• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2005.tde-28092005-115557
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Melhem Elias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Birman, Esther Goldenberg (Presidente)
Araujo, Antenor
Guimaraes Junior, Jayro
Jorge, Waldir Antonio
Oliveira, Ilka Regina Souza de
Título em português
"Validade da ultra-sonografia para o diagnóstico do deslocamento do disco da articulação temporomandibular (ATM) com redução"
Palavras-chave em português
Disco da articulação temporomandibular
Transtornos da articulação temporomandibular
Articulação temporomandibular
Cirurgia
Diagnóstico
Ultrasonografia
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi o de contribuir para a validação da ultra-sonografia como um exame complementar para o diagnóstico do deslocamento do disco da articulação temporomandibular com redução. Os padrões ultra-sonográficos encontrados em articulações com deslocamento foram comparados com os encontrados em articulações normais, valendo-se de critérios objetivos e da ressonância magnética como padrão-ouro. Foram estudados prospectivamente 36 pacientes na faixa etária de 18 a 60 anos de idade, com média de 31 anos, sendo 31 do sexo feminino e 5 do masculino, perfazendo um total de 69 articulações (39 com deslocamento do disco com redução e 30 livres de deslocamentos). As ultra-sonografias foram realizadas com um transdutor linear de 6-12 MHz, orientado para a obtenção de imagens estáticas e dinâmicas, nos planos coronal e axial inclinado (plano de Camper). O diagnóstico de deslocamento do disco foi firmado de acordo com critérios objetivos e mensuráveis, baseados em dois sinais ultra-sonográficos indiretos. O primeiro deles foi o aumento da distância entre o ponto mais anterior da cápsula da articulação temporomandibular e o ponto mais anterior do côndilo mandibular (distância cápsula anterior-côndilo), medida nas imagens estáticas. O segundo foi a ocorrência de diminuição e aumento súbitos da distância cápsula anterior-côndilo, observado nas imagens dinâmicas durante a abertura e fechamento da boca, indicando redução e deslocamento, respectivamente. A análise estatística dos resultados, mediante aplicação de regressão logística, indicou a ocorrência de deslocamento anterior do disco nos casos em que a medida da distância cápsula anterior-côndilo com a boca fechada foi superior a 2,2 mm (na presença de diminuição e aumento súbitos) e 4,0 mm (na ausência de diminuição e aumento súbitos). Nos casos de deslocamento anterior com redução, verificou-se que as medidas da distância cápsula anterior-côndilo obtidas com a boca aberta são menores do que as obtidas com a boca fechada e tendem a se aproximar dos valores médios de 1,4 mm e 2,4 mm, respectivamente na presença de redução total e parcial. A técnica ultra-sonográfica proposta possibilitou o diagnóstico de deslocamento anterior do disco com acurácia de 88,4%, sensibilidade de 84,6%, especificidade de 93,3%, taxa de falso positivo de 5,7% e taxa de falso negativo de 17,6%. Acreditamos que este estudo possa contribuir para o uso da ultra-sonografia no diagnóstico dos desarranjos internos da articulação temporomandibular, com a apresentação de critérios objetivos para o diagnóstico do deslocamento anterior do disco.
Título em inglês
Validity of ultrasonography for the diagnosis of temporomandibular joint (TMJ) disc displacement with reduction
Palavras-chave em inglês
Temporomandibular joint disk
Temporomandibular joint disorders
Diagnosis
Surgery
Temporomandibular joint
Ultrasonography
Resumo em inglês
The purpose of this study was to contribute to the validation of ultrasonography for the diagnosis of temporomandibular joint disc displacement with reduction. The ultrasonographic patterns found in joints with disc displacement were compared with the ones found in normal joints, by means of objective criteria and using magnetic resonance imaging as the gold standard. Thirty-six consecutive patients (5 males and 31 females; 18 to 60 years; average age of 31 years) were prospectively investigated with ultrasonography, performing 69 joints (39 with disc displacement with reduction and 30 free of displacements). The exams were accomplished with a 6-12 MHz linear transducer, positioned to obtain static and dynamic images in the coronal and inclined axial plane (Camper’s plane). The diagnosis of disc displacement was established according to objective and measurable criteria, based on two indirect ultrasonographic signals. The first one was the enlargement of the distance between the most anterior point in the joint capsule and the most anterior point in the mandibular condyle (anterior capsule-condyle distance), measured in the static images. The second one was the occurrence of sudden decrease and increase of the anterior capsule-condyle distance, respectively during mandibular opening and closing. Statistic analyzes applying logistic regression indicated occurrence of anterior disc displacement in cases with the anterior capsule-condyle distance higher than 2.2 mm (when sudden decrease and increase were present) and 4.0 mm (when sudden decrease and increase were absent). In the cases with anterior disc displacement with reduction, the measures of the anterior capsule-condyle distance at open-mouth position were smaller than the ones at closed-mouth position and had a tendency to be situated near the averages values of 1.4 mm e 2.4 mm, respectively in the occurrence of total and partial reduction. The suggested ultrasonographic technique for diagnosing anterior disc displacement provided the accuracy of 88.4%, sensibility of 84.6%, specificity of 93.3%, false-positive rate of 5.7% and false-negative rate of 17.6%. We believe that this study can contribute to the use of ultrasonography in temporomandibular disorders, with the presented objective criteria for the diagnosis of disc displacement.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseFernadoMElias.pdf (19.84 Mbytes)
Data de Publicação
2005-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.