• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2008.tde-10072008-145617
Documento
Autor
Nome completo
Carmo Antonio Aun
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Gavini, Giulio (Presidente)
Bombana, Antonio Carlos
Cai, Silvana
Shimabuko, Danilo Minor
Tanomaru Filho, Mario
Título em português
Influência da irradiação com lasers de alta potência na microinfiltração bacteriana e fúngica em dentes humanos retrobturados com MTA
Palavras-chave em português
Endodontia
Infiltração Dentária
Lasers
Resumo em português
Este estudo experimental avaliou, in vitro, a microinfiltração de E. faecalis e C. albicans em raízes cujas superfícies apicais ressectadas e retropreparadas para obturação retrógrada sofreram irradiação dos lasers Nd:YAG, Diodo 810 nm e Er,Cr:YSGG, e posteriormente retrobturadas com MTA. Setenta raízes foram instrumentadas, obturadas endodonticamente, apicectomizadas e receberam retropreparos com pontas ultra-sônicas diamantadas e lisas na potência média. A divisão dos espécimes se deu de acordo com o laser utilizado e o tipo de microorganismo. Os grupos G1 e G5 não foram irradiados, G2 e G6 irradiados com Nd:YAG, G3 e G7 com Diodo e G4 e G8 com Er,Cr:YSGG (n = 8). Foram utilizados controles positivo (n = 3) e negativo (n = 3). Todos os procedimentos operatórios foram realizados com um dispositivo de simulação de dificuldades operatórias. Após a impermeabilização, colagem das raízes em tubos preparados, esterilização e retrobturação com MTA branco, o sistema de câmaras superior, contendo o inóculo de microorganismos, e inferior, contendo meio esterilizado foi montado em contato com o ápice. Os grupos G1 a G4 foram inoculados com E. faecalis, e os grupos G5 a G8 com C. albicans. A troca de meio na câmara superior se deu a cada 3 dias e a verificação da turvação do meio inferior era diária, por um período de 60 dias. Ao final, os resultados indicaram que: o controle positivo apresentou 100% de microinfiltração, o controle negativo não microinfiltrou e os grupos experimentais apresentaram padrões de microinfiltração que variaram entre 50% (G1) e 100% (G2) de microinfiltração, onde 68,75% do total de espécimes microinfiltraram. Não houve diferença estatística significativa entre os grupos aplicando-se os testes Exato de Fischer e Kruskal-Wallis (p > 0,05) em nenhuma interação. Pode-se concluir que o tratamento das retrocavidades e superfície apical ressectada, com os lasers utilizados neste estudo, não alterou o padrão de microinfiltração das retrobturações com MTA frente a E. faecalis e C. albicans. O tipo de microorganismo utilizado também não alterou a quantidade de espécimes microinfiltrados.
Título em inglês
High power lasers Influence in bacterial and fungical microleakage in MTA retrofills
Palavras-chave em inglês
Dental Leakage
Endodontics
Lasers
Resumo em inglês
This in vitro experimental study evaluated the microleakage of E. faecalis and C. albicans in roots whose ressected apical surfaces and retrocavities had suffered irradiation from Nd:YAG, Diode 810 nm and Er,Cr:YSGG lasers, and later retrofiled with MTA. Seventy roots had been prepared, obturated, had suffered apicoectomy and were retroprepared with diamond and conventional ultra-sonic tips in the average power. The division of specimens was in accordance with the used laser and the type of microorganism. The groups G1 and G5 had not been irradiated, G2 and G6 irradiated with Nd:YAG, G3 and G7 with Diode and G4 and G8 with Er, Cr:YSGG (n = 8). Positive (n = 3) and negative (n = 3) controls had been used. All procedures executed until this point had been carried inside an access difficulties simulation device. After the waterproofing, attachment of the roots in prepared tubes and sterilization, the retrofillings were made using white MTA. The superior chambers were inoculated with the microorganisms and inferior chambers were completed with sterile culture broth in contact with the root tip. The G1, G2, G3 and G4 groups had been inoculated with E. faecalis and the rest of the groups with C. albicans. The contaminated broths of the upper chambers were exchanged each 3 days and for 60 days the verification of the turbidity in the inferior chambers was evaluated daily. At the end, the results had indicated that: the positive control had 100% microleakage, the negative control none and the experimental groups had presented microleakege patterns that range from 50% (G1) to 100% (G2), with a total of 68.75% of all specimens presenting microleakage. Applying the Exact Fischer test and Kruskal-Wallis test (p > 0,05), no significant statistical difference between the groups were observed in any interaction. It can be concluded that the treatment of the retrocavities and ressected apical surface, with the lasers used in this study, did not modify the rate of E. faecalis and C. albicans microleakage in MTA retrofillings. Also the type of used microorganism did not seem to modify the amount of microleakage in the specimens.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarmoAntonioAun.pdf (1.79 Mbytes)
Data de Publicação
2008-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.