• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2007.tde-03012008-104903
Documento
Autor
Nome completo
Paulo Mazini Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Nakamae, Atlas Edson Moleros (Presidente)
Guarnieri, Tatiana de Carvalho
Homem, Maria da Graca Naclerio
Menezes, Joao Carlos Padilha de
Poletto, Luiz Thadeu de Abreu
Título em português
Avaliação da área de contato dos dentes artificiais em função da forma oclusal e da forma das arcadas na posição de máxima intercuspidação e nos movimentos excursivos
Palavras-chave em português
Area de contato
Dentes artificiais
Movimentos excursivos
Oclusão
Prótese total
Resumo em português
Nesta pesquisa, foi analisada a área dos contatos oclusais, em posição de máxima intercuspidação e nos movimentos excursivos de protrusão e lateralidades direita e esquerda. Para tanto, foram utilizados dentes artificiais anatômicos e funcionais, nacionais e importados, montados em arcadas de formas triangular, quadrada e oval. Após o devido ajuste oclusal e, a partir das imagens digitalizadas das próteses em cera, foi realizada a mensuração das áreas demarcadas pelo papel carbono, empregando-se o software Leica Qwin® 550. Os resultados, em milímetros quadrados, foram submetidos à análise estatística (ANOVA e Teste de Tukey). A partir das relações estabelecidas entre os fatores, pode-se concluir que, tanto para o modelo superior quanto para o modelo inferior, as áreas totais em MIC foram maiores que as áreas totais em protrusão. Ainda em protrusão, os segmentos posterior direito, anterior e posterior esquerdo apresentaram áreas iguais. Nos movimentos de lateralidade direita e esquerda, as áreas totais foram menores ou iguais às áreas totais obtidas em MIC. Nas lateralidades, as áreas no lado de trabalho foram maiores que as áreas no lado de balanceio. Na lateralidade direita, a área no lado de trabalho foi maior que a área direita do registro obtido em MIC. Na lateralidade esquerda, a área no lado de trabalho foi maior que a área do segmento esquerdo do registro em MIC. Na lateralidade direita, a área no lado de balanceio foi menor que a área do segmento esquerdo do registro em MIC. Na lateralidade esquerda, a área no lado de balanceio foi menor que a área do segmento direito do registro em MIC.
Título em inglês
Measurement of occlusal area in prosthetic teeth according to tooth form, arch form and during maximum voluntary clenching and excursive movements
Palavras-chave em inglês
Artificial tooth
Complete denture
Dental occlusion
Excursive movements
Resumo em inglês
This study regards the measurement of occlusal area of prosthetic arches, all assembled in triangular, squared and oval arch forms, with functional prosthetic teeth from different manufacturers; occlusal area was measured during maximum voluntary clenching (MVC), protrusive and laterotrusive (right and left) movements. Following arch assembly and occlusal adjustment, occlusal contacts for MVC and eccentric movement were marked by carbon paper, and occlusal areas were measured by means of analysis of standardized digital images and appropriate software (Leica Qwin® - 550). Occlusal areas were measured in square millimiters, and resulting values underwent statistical tests (ANOVA and Tukey). Statistical results showed that, for both upper and lower arches, occlusal areas during MVC were greater than during protrusion; also during protrusion, buccal tooth segments, both right and left, showed similar areas. During right and left laterotrusion, occlusal areas were smaller in comparison to MVC, and working sides presented larger areas than balancing sides. During laterotrusion to the right side, occlusal areas measured at the working side were larger than during MVC (right side), and same was observed for the left side during laterotrusion to the left. During laterotrusion to the right side, occlusal areas measured at the balancing side were smaller than during MVC (left side), and similar differences were observed during laterotrusion to the left side.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PauloMazini.pdf (5.22 Mbytes)
Data de Publicação
2008-04-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.