• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2008.tde-17092008-095454
Documento
Autor
Nome completo
Agda Maria de Moura
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Andre, Marcia (Presidente)
Dias, Reinaldo Brito e
Haddad, Aida Sabbagh
Título em português
Prevalência de cárie dentária em crianças portadoras de fissura de lábio e/ou palato na faixa etária entre 6 e 36 meses
Palavras-chave em português
Bebês
Cárie dentária
Fissuras labiopalatinas
Resumo em português
A saúde bucal é um fator indispensável no sucesso da reabilitação estética e funcional dos indivíduos portadores de fissuras labiopalatinas. O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de cárie dental em crianças com fissura de lábio e/ou palato na faixa etária entre 6 e 36 meses. A pesquisa foi desenvolvida na FOUSP, com crianças fissuradas registradas no ambulatório de Prótese Buco Maxilo Facial desde os primeiros meses de vida, apresentando pelo menos dois elementos dentais erupcionados e utilizando água de abastecimento público fluoretada. Selecionou-se 143 crianças, 73 meninos e 70 meninas, com distribuição homogênea em 5 faixas etárias: 6-12, 13-18, 19-24, 25-30, 31-36, sendo agrupadas segundo a classificação de Spina em 88 crianças com fissura transforame incisivo, 20 com fissura pré-forame incisivo e 35 com fissura pós-forame incisivo. Um único examinador efetuou o exame clínico após profilaxia dental, através de luz artificial, espelho clínico e sonda exploradora de ponta romba para diagnosticar a presença de cárie, a qual foi relacionada com tipo de fissura, gênero e idade. Paralelamente, foi aplicado um questionário em forma de diálogo para averiguar a experiência de cárie em relação aos fatores de risco: amamentação noturna, introdução de açúcar e ausência de higiene oral. Os dados foram tabelados e submetidos à análise estatística aplicando o teste de Qui-quadrado ajustado pela estatística de Fischer. As crianças acometidas por cárie corresponderam a 18,88% da amostra com distribuição similar entre os gêneros, e embora a prevalência de cárie tenha sido maior nas fissuras tranforame incisivo, essa relação não mostrou significância estatística. A medida que aumentou a idade, o número de crianças com experiência de cárie também aumentou (p<0,001). Quanto aos fatores de risco, o único a mostrar associação foi a introdução de açúcar (p=0,001). Um total de 1743 elementos dentais foi avaliado, dos quais 62 estavam cariados e 5 obturados, determinando um ceo-d médio de 0,46 e um ceo-s médio de 0,74, definindo uma severidade muito baixa. A cárie prevaleceu na arcada superior, sendo que os incisivos centrais foram os mais acometidos (p=0,044). Na arcada inferior, a cárie prevaleceu nos primeiros molares (p<0,001). Conclui-se que as crianças com fissuras de lábio e/ou palato, independente do gênero, não manifestam um alto índice de cárie e não há associação entre a presença de cárie e o tipo de fissura. A prevalência de cárie acresce com o aumento da idade e mostra relação com a introdução de açúcar na dieta, sendo que o incisivo central superior é o dente mais acometido.
Título em inglês
Carie prevalence in children with cleft lip and/or palate aged 6 to 36 months
Palavras-chave em inglês
Babies
Cleft lip and/or palate
Dental caries
Resumo em inglês
The oral health is one of the important factors to the success of an aesthetic and functional oral rehabilitation of the individuals carrying cleft lip and palate. The main objective of that study was to evaluate the dental caries prevalence in children carrying cleft lip and/or palate, aged 6 to 36 months. The research was developed in FOUSP, with children carrying cleft lip and/or palate enrolled by treatment in the ambulatory of Bucco-Maxillo-Facial Prostheses, since their first months of age. Those children used to have public fluoridate water supply and at least two erupted dental elements. Were selected 143 children, 73 from the male gender and 70 from the female, uniformly distributed into 5 age groups 6-12, 13-18, 19-24, 25-30, 31-36 months old. From the sample, 88 children had cleft lip and palate (CLP), 20 had cleft lip (CL) and 35 had cleft palate (CP). A single investigator carried out the clinic exam after the dental prophylaxis, using dental operating light, dental mirror and probe to diagnose the presence of caries and its relationship to the cleft type, gender and age of the individual. At the same time, a questionnaire in dialogue form was applied to check the caries experience related to the risk factors: nighttime bottle, introduction of sugar in dietary and lack of oral hygiene. The data were placed in a table and submitted to the statistical analysis using the Q-Square test adjusted by Fischer's statistic method. The children affected by caries had corresponded to 18.88% of the sample with a similar distribution among the gender and, despite the caries prevalence had been bigger in the CLP, that relation didn't show statistical significance. When increasing the age, the number of children with caries prevalence also increased (p<0,001). Considering the risk factors, the only one showed relationship was the introduction of sugar in dietary (p=0,001). A total of 1743 teeth were evaluated and 62 of them were decayed and 5 filled, determining an average dmf-t of 0.46 and an average dmf-s of 0.74, determining a very low severity. The caries prevailed at the upper maxillary, being the upper maxillary incisor teeth the most affected element (p=0,044). In the mandible the caries prevail in the first molar teeth (p<0,001). The findings of that research showed that the children with CLP, regardless of gender, didn't show a high index of caries and a statistical significant relationship between caries prevalence and CLP types. The caries prevalence increases when increasing the age showing a relationship with the sugar introduction in the dietary being the upper maxillary incisor tooth the most affected element.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AgdaMariadeMoura.pdf (781.45 Kbytes)
Data de Publicação
2008-12-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.