• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2013.tde-10092013-201216
Documento
Autor
Nome completo
Newton Guerreiro da Silva Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Ortega, Karem Lopez (Presidente)
Lemos Júnior, Celso Augusto
Pedreira, Erick Nelo
Pinto, Roberto Heitzmann Rodrigues
Santos, Paulo Sergio da Silva
Título em português
Prevalência de imagem suspeita de ateroma de carótida em radiografias panorâmicas de pacientes portadores do HIV em tratamento com antirretrovirais
Palavras-chave em português
Antirretrovirais
Ateroma de carótida
HIV
Radiografia panorâmica
Resumo em português
A identificação de ateroma de carótida em radiografia panorâmica de pacientes com alterações sistêmicas que predispõem a aterosclerose é mais frequente do que em amostras da população em geral. O uso da terapia antirretroviral combinada (TARVc), que prolongou a sobrevida dos pacientes portadores do HIV (HIV+), também contribuiu para o aumento da incidência de alterações metabólicas e provavelmente de complicações cardiovasculares. Este estudo teve o objetivo de investigar a prevalência de imagens suspeitas de ateromas de carótida (ISAC) em radiografias panorâmicas de pacientes HIV+ em tratamento no Centro de Atendimento de Pacientes Especiais (CAPE) da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, bem como tentar identificar variáveis associadas à ocorrência destas imagens. Foram avaliadas 300 radiografias de pacientes de ambos os gêneros e com média de idade de 40 anos (18-73 anos). A prevalência de radiografias com ISAC foi de 8,2% (25/300). Estes pacientes apresentaram a média de idade significativamente maior do que a dos pacientes sem ISAC (p= 0,008) e a mediana do nadir de CD4 significativamente menor (p=0,019). O uso do medicamento lopinavir/r (LPV/r) estava associado a chance 2,8 vezes maior para presença de ISAC (OD=2,79 1,12-6,95 IC=95%, p=0,045). Conclui-se que quanto maior a idade maior a probabilidade de ocorrência de ISAC e que as variáveis significativas encontradas (nadir de CD4 e LPV/r) são compatíveis com os fatores de risco cardiovascular observados em pacientes portadores do HIV, relacionados tanto à gravidade da infecção como ao uso de medicamentos.
Título em inglês
Prevalence of carotid atheroma suspected image in panoramic radiographs of patients with HIV on treatment with antiretrovirals
Palavras-chave em inglês
Anti-retroviral drugs
Carotid atheroma
HIV
Panoramic radiography
Resumo em inglês
The identification of calcified carotid artery atheroma (CCAA) in panoramic radiography of patients with systemic diseases that predispose the atherosclerosis is more frequent than in the general population samples. The use of high active antiretroviral therapy (HAART), which prolonged the life of patients with HIV (HIV+), also increase the incidence of cardiovascular complications, probably by the use of protease inhibitors (PI). This study aimed to investigate the prevalence of suspected images of CCAA in panoramic radiographs of HIV+ patients in treatment in the Special Care Dentistry Center of the University of São Paulo, São Paulo, Brazil, as well as trying to identify variables associated with these images. Three hundred radiographs of patients of both genders, with a mean age of 40 years (18-73 years) were evaluated. The prevalence of CCAA suspected images was 8.2% (25/300). This patients showed the mean age significantly higher than that of the patients without CCAA images (p = 0.008) and the CD4 nadir median significantly lower (p = 0.019). The use of HAART with lopinavir/r (LPV/r) was associated with a greater chance for CCAA images (OD 2.79, CI 95% 1.12-6.95; p = 0.045). In conclusion, patients with higher age are more susceptible to CCAA suspected image and the significant variables found (CD4 nadir and LPV/r) are compatible with the cardiovascular risk factors in patients HIV+, related both to the severity of the infection and the use of antiretroviral.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.