• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2010.tde-01042011-174246
Documento
Autor
Nome completo
Maria Fátima Guarizo Klingbeil
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Pinto Júnior, Décio dos Santos (Presidente)
Ghelman, Ricardo
Mathor, Monica Beatriz
Remualdo, Vanessa Rosália
Sousa, Suzana Cantanhede Orsini Machado de
Título em português
Ação do Viscum album em cultivo celular de carcinoma epidermoide de cabeça e pescoço
Palavras-chave em português
Akt
Carcinogênese
Carcinoma Epidermoide
Iscador
Medicina Antroposófica
Medicina Integrativa
PTEN Ciclina D1.
Terapia Complementar
Viscum album
Resumo em português
O carcinoma epidermoide de cabeça e pescoço, hoje considerada mundialmente uma das neoplasias mais frequentes desta região, tornou-se um problema de saúde pública, necessitando urgente de medidas a serem tomadas, a fim de melhorar a qualidade de vida dos pacientes acometidos, consequentemente aumentando a sobrevida, avaliada em cinco anos. O carcinoma epidermoide de cabeça e pescoço é uma doença complexa, e inclui vários fatores etiológicos, além de alterações moleculares, capazes de desencadear e dar continuidade a alguns eventos. No geral os carcinomas orais são tratados primeiramente com cirurgia excisional ou radioterapia individualmente, ou em combinação para os estágios mais avançados. As preparações dos extratos fermentados de Viscum album (VA), uma planta semiparasita da família das Lorantáceas, vêm sendo utilizada, principalmente em países da Europa, com resultados promissores no âmbito das terapias coadjuvantes, especialmente a medicina antroposófica. Em conjunto com as terapias convencionais, tem demonstrado uma melhora na qualidade de vida dos pacientes portadores de neoplasias malígnas. Estudos in vitro, realizados em células cancerígenas, têm demonstrado que vários tipos de VA podem apresentar citotoxicidade em células de carcinoma, sendo capazes de ativar a cascata apoptótica ou levando as células à necrose. Este estudo teve por objetivo verificar a ação de três tipos de extratos de VA (Iscador Qu Spezial, Iscador P e Iscador M), em linhagens celulares de carcinoma epidermoide de língua (SCC9 e SCC25). Para isso foi verificada a ação citotóxica do fármaco Iscador Qu Spezial, por meio do teste de viabilidade celular, para a obtenção da IC50. Em seguida foram realizados com os três fármacos: o teste de Tunel, para verificação de apoptose, Anexina V FITC/Iodeto de Propídeo, com auxílio de citômetro de fluxo, para a verificação quantitativa do índice de apoptose provocado pelos fármacos. Em seguida foi verificado o comportamento de cinco genes (Akt1, Akt2, Akt3, PTEN e Ciclina D1) por meio de análises feitas por qRT-PCR, e de seus produtos (pAkt, PTEN e Ciclina D1) pelas técnicas de Imunofluorescência e Western-Blot. Os fármacos, na concentração de 0,3 mg/mL (IC50) apresentaram resultados positivos na indução de apoptose nas células analisadas, e mostraram diferentes níveis de expressão para os genes analisados. Nos ensaios por Imunofluorescência, as proteínas exibiram diferentes localizações e comportamentos nos compartimentos celulares analisados. As análises quantitativas dessas proteínas, analisadas por Western-Blotting, mostraram diferentes níveis de expressão. Por meio deste estudo foi possível concluir que os fármacos Iscador Qu Spezial e Iscador M, possuem maior potencial citotóxico nas células das linhagens SCC9 e SCC25, quando comparados aos controles e ao fármaco Iscador P. As células da linhagem SCC9 exibiram um perfil mais resistente à ação dos fármacos analisados do que as células da linhagem SCC25.
Título em inglês
Viscum album effect in head and neck squamous cell carcinoma cell culture
Palavras-chave em inglês
Akt
Anthroposophy Medicine
Carcinogenesis
Complementary Therapy
Cyclin D1
Integrative Medicine
Iscador
PTEN
Squamous cell carcinoma
Viscum album
Resumo em inglês
Head and neck squamous cell carcinoma, one of the most common malignancies worldwide in this area, became a public health problem that requires urgent attitudes to be taken in order to improve the quality of life of the affected patients, increasing survival that today valued at five years. Head and neck squamous cell carcinoma is a complex disease which includes several etiologic factors and different molecular changes that may trigger and get on with some events. In general, oral carcinomas are treated primarily with surgical excision or radiotherapy alone or in combination for cases in more advanced stages. Preparations of fermented extracts from fermented Viscum album (VA), a plant from the Loranthaceae family have been used, mainly in European countries, with promising results as adjuvant therapies, especially in the Anthroposophy Medicine. In combination with conventional therapies, VA has lead to improvement in quality of life of patients with cancer. in vitro studies have demonstrated that various types of VA may have cytotoxicity in carcinoma cells being able to activate the apoptotic cascade or leading cells to necrosis. The present study aimed to verify the effect of three types of VA extracts (Iscador Qu Spezial, Iscador P and Iscador M) in squamous cell carcinoma of the tongue (SCC9 and SCC25). The cytotoxic action of Iscador Qu Spezial was verified by cell viability test obtaining the IC50. The three drugs were tested as follow: Tunnel to evaluate apoptosis, Annexin V and FITC/propidium iodide were evaluated by flow cytometry to quantify the apoptosis rate induced by the drugs. Then we verified the expression levels of five genes (Akt1, Akt2, Akt3, PTEN and Cyclin D1) by qRT-PCR and their products (pAkt, PTEN and Cyclin D1) by immunofluorescence and Western blot. The concentration of 0.3 mg/mL (IC50) of the drugs presented positive results in the induction of apoptosis and showed different expression levels for the genes analyzed. Immunofluorescence assays evidenced that the proteins exhibited different locations and behaviors in the cellular compartments analyzed. Quantitative analysis of these proteins by Western-Blot, evidenced that they presented different levels of expression. Through this study, it was concluded that Iscador Qu Spezial drugs and Iscador M have higher cytotoxic potential on SCC9 and SCC25 cell lines when compared to controls and the drug Iscador P. It could also be concluded that the SCC9 cell line was more resistant to the action of the drugs examined.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-04-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.