• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2014.tde-18032015-152936
Documento
Autor
Nome completo
Cristina Lima Leite Carvalhaes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Rezende, Nathalie Pepe Medeiros de (Presidente)
Gallottini, Marina Helena Cury
Uemura, Sofia Takeda
Título em português
Avaliação da saúde bucal e impacto na qualidade de vida em pacientes com transtornos mentais atendidos no CAPS/Butantã
Palavras-chave em português
Distúrbios psiquiátricos
Saúde Bucal
Tratamento odontológico
Resumo em português
Estudos epidemiológicos mostram que a incidência de transtornos mentais e comportamentais tem aumentando nos últimos anos e estas condições são acompanhadas de uma gama de doenças bucais que estão relacionadas à medicação utilizada e ao grau de instrução, condições financeiras, idade, estado de saúde geral e acesso ao atendimento odontológico dos pacientes. Entretanto, são escassos estudos que abordam a epidemiologia da saúde bucal e o impacto dela na qualidade de vida destes pacientes. Este estudo teve o objetivo de avaliar as condições bucais dos pacientes com transtornos mentais e comportamentais atendidos no Centro de Atendimento Psicossocial do Butantã (CAPS/Butantã) e o impacto da saúde bucal na qualidade de vida. Foram coletados dados demográficos, queixa principal, história médica [evolução da doença psiquiátrica, presença de comorbidades (hipertensão arterial sistêmica, doenças cardiovasculares, diabetes, distúrbios hepáticos, distúrbios hematológicos, distúrbios renais, distúrbios gastrointestinais e distúrbios respiratórios), medicações em uso], hábitos (álcool, fumo e drogas ilícitas), e história odontológica. No exame físico intraoral foram avaliados os índices de CPOD, índice gengival (IG) e índice comunitário periodontal (ICP) e a presença de lesões em mucosa. Como exame complementar, foi avaliado o fluxo salivar. Por fim o impacto da saúde oral na qualidade de vida foi medido através de questionário internacionalmente padronizado, o Oral Health Impact Profile (OHIP-14). Foram avaliados 50 pacientes, sendo 28 do sexo feminino e 22 do sexo masculino, com idades entre 22 e 74 anos e mediana de 45 anos. A maioria (66%) apresentava baixa escolaridade e os diagnósticos mais encontrados foram, respectivamente: esquizofrenia, transtornos esquizotípicos e transtornos delirantes, transtornos do humor afetivos e transtornos da personalidade do comportamento do adulto. Com relação às comorbidades, 34% apresentavam hipertensão arterial sistêmica (HAS), 26% Diabetes Mellitus (DM) e 18% doença cardiovascular. A maioria usava mais de dois medicamentos psicotrópicos associados. Com relação à queixa principal do paciente, 68% relataram boca seca, 66% relataram sangramento gengival durante a escovação, 56% relataram bruxismo e 50% relataram dor de origem dentária. O CPOD variou de 1 a 30, com média de 16,3 e mediana de 17, sendo que 64% dos pacientes apresentaram CPOD considerado alto pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Com relação ao ICP, 70,5% apresentaram alguma necessidade de tratamento periodontal, sendo que 56,8% necessitavam de profilaxia e/ou raspagem supragengival e 43,2% necessitavam raspagem subgengival. O IG mostrou que 48% dos pacientes apresentavam gengivite moderada, 34% gengivite severa e 18% gengivite leve. Com relação ao fluxo salivar, observamos que estava diminuído em 46% dos pacientes e normal em 54% deles. O OHIP-14 mostrou que a saúde bucal possui médio impacto sobre a qualidade de vida de 40% dos pacientes, forte impacto para 28% dos pacientes, e fraco impacto para 32% dos pacientes. Conclui-se que estes pacientes apresentam uma condição bucal insatisfatória, que impacta negativamente na qualidade de vida, mostrando a importância de ações em saúde bucal, tanto preventivas quanto curativas, para esta população vulnerável.
Título em inglês
Assessment of oral health and impact on quality of life in patients with mental disorders attended the CAPS / Butantan
Palavras-chave em inglês
Dental treatment
Mental disorders
Oral Health
Resumo em inglês
Epidemiological studies show that the incidence of mental and behavioral disorders has been increasing in recent years and these conditions are followed by a range of oral diseases that are related to medications used and the level of education, financial condition, age, general health status and access dental care of patients. However, there are few studies on the epidemiology of oral health and the impact on the quality of life of these patients. This study aimed to evaluate the oral conditions of patients with mental and behavioral disorders treated at the Center of Psychosocial Care of Butantã (CAPS/Butantã) and the impact of oral health on quality of life. Demographics, main complaint, medical history [evolution of psychiatric illness, comorbidities (hypertension, cardiovascular disease, diabetes, liver disorders, blood disorders, kidney disorders, gastrointestinal disorders and respiratory disorders), current medications], habits (alcohol, tobacco and illicit drugs) and dental history were collected. In intraoral physical examination, were evaluated the DMFT Index, the Gingival Index (GI), the Community Periodontal Index (CPI) and the presence of mucosal lesions. As a complementary test, we evaluated the salivary flow. Finally the impact of oral health on quality of life was measured using an internationally standardized questionnaire, the Oral Health Impact Profile (OHIP-14). A total of 50 patients were evaluated (28 females and 22 males), with ages between 22 and 74 years old and a median of 45 years old. The majority (66%) had a low level of education and the most frequent diagnoses were, respectively: schizophrenia, schizotypal and delusional disorders, mood affective disorders and disorders of adult personality and behavior. Regarding comorbidities, 34% had systemic hypertension (SH), 26% had diabetes mellitus (DM) and 18% had cardiovascular disease. Most of the patients took more than two psychotropic medications in association. Regarding the patient's main complaint, 68% reported dry mouth, 66% reported bleeding gums during brushing, 56% reported bruxism and 50% reported pain of dental origin. The DMFT ranged from 1 to 30, with a mean of 16.3 and a median of 17, and 64% of the patients had a high DMFT according to the World Health Organization (WHO) standards. With respect to CPI, 70.5% showed some need for periodontal treatment, 56.8% need prophylaxis and/or supragingival scaling and 43.2% required subgingival scaling. The GI showed that 48% of patients had moderate gingivitis, 34% had severe and 18% had mild gingivitis. With respect to salivary flow, we found that it was decreased in 46% of patients and normal in 54% of them. The OHIP-14 questionnaire showed that oral health has an average impact on quality of life for 40% of patients, a strong impact for 28%, and low impact for 32% of the patients. We conclude that these patients have a poor oral condition, which impacts negatively on their quality of life, showing the importance of oral health practices, both preventive and curative, for this vulnerable population.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.