• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2005.tde-25102005-123825
Documento
Autor
Nome completo
Ana Cecilia Corrêa Aranha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Eduardo, Carlos de Paula (Presidente)
Braga, Roberto Ruggiero
Marques, Marcia Martins
Soares, Sheila Cynthia Gouw
Vieira, Martha Marques Ferreira
Título em português
Avaliação dos efeitos do laser de Er,Cr:YSGG sobre superfícies radiculares expostas no tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical. Estudo in vitro e in vivo
Palavras-chave em português
Cr:YSGG
Hipersensibilidade dentinária
Laser de Er
Laser de Er:YAG
Permeabilidade dentinária
Teoria hidrodinâmica
Túbulos dentinários
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi o de avaliar os efeitos da irradiação laser de Er,Cr:YSGG em superfícies dentinárias no tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical, em busca de um protocolo para ser aplicado clinicamente. Para o teste de permeabilidade, foram preparados 144 pré-molares, as coroas seccionadas e as raízes impermeabilizadas. Duas áreas de irradiação antagônicas foram delimitadas e livres da impermeabilização (controle e experimental). A seguir, os dentes foram subdivididos em dois sub-grupos, diferindo o condicionamento da superfície irradiada (EDTA 24% e ácido fosfórico 35%) e em grupos diferindo o protocolo:G1)Er:YAG, 60mJ/2Hz; G2)0,25W; G3)0,5W; G4)0,75W; G5)1W, G6)1,25W; G7)1,50W; G8)1,75W G9)2W. Após as irradiações, os espécimes foram imersos em azul de metileno 2% por 4 horas, e incluídos em resina epóxica para a realização dos cortes longitudinais. Estes tiveram suas imagens trabalhadas em computador para mensuração do nível de infiltração. Os dados foram submetidos à análise estatística. O Sub-grupo 1, condicionado com EDTA, apresentou diferenças entre os grupos sendo que as amostras irradiadas com Er:YAG demonstraram menor infiltração, diferindo estatisticamente dos grupos 3, 6 e 9. Os resultados do sub-grupo 2 mostraram que as médias das amostras irradiadas com Er:YAG tenderam a zero entretanto, não houve diferença entre os grupos. Na Fase B, fragmentos de dentina foram obtidos da região cervical de dentes humanos, preparados para análise em microscopia eletrônica de varredura. Morfologicamente, observou-se oclusão parcial dos túbulos dentinários após irradiação com Er:YAG e Er,Cr:YSGG nas condições de 0,25W e 0,50W. A partir de 0.75W, foi observado abertura dos túbulos e à medida que as energias aumentaram, foram observadas carbonização e fendas. De posse dos resultados dos trabalhos in vitro, foram selecionados os parâmetros para a aplicação e o acompanhamento clínico de 1 mês: G1)controle (placebo); G2)Er:YAG; G3)Er,Cr:YSGG 0,25W e G4)Er,Cr:YSGG 0,75W. Após a triagem, foram selecionados voluntários de acordo com critérios de exclusão e inclusão. O nível de sensibilidade de cada voluntário foi avaliado através da escala visual analógica de dor (VAS) com auxílio do ar da seringa tríplice 1 semana antes (Pré-1), 5 minutos anterior ao tratamento (Pré-2), após 5 minutos (Pós-1), 1 semana (Pós-2) e 1 mês após o tratamento (Pós-3). Os dados foram coletados e submetidos à análise estatística separadamente para os dois estímulos realizados: spray de ar e sonda exploradora. Tanto para o estímulo ar quanto para o estímulo sonda, não foram observadas diferenças estatisticamente significantes nas escalas Pré-1 e Pré-2, concluindo que os pacientes estavam padronizados e não houve efeito da profilaxia nos níveis de dor. Ao estímulo do spray de ar, nota-se uma redução nos níveis de dor na escala Pós-1, porém há uma estabilidade dos valores das escalas seguintes. O grupo 2 (Er:YAG) apresentou o menor nível de dor quando comparado aos outros grupos. Ao estímulo mecânico foi observado que o grupo 4 (Er,Cr:YSGG 0,50W) demonstrou o decréscimo de dor mais acentuado imediatamente após o tratamento, porém ao final do estudo, apresentou os maiores níveis de dor. Os grupos 1, 2 e 3 apresentam redução de dor, porém estatisticamente diferentes do grupo 4. Com base nos resultados apresentados e dentro dos limites e parâmetros estudados, pode-se concluir que nenhuma condição foi capaz de eliminar completamente a microinfiltração e diminuir a permeabilidade dentinária; porém o laser de Er:YAG e o laser de Er,Cr:YSGG 0,25W apresentaram resultados satisfatórios nos três estudos realizados.
Título em inglês
Desensitizing effects of Er:YAG and Er,Cr:YSGG lasers on dentin hypersensitivity. An in vitro and in vivo study
Palavras-chave em inglês
Cr:YSGG Laser
Dentin Hypersensitivity
Dentin Permeability
Dentinal tubules
Er
Er:YAG laser
Hydrodynamic theory
Resumo em inglês
The aim of the present study was to determine the correct parameters of the Er,Cr:YSGG laser in the treatment of cervical dentin hypersensitivity. This work was presented in 3 different stages. In the first one, it was evaluated the decrease in dentin permeability of dentinal tubules after Er,Cr:YSGG laser irradiation in radicular surfaces. Ninety premolars were prepared with its crows sectioned, and the roots completely impermeabilized. Two antagonist areas of irradiation were determined as control and experimental. Each surface was conditioned with EDTA 24% (sub-group1) and phosphoric acid 35% (sub-group2) and the selected parameters were: 1)Er:YAG, 60mJ, 2Hz, 4 irradiations of 20sec each, defocused mode; and groups 2 to 9 received irradiation with Er,Cr:YSGG laser, 20Hz, Z6 tip, 600µm diameter, defocus mode, 0% of air and water: 2)Er,Cr:YSGG 0,25W; 3) 0,5W; 4) 0,75W; 5) 1,0W; 6) 1,25W, 7) 1,50W, 8) 2W; 9) 2 W. After irradiation, samples were immersed in a solution of methylene blue for 4 hours, washed for 5 min and included in epoxy resin to allow longitudinal cuts. The images were digitalized and computed worked. Data was statistically analyzed. Although the samples irradiated with Er:YAG showed less microleakage, the sub-group 1 showed differences between the groups, statistically different from groups 3, 6 e 9. The results of the sub-group 2 showed that the mean values of the Er:YAG samples had a tendency to be negative, however, no differences were detected between the groups. In the second stage, cuts from the cervical area were obtained and prepared for scanning electron microscopy to evaluate the superficial morphology. It was observed the partial closure of dentinal tubules after the irradiation with Er:YAG and Er,Cr:YSGG laser in the 0.25 and 0.50W protocols. From the 0.75W until 2W, it was observed the dentinal tubules opened as the energy densities raised. With the results of the in vitro studies, the parameters were selected: G1)control; G2)Er:YAG; G3)Er,Cr:YSGG 0,25W e G4)Er,Cr:YSGG 0,75W. Thirty subjects, who met the entry criteria, were admitted into the study. The assessment method used to quantify sensitivity was the cold air syringe, recorded by the visual analogue scale (VAS), prior to treatment as baseline (Pre-1), immediately before (Pre-2) and immediately after (Post-1) the topical treatment, after 1 week (Post-2) and after 1 month (Post-3). Teeth were assigned to the 4 groups. After the follow-up, data was collected and submitted to statistical analysis for both kinds of stimulus: evaporative (air) and mechanical (probe). For both air and probe it was not observed differences among the Pre-1 and Pre-2 moments, for what it can be concluded that patients were standardized. Analyzing the evaporative stimulus, it can be observed the reduction in the pain level immediately after the treatment; however there was stability in the next values. Group 2 (Er:YAG) showed the least level of pain. Throughout the mechanical stimulus, it was observed that group 4 (Er,Cr:YSGG 0,50W) showed the most pronounced decrease of pain immediately after treatment, however, at the end of the study, the levels of pain increased. Groups 1, 2 e 3 showed reduction of pain, statistically different from the group 4. Based on the results and within the limits of this study, it can be concluded that none of the parameters and lasers studied were capable of eliminate the microleakage and decrease the dentin permeability, however, the Er:YAG and Er,Cr:YSGG 0,25W lasers showed satisfactory results in the three studies performed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.