• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2005.tde-27092005-170914
Documento
Autor
Nome completo
Edmea Lodovici
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues Filho, Leonardo Eloy (Presidente)
Geraldeli, Saulo
Giannini, Marcelo
Matos, Adriana Bona
Silva, Alessandra Reis
Título em português
"Influência do volume de adesivo e das ciclagens térmica e mecânica na resistência de união resina-dentina"
Palavras-chave em português
Paredes elásticas cavitárias
Dentina
Microtração
Resistência de união
Sistemas adesivos
Resumo em português
Interfaces adesivas flexíveis, com maior capacidade de dissipação de tensões poderiam prevenir falhas provenientes das tensões geradas durante a contração de polimerização, variações térmicas e esforços mastigatórios. Isso poderia ser obtido através do aumento da espessura da camada de adesivo. O objetivo deste trabalho foi comparar a resistência de união (RU) à dentina de dois sistemas adesivos (SA) aplicados com diferentes volumes de adesivo (uma ou duas camadas) e submetidos ou não às ciclagens térmica e mecânica (CTM). A superfície dentinária de 40 terceiros molares hígidos foi exposta com uma lixa de granulação 600. Dois sistemas adesivos foram testados: Scotchbond Multiuso (SBMU) e Clearfil SE Bond (CSEB). Seus respectivos adesivos foram aplicados através de uma micropipeta (8 ou 16µl) em uma área delimitada de 52 mm 2 e blocos de resina composta (Z250) foram construídos incrementalmente. Metade da amostra foi armazenada em água destilada por 24 h e submetida às ciclagens térmica (1.000; 5-55ºC) e mecânica (500.000 ciclos / 12 kgf). A outra metade foi apenas armazenada em água destilada por 72 h. Após isso, os dentes foram seccionados, longitudinalmente, em cortes perpendiculares entre si, a fim de se obterem corpos-de-prova em formato de paralelogramo com aproximadamente 0,8mm 2 de secção transversal. Os palitos foram submetidos ao teste de microtração a 1,0 mm/min e o modo de fratura analisado. A RU foi expressa como um índice que incluiu os valores de RU dos diferentes padrões de fratura, além dos palitos prematuramente fraturados (P). Os dados foram submetidos à análise de variância de 3 fatores. O teste de qui-quadrado foi utilizado (p<0,05) para verificar diferenças na freqüência de P. Dois fatores foram significantes: “SA” e “CTM”. SBMU e grupos não-ciclados apresentaram maior RU do que CSEB e grupos ciclados respectivamente. Uma maior freqüência de P foi observada para os grupos ciclados. Uma camada adicional de adesivo não influenciou na RU de interfaces feitas com SBMU ou CSEB, enquanto a CTM levou à redução da RU das interfaces.
Título em inglês
Influence of the adhesive volume, thermal and mechanical load cycling on the resin-dentin bond strength
Palavras-chave em inglês
Adhesive systems
Dentin
Elastic cavity wall
Micro-tensile bond strength
Resumo em inglês
Dentin bonding interfaces with increased capacity of stress dissipation are able to prevent failures due to polymerization contraction, thermal and mechanical stresses. This would be obtained by increasing adhesive layer thickness. The purpose of this study was to compare the resin-dentin microtensile bond strengths (BS) of two adhesive systems (AS) applied with different volumes of adhesive resin (one and two coats) submitted or not to thermal and mechanical loading (TML). A flat superficial dentin surface was exposed on 40 third molars with a 600-grit SiC paper. Two systems were tested: Scotchbond Multipurpose (SBMP) and Clearfil SE Bond (CSEB). After primer application, the adhesive layer was applied by a micropipette (8 or 16µl) to a delimited area (52mm 2 ) and resin blocks (Z250) were built incrementally. Half of the sample was stored in distilled water for 24h and then submitted to thermal (1,000; 5-55ºC) and mechanical cycles (500,000; 12kgf). The other half was stored in distilled water (72h). Teeth were then sectioned to obtain sticks (0.8 mm 2 ) to be tested under tensile mode (1.0mm/min). The fracture mode was analyzed at 400X. BS was expressed as an index that included the BS values of different fracture patterns and the prematurely debonded specimens (D). The data was analyzed by three-way ANOVA. The χ 2 test was used (p<0.05) to compare the frequency of D specimens. The main factors AS and TML were significant. SBMP and non-cycled groups showed higher BS to dentin. A higher frequency of D was observed for the cycled groups. The application of an adhesive layer in two coats for a three-step etch&rinse and a two-step self-etch systems, to act as an intermediate flexible layer, was not able to minimize the damage caused by thermal and mechanical load in a low C-factor cavity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseEdmeaLodovici.pdf (551.17 Kbytes)
Data de Publicação
2005-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.