• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Isabela Floriano Nunes Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Fraga, Mariana Minatel Braga (Presidente)
Cenci, Maximiliano Sérgio
Ekstrand, Kim Rud
Mendes, Fausto Medeiros
Raggio, Daniela Prócida
Título em português
Impacto da detecção de lesões iniciais e da avaliação da atividade de cárie em dentes decíduos: estudo controlado randomizado (CARDEC-02) com 1 ano de seguimento
Palavras-chave em português
Avaliação da atividade de cárie
Cárie dentária
Custos e análise de custo
Dente decíduo
Diagnóstico
Resumo em português
Atualmente, acredita-se que detecção de lesões de cárie desde os estágios mais iniciais e a avaliação da atividade de cárie poderiam guiar a escolha da melhor opção de tratamento para o paciente e consequentemente, minimizar custos adicionais em curto e longo prazo. O objetivo desse trabalho foi avaliar como a detecção de lesões de cárie em todos os estágios e a avaliação da atividade de cárie impactam em termos de 1) tempo, custo e desconforto reportado pelo paciente durante o exame das lesões cárie; 2) mudanças esperadas no planejamento do tratamento frente a essa estratégia e 3) necessidades de reintervenção operatória (desfecho primário), impacto na qualidade de vida do paciente e satisfação dos responsáveis. Para este estudo clínico controlado randomizado com grupos paralelos (CARDEC-02, NCT02473107) foram examinadas crianças de 3-6 anos com dentição decídua completa, que buscaram atendimento, em Barueri-SP, exceto as que não podiam ser seguidas ou consentimento/assentimento não foram obtidos. As crianças foram randomizadas, em bloco, por uma sequência gerada de acordo com a estratégia de diagnóstico: GA (detecção apenas das lesões moderadas e avançadas (escores ICDAS 3 a 6), sem avaliação da atividade) e GB (detecção e avaliação da atividade de lesões em todos os estágios de severidade (escores ICDAS 1 a 6)). O plano de tratamento de cada criança foi elaborado e realizado conforme a estratégia. As crianças foram seguidas por 6 e 12 meses. Para o objetivo 1, registrou-se o tempo gasto e os materiais consumidos em cada sessão de diagnóstico de cárie. Para o objetivo 2, as crianças do GA foram examinadas duas vezes (n=130), levando ou não em conta as lesões iniciais e o status de atividade. O tratamento planejado por cada estratégia foi, então, comparado. O impacto no custo do tratamento (por criança) foi estimado, em reais, considerando valores publicados (Schwendicke et al.,2015). Para o objetivo 3, o desfecho primário foi o número de superfícies com necessidades de tratamento operatório (presença de lesões de cárie cavitadas em dentina, substituição de restaurações, tratamento endodôntico e/ou exodontia) durante o acompanhamento de 12 meses. Tempo e custo dos procedimentos, qualidade de vida e satisfação também foram coletados durante o seguimento. Foram incluídos 260 pacientes (idade:4,5±0,9anos, ceo-s:3,8±6,5). 221 crianças foram reavaliadas após 1 ano. Detectar todas as lesões consumiu maior tempo (39s), entretanto isso não causou diferença no custo dos exames. Em análise antes-e-depois, a detecção de lesões iniciais aumentaria em 35% a necessidade de tratamento não-operatório e a avaliação da atividade pouparia o tratamento operatório em 5% dos pacientes. Após um ano, a necessidades de intervenção operatória foi semelhante entre os grupos (GA 2,7±4,7;GB 2,8±5,1; p=0,861), assim como o custo cumulativo/criança decorrente do tratamento resultante de cada estratégia (GA R$213,11±218,48;GB R$223,64±225,72; p=0,702). Ambas as estratégias tiveram resultados semelhantes quanto ao impacto na qualidade de vida do paciente e na satisfação dos responsáveis. Conclui-se, assim, que da detecção inicial e da avaliação da atividade de lesões de cárie em dentes decíduos causam um impacto mínimo após um ano de acompanhamento.
Título em inglês
Impact of initial caries lesions detection and caries activity assessment in primary teeth: randomized controlled study (CARDEC-02) with 1-year follow-up
Palavras-chave em inglês
Costs and cost analysis
Dental caries
Dental caries activity assessment
Diagnosis
Tooth deciduous
Resumo em inglês
Currently, it is believed that caries detection since the earliest stages and caries activity assessment could guide the best option of treatment for the patient and consequently minimize additional costs in a short and long-term analysis. The objective of this study was to evaluate how detecting of any stage of caries lesions (all severities) and caries activity assessment could impact in terms of 1) time, cost and discomfort reported by the child in caries examination session; 2) expected changes in treatment planning in concerning the diagnostic strategy and 3) the need, after one year, for new operative intervention (primary outcome), impact on child's quality of life and their parents' satisfaction. For this randomized controlled clinical study with parallel groups (CARDEC-02, NCT02473107), children aged 3-6 years with complete primary dentition, who sought for dental care in Barueri-SP, were examined, except those that could not be followed or consent was not obtained. Children were randomized in blocks, by a sequence generated according to the diagnostic strategy: GA (detection of moderate and advanced lesions only (ICDAS scores 3 to 6) without evaluation of activity) and GB (detection and activity assessment of lesions at all severities (ICDAS scores 1 to 6)). The treatment plan for each child was made and carried out according to the strategy. Children were followed for 6 and 12 months. For objective 1, the time spent and the materials used in each caries diagnosis session were recorded. For objective 2, children from the GA group were examined twice (n = 130), considering or not initial lesions and activity status. The treatment planned by each strategy was then compared. The impact on the cost of treatment (per child) was estimated, in Brazilian Real, considering published values (Schwendicke et al., 2015). For objective 3, the primary endpoint was the number of surfaces with operative treatment needs (presence of dentine cavitated lesions, replacement of restorations, endodontic treatment and/or extraction) during the 12-month follow-up. Time and cost of procedures, quality of life and satisfaction were also collected during follow-up. 260 patients (age: 4.5 ± 0.9 years, dmf-s: 3.8 ± 6.5) were included. 221 children were re-evaluated after 1 year. Detecting all lesions consumed longer time (39s), however this did not cause any difference in the cost of exams. In the before-and-after analysis, the detection of initial lesions would increase the need for non-operative treatment in 35% and the activity assessment would save operative treatment in 5% of the patients. After one year, operative intervention requirements were similar between groups (GA 2.7 ± 4.7, GB 2.8 ± 5.1; p = 0.881), as well as the cumulative cost per child from the treatment of each strategy (GA R$ 213.11 ± 218.48, GB R$ 223.64 ± 225.72; p = 0.702). Both strategies had similar results regarding impact on the patient's quality of life and satisfaction of their parents. It was concluded, therefore, that the detection of initial lesions and activity assessment in primary teeth cause minimal impact after one year of follow-up.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.