• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2008.tde-20012009-114348
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Cardoso Espejo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Luz, Maria Aparecida Alves de Cerqueira (Presidente)
Garone Netto, Narciso
Giannini, Marcelo
Título em português
Influência de diferentes sistemas adesivos dentários resinosos aplicados em dentina humana frente a um desafio cariogênico bacteriano, in vitro
Palavras-chave em português
Adesivos autocondicionantes
Cárie secundária
Sistema adesivo dentário
Streptococcus mutans
Resumo em português
Neste estudo, o objetivo foi avaliar, in vitro, o comportamento de três sistemas adesivos dentários (SAD), sendo dois autocondicionantes Clearfil SE Bond Kuraray Co (CSEB) e Xeno III Dentsply (X-III) e um condicione e lave de 3 passos Scothbond Multi-Purpose Plus - 3M ESPE (SBMP), no que se refere à inibição de lesões recidivantes de cárie em dentina, frente à um desafio cariogênico bacteriano, que utilizou uma cepa de Streptococcus mutans. Além destes materiais, foi inserido no estudo um controle negativo (CN), o qual não recebeu tratamento adesivo. A amostra formada por terceiros molares humanos (n=40) foi preparada com cavidades Classe V e restaurada com a resina composta (RC) Z250 (3M ESPE), deixando-se um nicho na interface restauração/dente na parede gengival em dentina. Os quatro grupos experimentais (n=10) foram submetidos ao desafio cariogênico para o desenvolvimento das lesões durante 30 dias. Foi realizada em microscopia óptica de luz (MOL) a medição das variáveis: profundidade da lesão de parede, extensão da lesão de parede e profundidade da lesão externa e em MEV (Microscopia Eletrônica de Varredura) a análise morfológica das lesões de cárie formadas. Os dados referentes às lesões foram analisados através de Análise de Variância, testes auxiliares, além do Teste de Brown e Forsythe, com grau de significância de 5%. A metodologia adotada foi capaz de desenvolver lesões externas e de parede e de padronizar uma fenda entre restauração/dente. Em relação às variáveis estudadas, concluiu-se que o CSEB apresentou menores lesões de parede em profundidade e extensão do que os demais SAD, e que os resultados do X-III foram similares estatisticamente ao SBMP para as mesmas variáveis. Quanto a profundidade da lesão externa, todos os SAD tiveram comportamento semelhante.
Título em inglês
The influence of different resin dental adhesive systems applied to human dentine in the face of an in vitro bacterial cariogenic challenge, in vitro
Palavras-chave em inglês
Dental adhesive system
Secondary caries
Self etching adhesive
Streptococcus mutans
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the in vitro behavior of three dental adhesive systems (DAS), namely the two self etching Clearfil SE Bond Kuraray Co (CSEB) and Xeno III Dentsply (X-III) as well as the three-step etch and rinse Multi-Purpose Plus 3M ESPE (SBMP), concerning the inhibition of secondary dentine caries in the face of a bacterial cariogenic challenge using Streptococcus mutans. Besides the aforementioned material, a negative control group (NC) which did not receive any adhesive treatment was included in this study. The sample, which consisted of human third molars (n=40), in which class-V cavities prepares were restored with the composite resin (CR) Z250 (3M ESPE). An interfacial gap was left between teeth and restorations in the dentinal gingival wall. The four experimental groups (n=10) were exposed to a cariogenic challenge during 30 days. Light Optical Microscopy (LOM) was used to measure wall caries lesion depth, wall caries lesion extension and outer caries lesion depth. SEM (Scanning Electron Microscopy) was the method chosen for the morphological analysis of the formed carie lesions. The data regarding lesions was analyzed through Analysis of Variance and Component of Variance Model in addition to the Brown-Forsythe test at a 5% significance level. The adopted methodology could develop external and wall lesions, also standardizing a gap between restorations and teeth. About the studied variables, it was possible to conclude that CSEB presented the smallest wall lesions both in depth and extension, and the X-III and SBMP results were statistically similar concerning the same variables. Regarding outer lesion depth, all DAS showed similar behaviour.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.