• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2018.tde-04042018-110822
Documento
Autor
Nome completo
Ítallo Emídio Lira Viana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Forlin, Taís Scaramucci (Presidente)
Borges, Alessandra Buhler
Braga, Roberto Ruggiero
Zanatta, Rayssa Ferreira
Título em português
Efeito dos desafios erosivo ou erosivo/abrasivo sobre as estruturas dentárias adjacentes às restaurações realizadas com materiais contendo fluoreto ou cálcio
Palavras-chave em português
Abrasão dental
Cimento de ionômero de vidro
Erosão dental
GIOMER
Resina composta
Resumo em português
Esse estudo avaliou in vitro o efeito dos desafios erosivo ou erosivo/abrasivo sobre materiais restauradores contendo fluoreto ou cálcio e sobre as estruturas dentárias adjacentes às restaurações realizadas com esses materiais. Fragmentos de esmalte e de dentina bovinos (4 mm × 4 mm × 2 mm), foram incluídos em resina acrílica e planificados. Uma cavidade padrão com dimensões 1,2 mm × 4 mm × 1,5 mm foi preparada nos espécimes, e restaurada de acordo com o material a ser testado: 1. Z350 - resina composta (Filtek Z350, 3M ESPE); 2. VB - compósito experimental contendo apenas vidros de bário; 3. DCPD30% - compósito experimental contendo 10% de vidros de bário e 30% partículas de fosfato di-cálcio di-hidratado (DCPD) funcionalizadas com dimetacrilato de dietilenoglicol (DEGDMA); 4. DCPD60% - compósito experimental contendo 60% partículas de DCPD funcionalizadas com DEGDMA; 5. Beautifil - GIOMER (Beautifil II, Shofu Dental Corporation); 6. Fuji IX - cimento de ionômero de vidro convencional de alta viscosidade (Fuji IX, GC Corporation); 7. Fuji II LC - cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Fuji II LC, GC Corporation). Na sequência, os espécimes foram polidos e submetidos a dois tipos de tratamentos: erosão somente (n=10) ou erosão mais abrasão por escovação (n=10). A erosão foi realizada pela imersão dos espécimes em ácido cítrico a 0,3% (pH~2,6) por 5 min, seguido de 60 min de imersão em saliva artificial. Esse procedimento foi repetido 4×/dia, por 5 dias. A escovação foi realizada com uma suspensão de dentifrício padrão (Colgate Total 12 Mint Clean; 1450 ppm F-, como NaF) por 15 s (2 min de exposição total a suspensão de dentifrício), 2×/dia, 30 min após o primeiro e o quarto desafios erosivos. Ao final da ciclagem, a perda superficial (em ?m) do esmalte, da dentina e dos materiais restauradores foi determinada com um perfilômetro ótico. Para cada modelo (erosão e erosão-abrasão), os dados de perda superficial de esmalte, dentina e restauração foram analisados de maneira independente. Os dados foram analisados pelos testes de Kruskal-Wallis e Tukey. O nível de significância utilizado foi de 5%. No modelo de erosão, para esmalte, ambos cimentos ionoméricos apresentaram menor perda superficial do que o compósito Z350, apesar de Fuji II LC não ter se diferenciado significativamente dos grupos Beautifil e DCPD30%. Os outros grupos não foram diferentes de Z350 nem entre si. Para dentina, nenhum dos grupos foi diferente de Z350, com exceção de DCPD60%, o qual apresentou a maior perda superficial. Ambos cimentos ionoméricos apresentaram menor perda do que DCPD30%, Beautifil e DCPD60%. Em relação à restauração, os materiais Z350, Beautifil, VB, DCPD30% apresentaram perda superficial mínima, sem diferenças entre eles. Os cimentos ionoméricos apresentaram os maiores valores de perda, não se diferenciando de DCPD60%. No modelo erosão-abrasão, para esmalte, a menor perda superficial foi observada em Fuji II LC, sem diferença da Beautifil. Os outros grupos não se diferenciaram entre si nem da Beautifil. Para dentina, os grupos DCPD60%, Beautifil, Fuji II LC, Z350 e Fuji IX não se diferenciaram e, apresentaram menor perda superficial do que VB. Os cinco grupos citados também não foram diferentes de DCPD30%, com exceção de Fuji IX. Em relação à restauração, a maior perda foi observada para Fuji IX, sem diferenças de Fuji II LC e Beautifil. DCPD30%, Z350, VB e DCPD60% apresentaram valores mínimos de perda superficial, sem diferenças entre si. Concluiu-se que o cimento ionomérico Fuji II LC foi único capaz de proteger o esmalte adjacente à restauração contra desafios erosivos e erosivos/abrasivos, apesar de ter sido um dos materiais mais susceptíveis ao desgaste por ambos desafios. Para dentina, nenhum material exibiu efeito protetor.
Título em inglês
Effect of erosive and erosive/abrasive challenges on the dental hard tissues adjacent to restorations performed with materials containing fluoride or calcium
Palavras-chave em inglês
Composite resins
GIOMER
Glass ionomer cements
Teeth abrasion
Teeth erosion
Resumo em inglês
This in vitro study evaluated the effect of erosive or erosive/abrasive challenges on restorative materials containing fluoride and calcium, and on the dental hard tissues adjacent to restorations performed with these materials. Enamel and dentin specimens (4 mm × 4 mm × 2 mm), obtained from bovine incisors, were embedded in acrylic resin, flattened and polished. In the specimens, a standard cavity of 1,2 mm × 4 mm × 1,5 mm was prepared and restored with the following materials: 1. Z350 - Composite resin without actives, Filtek Z350 (3MESPE); 2. VB - experimental composite containing barium glass only; 3. DCPD30% - experimental composite containing 10% of barium glass and 30% of DCPD particles functionalized with DEGDMA; 4. DCPD60% - experimental composite containing 60% of DCPD particles functionalized with DEGDMA; 5. Beautifil - GIOMER (Beautifil II, Shofu Dental Corporation); 6. Fuji IX - high viscosity glass ionomer (Fuji IX, GC Corporation); 7. Fuji II LC - resin-modified glass ionomer (Fuji II LC, GC Corporation). The specimens were polished again and then submitted to one of the two treatments: erosion only (n=10) or erosion plus toothbrushing abrasion (n=10). Erosion was performed by immersing the specimens in 0.3% citric acid solution (p~2.6), for 5 min, followed by 60 min exposure to artificial saliva. This procedure was repeated 4 times a day, for 5 days. Toothbrushing was performed with a slurry of a standard dentifrice (Colgate Total 12 Mint Clean; 1450 ppm F, as NaF), for 15 s (2 min total exposure time to the slurry), 2 times a day, 30 min after the first and last erosive challenges. At the end of cycling, enamel, dentin and restorative material surface loss (in ?m) were determined by optical profilometry. Data were analyzed by the Kruskal-Wallis and Tukey tests. The level of significance was 5%. In the erosion model, for enamel, both ionomeric cements presented lower surface loss than the Z350, although Fuji II LC did not differ significantly from Beautifil and DCPD30% groups. The other groups were no different from Z350 and from each other. For dentin, none of the groups were different from Z350, except for DCPD60%, which presented the highest surface loss. Both ionomeric cements presented lower loss than DCPD30%, Beautifil and DCPD60%. Regarding the restoration, the materials Z350, Beautifil, VB, DCPD30% showed minimal surface loss, with no differences between them. The ionomeric cements had the highest loss values, not differing from DCPD60%. In the erosion-abrasion model, for enamel, the lowest loss was observed for Fuji II LC, with no difference to Beautifil. The other groups showed no difference among them and from Beautifil. For dentin, the groups DCPD60%, Beautifil, Fuji II LC, Z350 and Fuji IX were no significant different and presented lower loss than VB. These five groups were also no different from DCPD30%, except Fuji IX. Regarding the restoration, the highest loss was observed for Fuji IX, with no difference from Fuji II LC and Beautifil. DCPD30%, Z350, VB and DCPD60% presented minimum values of surface loss, without differences between them. It was concluded that Fuji II LC ionomeric cement was the only material able to protect the enamel adjacent to the restoration against erosive and erosive/abrasive challenges, although it was one of the materials that was most susceptible to be wear off by both challenges. For dentin, no material exhibited a significant protective effect.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.