• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2004.tde-17112004-174515
Documento
Autor
Nome completo
Marcia Cristina Tirelli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Tortamano, Nicolau (Presidente)
Armonia, Paschoal Laercio
Giovani, Elcio Magdalena
Quirino, Maria Rozeli de Souza
Tamaki, Regina
Título em português
"Conhecimentos, atitudes e práticas dos médicos ginecologistas e obstetras em relação à saúde bucal e ao tratamento odontológico de pacientes gestantes"
Palavras-chave em português
Ginecologia e obstetrícia
Gravidez
Odontologia
saúde bucal
tratamento odontológico
Resumo em português
A proposta deste estudo foi investigar os conhecimentos, atitudes e práticas dos médicos ginecologistas e obstetras em relação à saúde bucal e ao tratamento odontológico de pacientes gestantes. Foram entrevistados, através de questionários padronizados, 204 médicos ginecologistas e obstetras associados à Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP) e que atuam no Município de São Paulo. Os resultados mostraram que 94,12% dos entrevistados possuem informações sobre os fatores etiológicos da cárie dental e 82,36% possuem informações sobre os fatores etiológicos das alterações gengivais e periodontais que ocorrem no período gestacional. Dos que possuem informações sobre os fatores etiológicos da cárie dental e/ou das alterações gengivais e periodontais que acontecem na gravidez, 96,97% repassam essas informações às pacientes gestantes. Em relação ao nível de informações sobre saúde bucal, 32,35% consideram satisfatório o próprio nível de conhecimentos sobre saúde bucal, enquanto 47,06% julgam relativamente satisfatório e 20,59% acreditam ser insatisfatórios seus conhecimentos sobre esse tema. 94,12% dos entrevistados acreditam que cabe tanto ao cirurgião dentista quanto ao médico orientar as pacientes grávidas em relação à prevenção em saúde bucal na gestação, mas 5,88% acreditam que a orientação às gestantes, no que diz respeito à saúde bucal, cabe apenas ao cirurgião dentista. 97,06% dos pesquisados consideram segura a realização de um tratamento odontológico durante a gravidez, 85,29% consideram segura a realização do exame radiográfico odontológico nesse período e 97,06% recomendam às gestantes procurar atendimento odontológico durante o pré-natal. O segundo trimestre da gravidez é considerado o período mais indicado para o atendimento odontológico programado de pacientes gestantes por 64,71% dos entrevistados. O relacionamento cirurgião dentista-médico, no que diz respeito aos cuidados com a saúde da paciente gestante é satisfatório para 23,53% dos pesquisados, relativamente satisfatório para 35,29% e não satisfatório para 41,18%. Somente 5,88% dos ginecologistas e obstetras realizam um exame bucal das gestantes durante as consultas do pré-natal, mas 100,00% consideram importante a integridade da saúde bucal das pacientes grávidas em relação ao desenvolvimento normal da gestação e orientam-nas sobre a importância da saúde bucal durante o pré-natal.
Título em inglês
The gynecologists and obsetrics phisicians’ knowledge and behavior about oral health and dental treatment in pregnant patients
Palavras-chave em inglês
Dental treatment
Dentistry
Gynecological and obstetrician
oral health
Pregnancy
Resumo em inglês
The propose of the present study was to investigate the gynecologists and obstretrics phisicians’ knowledge and behavior about the oral health and dental treatment in the pregnant patients. Standardized questionaries was used to interview 204 gynecologists and obstetrics physicians associates to the Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo (SOGESP) and they act in the São Paulo city. The results showed that 94,12% possess information about etiology of the gengival and periodontal deseases that occur during the pregnancy. Among these professionals, 96,97% repass these information to the pregnant patients. 32,35% consider satisfactory the own knowledge about oral health while 47,06% judge relatively satisfactory and 20,59% believe to be unsatisfactory the own knowledge about the subject. 94,12% believe that dentists and physicians to guide the pregnant patients in oral health in the pregnancy, but 5,88% believe that the the dentists are responsible for this task. 97,06% consider insurance the accomplishment of dental treatment during the pregnancy. 85,29% consider insurance the accomplishment of the radiographic dental examination in this period and 97,06% recommend to the pregnant patients to look dental treatment during the prenatal. The second trimester of pregnancy is considered the most indicated period to realize a planned dental treatment in pregnant patients by 64,71%. The relationship dentist / physician in whom it says respect to the cares with oral health of the pregnant patients is satisfactory for 23,53% of the searched ones, relatively satisfactory for 35,29% and unsatisfactory for 41,18%. 5,88% only carry through oral examination of the pregnant patients during the prenatal, but 100,00% consider important the integrity of oral health during the pregnancy in relation of the normal development of the pregnancy and guide the pregnant patients on the importance of the oral health during the prenatal.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseToda.pdf (198.56 Kbytes)
Data de Publicação
2004-12-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.