist. The limitations with present pulp testing methods are that they only indirectly monitor pulp vitality by measuring neural responses and not circulation. For traumatized teeth, the pulp can be affected in a variety of ways as a function of the severity of the injury therefore, that teeth may not respond to vitality test and establishing an accurate and expedient diagnosis is even more complicated. Pulse oximetry is a completely objective test, requiring no sub jective response from the patient and directly measures the blood oxygen levels. This present study purpose was to evaluate the efficiency of pulse oximetry for testing pulp vitality by establishing correlation parameters between blood oxygen levels from the patient’s index finger, positive control teeth and traumatized permanent teeth which do not respond positively to thermal test with refrigerant spray and do not show any other sign or symptom of mortification. The results showed that there was no statistical significance between blood oxygen levels from traumatized teeth at the three different measure times (initial, 30 and 60 days) and there was a correlation between blood oxygen levels from index finger and the traumatized teeth and control teeth and traumatized teeth.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarmenViannaAbrao.pdf (608.24 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.