• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Antonio David Corrêa Normando
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Simone, Jose Leonardo (Presidente)
Maia, Francisco Ajalmar
Soares, Mario Sergio
Título em português
"Análise radiográfica das alterações dento-alveolares decorrentes da perda unilateral do primeiro molar permanente inferior"
Palavras-chave em português
Movimentação dentária
Primeiro molar permanente inferior
Resumo em português
RESUMO Com o objetivo de avaliar as alterações dento-alveolares decorrentes da perda do 1 o molar permanente inferior, foi selecionada uma amostra de 111 radiografias panorâmicas, pertencentes a 27 homens e 84 mulheres, que haviam perdido, unilateralmente, o 1 o molar permanente inferior. A presença de todos os demais dentes inferiores, inclusive dos 3 os molares de ambos os lados, e a ausência de tratamento ortodôntico prévio eram critérios básicos para a inclusão da radiografia na amostra. A média de idade no momento da obtenção da radiografia foi de 19 anos e 8 meses (12 anos – 30 anos 11 meses). Indivíduos que relataram a perda recente do 1 o molar, ou seja,menos de 5 anos do tempo decorrido da perda, foram previamente removidos da amostra. Após as radiografias serem traçadas manualmente em papel ”utraphan”, foram obtidas, bilateralmente, medidas que definiam: as angulações dos dentes inferiores, o posicionamento ântero-posterior da dos 2 o e 3 o molares e do 2 o pré-molar, a altura do 3 o molar e do osso alveolar na área da perda. O lado com perda foi comparado ao lado sem perda (controle) através do teste “t” pareado ao nível de 5 % de confiabilidade. No intuito de obter informações sobre a influência do nível de formação do terceiro molar sobre as características morfológicas examinadas, a amostra foi dividida em dois grupos. O primeiro grupo era constituído por 51 indivíduos (média de idade de 24 anos e 5 meses) que apresentavam o terceiro molar completamente formado (CF). O segundo grupo foi formado por 60 indivíduos (média de idade de 15 anos e 7 meses) que apresentavam o terceiro molar ainda em formação. Os grupos foram comparados através do teste “t” para dados não pareados, ao nível de 5 % de confiabilidade. Os resultados obtidos revelaram que a perda unilateral do 1 o molar permanente inferior causou mudanças significativas na angulação e posicionamento de todos os dentes no lado com perda, quando comparados ao lado controle. Enquanto os 2 os molares inclinavam-se e deslocavam-se mesialmente, os incisivos, canino e os pré-molares inclinavam-se distalmente para a área da perda. A inclinação era maior, quanto mais próximo estivesse o dente do 1 o molar extraído. A inclinação mesial do 3 o molar só ocorreu, de forma significativa, quando eram isolados os indivíduos nos quais esses dentes já haviam sido completamente formados (CF). A análise da altura do osso alveolar revelou que ocorre uma reabsorção vertical significativa da área da perda, sendo essa reabsorção maior no grupo de indivíduos mais velhos (CF). Em síntese, pode-se concluir que a perda unilateral do primeiro molar permanente inferior provoca a movimentação de todos os dentes em direção à área do dente extraído, assim como uma progressiva reabsorção vertical do osso alveolar no espaço remanescente.
Título em inglês
"Radiographic analysis of the dento-alveolar changes produced by unilateral loss of the lower first permanet molar"
Palavras-chave em inglês
Lower first permanent molar
Tooth movement
Resumo em inglês
SUMMARY A sample of 111 panoramic radiographs (27 males and e 84 females), that had been submitted to unilateral extraction of lower 1 st permanent molar, was selected with the aim of evaluating dento-alveolar changes produced by the loss. No previous orthodontic treatment and the presence of all other lower teeth, including both 3 rd molars, were basic criteria to include patients in the sample. Mean age at panoramic examination was 19 years and 8 months (12 y – 30 y 11 m). Individuals that have reported recent 1 st molar loss (less than 5 years from the x-ray examination) were previously removed. After x-ray manual tracing, it was obtained bilateral measurements that provide tooth angulation of all lower teeth, antero-posterior displacement of 3 rd molars, 2 nd molars and 2 nd premolars, 3 rd molar height, and alveolar height at 1 st molar area. Measurements obtained at the extraction side were compared by paired student’s t test to the control side (no molar loss). In order to obtain information regarding the influence of the 3 rd molar development stage on the morphologic variables examined, sample was divided in two groups, according to 3 rd molar developmental stage at the control side. 60 individuals (mean age 15 y 7 m) that had 3 rd molar not completed developed (EF)composed the first group. The second group was constituted by 51 individuals (mean age 24 y 5 m) that had the 3 rd molar completed developed (CF). These groups were compared by student’s t test. Findings obtained showed that unilateral 1 st molar loss produced significant changes in mesio-distal angulation and antero-posterior positioning of all teeth located at the loss side compared to control side. While lower 2 nd molars inclined and displaced mesialy, premolar, canine and incisors inclined and displaced distally to extraction space. The major tooth movimentation were observed close to the extracted 1 st molar area. Mesial inclination of the 3 rd molar occurred significantly only when subjects that had 3 rd molars completely developed (CF) were examined. Alveolar height examination revealed that a vertical alveolar resorption had occurred significantly at the extraction site. This resorption was larger in individuals that had 3 rd molars completely developed (CF). In resume, it may be concluded that unilateral extraction of the lower 1 st permanent molar produces a significant movimentation of all lower teeth through the site extraction, as well as a progressive vertical resorption at the 1 st molar space remaining.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseToda.pdf (308.89 Kbytes)
Data de Publicação
2004-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.