• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Angel Eduardo Garrido Cisneros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Chavez, Victor Elias Arana (Presidente)
Ballester, Rafael Yague
Ferreira, Lorraine Braga
Marques, Marcia Martins
Título em português
Estudo imuno-histoquímico da reparação óssea na calvaria de ratos em defeitos preenchidos com xenoenxerto porcino ou ?-fosfato tricálcico adicionados com alendronato sódico ou plasma rico em fibrina
Palavras-chave em português
B-TCP
Osteopontina
Plasma Rico em Fibrina
Regeneração óssea
Substituto ósseo
Xenoenxerto porcino
Resumo em português
Em procedimentos de regeneração óssea guiada (ROG) as membranas de colágeno são os materiais mais utilizados como barreira; porém, sua tendência ao colapso faz indispensável a utilização de materiais de suporte. Para este propósito, os xenoenxertos são substitutos ósseos considerados padrão-ouro, embora apresentem um período longo de reabsorção que impede grande formação do osso. Em contrapartida o ?-fosfato tricálcico (?-TCP) permite boa formação do osso, mas é reabsorvido rapidamente e fracassa quando precisa dar suporte à membrana. O alendronato, um bisfosfonato nitrogenado, é uma droga antirreabsortiva para o tratamento da osteoporose e outras doenças ósseas porque inibe a função dos osteoclastos. O plasma rico em fibrina (PRF) é um concentrado de fibrina sem adição de químicos que consegue estimular processos de cicatrização pelos fatores que fazem parte de sua composição. Neste estudo qualitativo de ROG em defeitos de 5 mm no osso parietal de ratos foi avaliado: 1) o efeito na formação óssea da administração local de 1g/ml de alendronato sódico adicionado a xenoenxerto porcino e a ?-TCP; 2) a adição local de alendronato e PRF a ?-TCP na possibilidade de diminuir a rápida reabsorção do material e impedir o colapso da membrana. Foram usados 100 ratos adultos Wistar distribuídos em 5 grupos (n=20): Xenoenxerto controle (XE-C); xenoenxerto adicionado com alendronato (XE-AL); ?-TCP controle (TCP-C); ?-TCP adicionado com alendronato (TCP-AL); e, ?-TCP adicionado com PRF (TCP-F). Em todos os grupos o enxerto foi coberto com membrana. Dois tempos de estudo de quatro e oito semanas foram considerados para cada grupo (n=10). Ao final de cada tempo, os animais foram sacrificados e as amostras foram fixadas, descalcificadas e processadas para seu estudo em microscopia de luz por meio de análise histológica, histoquímica TRAP e imuno-histoquímica para osteopontina (OPN). Os resultados mostraram maior formação do osso tanto para xenoenxerto como para ?-TCP quando foram adicionados com alendronato local, em ambos tempos de estudo. Nos grupos do ?-TCP a adição de alendronato local permitiu diminuir a reabsorção dos grânulos, melhorando o suporte à membrana ao final dos tempos de estudo; no entanto, no grupo do PRF a reabsorção foi maior e teve pouca formação de osso, provocando colapso da membrana. Adicionalmente, regiões de osso primário subjacentes à membrana de colágeno foram observadas em todos os grupos.
Título em inglês
Immunohistochemical study of bone repair in rat calvaria in defects filled with porcine xenograft or tricalcium phosphate added with alendronate sodium or fibrin-rich plasma
Palavras-chave em inglês
B -TCP
Bone regeneration
Bone substitute
Osteopontin
Platelet rich fibrin
Porcine xenograft
Resumo em inglês
Collagen membranes are the most used materials as a barrier in guided bone regeneration (GBR) procedures; however, its tendency to collapse makes indispensable the use of support materials. For this purpose, xenografts, which are bone substitutes, although they have a long period of resorption that prevents large bone formation, are still considered the gold standard support material. In contrast, tricalcium ?-phosphate (?-TCP) allows good bone formation, but is rapidly reabsorbed and fails when it needs to support the membrane. Alendronate, a nitrogenated bisphosphonate, is an anti-resorptive drug for treatment of osteoporosis and other bone diseases because it inhibits the function of osteoclasts. Fibrin-rich plasma (FRP) is a fibrin concentrate with no added chemicals that can stimulate healing processes by the factors that are part of its composition. In this qualitative study of ROG in 5 mm defects in the rat parietal bone, was evaluated: 1) the effect on bone formation of local administration of 1g / ml sodium alendronate added to porcine xenograft and ?-TCP; 2) the local addition of alendronate and PRF to ?-TCP in the possibility of diminishing the rapid reabsorption of the material and preventing the collapse of the membrane. A 100 adult Wistar rats distributed in 5 groups was used (n = 20): Xenograft control (XE-C); xenograft added with alendronate (XE-AL); ?-TCP control (TCP-C); ?-TCP added with alendronate (TCP-AL); and, ?-TCP added with PRF (TCP-F). In all groups the graft was covered with membrane. Two study times of four and eight weeks were considered for each group (n = 10). At the end of each time, the animals were sacrificed and the samples were fixed, decalcified and processed for light microscopy by histological analysis, TRAP histochemistry and immunohistochemistry for osteopontin (OPN). Results showed higher bone formation for both xenograft and ?-TCP when added with local alendronate at both study times. In the ?-TCP groups the addition of local alendronate allowed to decrease grain resorption, improving membrane support at the end of the study times; however, in the PRF group the resorption was greater and had little bone formation, causing membrane collapse. In addition, primary bone formed in the underlying collagen membrane were observed in all groups.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-07-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.