• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2008.tde-22042008-123028
Documento
Autor
Nome completo
Giorgia Borges de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Jose Carlos Mesquita (Presidente)
Geraldini, Cleusa Aparecida Campanini
Silva, Dorival Pedroso da
Título em português
Estudo dos sinais anatômicos em íris humana com finalidade de pintura da íris em prótese ocular
Palavras-chave em português
Estruturas morfológicas e cromáticas da íris
Pintura de Íris Artificial
Prótese ocular
Sinais anatômicos da íris humana
Resumo em português
A devolução da estética em prótese ocular está diretamente relacionada ao conhecimento da anatomia e morfologia da íris humana, e uma pintura da íris mais fiel será decorrente de uma boa determinação e reprodução dos sinais anatômicos presentes na íris remanescente do paciente. Nesta pesquisa, foi realizado um estudo dos sinais anatômicos presentes em ambas as íris do globo ocular de 112 indivíduos escolhidos aleatoriamente, através de imagens fotográficas digitais. Foram elaboradas tabelas de avaliação dos sinais: lacunas, anéis de tensão,radiis solaris, sulcos radiais, manchas, flocos de neve, nuvens e anel de gordura, verificando a freqüência com que os mesmos aparecem nas íris consideradas de cor escura (castanho, castanho claro e castanho escuro); de cor clara (azul, verde e cinza) e de média (hazel e âmbar). Os dados obtidos foram processados em análise estatística, através do Teste Exato de Fisher e qui quadrado em nível de significância de 5%. Os resultados mostraram que: os sinais anatômicos são menos evidentes nas íris de cor escura, sendo que, as lacunas e os anéis de tensão foram os mais observados e as nuvens não foram observadas. Nas íris de cor clara, os sinais mais observados foram as manchas e os flocos de neve e o anel de gordura não foi observado. As íris de cor média foram as que apresentaram maior variedade de sinais, prevalecendo os anéis de tensão e as lacunas, e os menos freqüentes foram as nuvens e o anel de gordura. O sinal anel de gordura foi observado apenas em indivíduos em idade superior a 50 anos. Por fim, verificou-se também, que as íris direita e esquerda do mesmo indivíduo são similares, mas não iguais, havendo pequenas alterações na quantidade do mesmo sinal presente em ambas.
Título em inglês
Study of the anatomical signs in human iris with the finality of the painting iris in the ocular prosthetics
Palavras-chave em inglês
Anatomical signs of the Human iris
Cromatic and morphologic structure of irises
Ocular Prosthesis
Painting of Artificial Iris
Resumo em inglês
The devolution of the aesthetics in ocular prosthesis is directly related to the knowledge of the anatomy and morphology of the iris, and a painting of the most fidelity iris will be due to a good determination and reproduction of the present anatomical signs in the patient's remaining iris. In this research, the study of the anatomical signs was accomplished in 112 individuals' human iris, analyzing the right and left irises, through images of digital pictures. Tables of evaluation were created of the signs: tension rings, lacuna, clouds, cholesterol ring, radiis solaris, snow flakes (lymphatic rosary), spots and spastic furrows and later verified the frequency with that the same ones appear in the irises of color blue, green, gray, hazel, amber, brown colors (brown, dark brown and light brown). The sequence of obtained data was processed in statistical analysis, and the results showed that the signs that more they appeared were the lacuna, stress ring and radiis solaris, and the anatomical signs that fewer appeared in the human iris were snow flakes (lymphatic rosary), clouds and cholesterol ring, however the signs of the type cholesterol rings presented the characteristic of being related the patient's age (above 50 years). The irises of color amber and hazel were the ones that presented the largest variety of anatomical signs. Already in the irises of brown color (dark brown, brown and light brown), the signs as a whole is less evident. Finally the same individual's right and left irises are similar and no same, suffering alteration in the amount of the same sign presented in both.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-06-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.