• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2005.tde-09082005-095835
Documento
Autor
Nome completo
Cid Alonso Manicardi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Aun, Carlos Eduardo (Presidente)
Camargo, Selma Cristina Cury
Simoes, Waldocyr
Título em português
Avaliação in vitro do selamento apical produzido a partir de duas técnicas de aplicação de trióxido mineral agregado (MTA), em retro-preparos de raízes apicectomizadas.
Palavras-chave em português
Apicectomia
Endodontia
MTA
Obturação retrógrada
Trióxido mineral agregado
Resumo em português
O propósito deste estudo foi avaliar se o selamento promovido pelo MTA quando utilizado como material retrobturador seria diferente se inserido por duas diferentes técnicas de aplicação e condensação. 45 incisivos superiores humanos foram divididos em 3 grupos de 15 espécimes cada. Após apicectomia e preparo apical com ultra-som, as cavidades foram preenchidas com MTA, aplicado e condensado manualmente (G I) ou por vibração ultra-sônica (G II e G III). O grupo G II recebeu o MTA com o ápice posicionado para cima e o grupo G III com o ápice para baixo a fim de verificar possíveis interferências gravitacionais. Após a obturação retrógrada, os espécimes foram avaliados por infiltração linear e por área, valendo-se do corante Rodamina B a 1%. A utilização da vibração ultra-sônica para aplicação do MTA no grupo G II resultou em infiltração significativamente menor do que a ocorrida do grupo G I. Houve também diferença estatística entre os grupos da técnica ultra-sônica, com ápice voltado para cima (G II) e para baixo (G III), o que demonstra haver influência gravitacional (p < 0,05). Tal diferença não foi detectada entre os grupos G I e G III. Diante dos resultados, o ultra-som pode ser considerado como um método alternativo de aplicação do MTA.
Título em inglês
In vitro evaluation of apical sealing ability produced from two mineral trioxide aggregate (MTA) placement techniques, in resected apical roots preparations.
Palavras-chave em inglês
Apicoectomy
Endodontics
Mineral trioxide aggregate
MTA
Retrograde obturation
Resumo em inglês
The purpose of this study was to evaluate if the sealing ability produced by MTA, when used as a root-end filling material, would differ when used by two different placement and condensation methods. 45 human superior incisors were divided into 3 groups of 15 specimens each. After root-end resection, they were prepared with ultrasonic instrumentation and preparations were filled with MTA, placed and condensed by hand (G I) or ultrasonic methods (G II and G III). The G III group had the apical portion upside down, to verify if gravity forces could interfere in the results.After retrograde obturation the specimens were evaluated by Rhodamine B 1% for linear and area dye leakage. The MTA ultrasonic vibration in the G II group resulted in a less dye leakage than in the G I group. There was statistical difference between ultrasonic methods with the apex upside up (G II) and upside down (G III) which demonstrate a gravitational influence in sealing ability (p < 0,05). This difference wasn’t detected between G I and G III groups. At this time ultrasonic condensation should be considered as an alternative method for MTA placement.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.