• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2004.tde-21012005-102925
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Linge Exposito Esteves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Gavini, Giulio (Presidente)
Caldeira, Celso Luiz
Deonizio, Marili Doro Andrade
Título em português
"Influência da técnica de desobturação e do limite de obturação na extrusão apical"
Palavras-chave em português
desobturação
extrusão apical
instrumentos rotatórios
niquel-titânio
Resumo em português
O controle da extrusão apical durante a reintervenção endodôntica é essencial para o sucesso do novo tratamento. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivo comparar a quantidade de material sólido extruído na desobturação de canais radiculares variando-se a técnica de esvaziamento e o limite de obturação. Foram utilizados 40 incisivos inferiores previamente tratados divididos em dois grupos de acordo com o limite de obturação estabelecido. Cada grupo foi subdividido em dois subgrupos levando-se em conta a técnica de desobturação empregada; manual (subgrupos A1 e B1) e mecânico-rotatória com limas de Ni-Ti (Quantec LX) (subgrupos A2 e B2). O material sólido extruído foi coletado por meio do sistema de filtração Millipore, levado à secagem em dessecador de sílica e pesado em balança analítica de precisão. Os resultados obtidos foram submetidos a ANOVA para dois fatores de variação sendo em seguida empregado o Teste de Tukey (α = 5%). A técnica de desobturação mecânico-rotatória produziu menor extrusão (0,66mg) que a manual (1,11mg), havendo diferença estatística significante entre elas (p < 0,05). Os canais preenchidos até o vértice radiográfico apresentaram maior quantidade de extrusão (1,38mg) do que os obturados 1 mm aquém do forame (0,39mg), observando-se diferença estatística significante entre eles (p < 0,05). A menor quantidade extrusão foi observada no subgrupo A2 (0,20mg), em que foi empregada a técnica rotatória de desobturação em canais obturados 1mm aquém do forame apical, sendo constatada diferença estatisticamente significante deste subgrupo com os demais (p < 0,05). A extrusão de material sólido durante a desobturação de canais radiculares é influenciado pela técnica empregada e pelo limite apical de obturação.
Título em inglês
Apical extrusion: influence on gutta-percha removal technique and root filling limit.
Palavras-chave em inglês
05) The canals filled until the radiographic apex showed larger amoun
05) The extrusion of solid material during the gutta-percha removal is
05) The smaller extruded debris amount was observed in subgroup A2 (0
11mg)
2004 ABSTRACT The apical extrusion control during the endodontic ret
20mg)
38mg) than those filled 1 mm beyond the foramen (0
39mg) It was observed significant statistical difference between them
66mg) than the stainless steel hand files (1
= 5%) The niquel-titanium rotatory instruments produced less extrusio
apical extrusion
Brazil: Department of Endodontics - University of São Paulo
dried in silica desiccators and weighed in an eletrobalance The resul
Esteves CLE Apical extrusion: influence on gutta-percha removal techni
in which one the rotary technique was used to remove the gutta-percha
nickel-titanium
rotary instruments
with significant statistical difference between them (p < 0
Resumo em inglês
The apical extrusion control during the endodontic retreatment is essential for the success of the new treatment. The purpose of this study was to compare the quantity of solid apically extruded material during filling removal according the gutta-percha removal technique and root filling limit. Forty mandibular incisors with a single straight canal were selected. The canals were previously endodontically treated and then divided into two groups according the filling level. Each group was subdivided in two groups considering the retreatment technique: stainless steel hand files (subgroups A1 and B1) versus niquel-titanium rotatory instruments (subgroups A2 and B2). The extruded solid material was collected by Millipore filtration system, dried in silica desiccators and weighed in an eletrobalance. The results were analyzed using ANOVA with two variation factors and Tukey Test (α = 5%). The niquel-titanium rotatory instruments produced less extrusion (0,66mg) than the stainless steel hand files (1,11mg), with significant statistical difference between them (p < 0,05). The canals filled until the radiographic apex showed larger amount of extruded material (1,38mg) than those filled 1 mm beyond the foramen (0,39mg). It was observed significant statistical difference between them (p < 0,05). The smaller extruded debris amount was observed in subgroup A2 (0,20mg), in which one the rotary technique was used to remove the gutta-percha of canals filled 1mm beyond the apical foramen. It was verified significant statistical difference of this subgroup with the other ones (p < 0,05). The extrusion of solid material during the gutta-percha removal is influenced by the technique as well as the apical filling limit.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CristianeTeseToda.pdf (424.71 Kbytes)
Data de Publicação
2005-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.