• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2015.tde-21092015-122532
Documento
Autor
Nome completo
Isabel Cristina Olegario da Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Raggio, Daniela Prócida (Presidente)
Ortega, Adriana de Oliveira Lira
Bonifácio, Clarissa Calil
Título em português
Longevidade de restaurações ART em cavidades ocluso-proximais utilizando três tipos de materiais em molares decíduos. Estudo Clínico Randomizado
Palavras-chave em português
Cavidades ocluso-proximais
Cimento Ionômero de Vidro
Dente decíduo
Tratamento Restaurador Atraumático
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar se o novo material nanoparticulado Carbômero de Vidro pode aumentar a taxa de sobrevida de restaurações ART ocluso-proximais quando comparado com um material resinoso modificado por poliácido - Compômero e o Cimento Ionômero de Vidro de alta viscosidade. Um total de 286 crianças de 5 a 7 anos apresentando ao menos uma lesão de cárie ocluso-proximal foram selecionadas no município de Barueri, SP. Os pacientes foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: CIV de alta viscosidade (CIV - Fuji IX Extra - GC Corp), Compômero (COM - Dyract Extra - Dentsply) e Carbômero de Vidro (CAR - Glass Carbomer - GCP Dental). Todos os tratamentos foram feitos seguindo os preceitos do ART e as recomendações dos fabricantes. As restaurações foram avaliadas após 2, 6 e 12 meses por um examinador treinado. Para verificação da sobrevida das restaurações foi utilizada a análise de sobrevida de Kaplan-Meier e teste log-rank. Para avaliar a associação entre o desfecho e as variáveis características do paciente foi aplicado o teste de Regressão de Cox. O nível de significância para os testes foi considerado 5%. Após 12 meses de acompanhamento, a sobrevida geral das restaurações foi de 52,8%. A taxa de sobrevida do CIV, COM e CAR foram de 62,6%, 61,3% e 36,3%, respectivamente. A análise estatística mostrou diferença significante entre os materiais, onde o CAR apresentou pior desempenho (HR=1,84; IC 1,19-2,85; p=0,006) e nenhuma diferença foi encontrada entre os materiais CIV e COM. Além disso, foram encontradas diferenças estatísticas para a variável volume da cavidade, onde cavidades menores apresentaram maiores chances de insucesso (p<0,03). Podemos concluir que o novo material Carbômero de Vidro não é adequado para o uso em restaurações ART proximais de molares decíduos em comparação com CIV de alta viscosidade e o Compômero.
Título em inglês
Longevity of ART restorations using 3 different materials in cclusoproximal cavities in primary molars - randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Atraumatic Restorative Treatment
Glass Ionomer Cement
Occluso-proximal cavities
Primary Teeth
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate if the new nanoparticulate material, the glass carbomer can increase the survival rate of occlusal-proximal-ART restorations compared with compomer - a polyacid resin modified material and a high viscosity glass ionomer cement (GIC). A total of 286 children aged 5 to 7 years presenting at least one occlusal-proximal carious lesion were selected in the city of Barueri, SP. Patients were randomized into three groups: high viscosity GIC (GIC - Fuji IX Extra - GC Corp), Compomer (COM - Dyract Extra - Dentsply) and Glass Carbomer (CAR - Glass Carbomer - GCP Dental). All treatments were made following the precepts of ART and manufacturers' recommendations. The restorations were evaluated after 2, 6 and 12 months by a trained examiner. To verify the survival of the restorations was used Kaplan-Meier survival analysis and log-rank test. To evaluate the association between the outcome and patient variables was applied Cox regression test. The significance level for the tests was 5%. After 12 months of follow-up, overall survival rate of the restorations was 52.8%. The GIC, COM and CAR survival rate were 62.6%, 61.3% and 36.3%, respectively. Statistical analysis showed significant differences between the materials, where the CAR had a worse performance (HR = 1.84, CI 1.19 to 2.85; p = 0.006) and no difference was found between the CIV and COM materials. Moreover, statistical differences were found for the variable volume of the cavity, where smaller cavities had higher chances of failure (p <0.03). We conclude that the new glass carbomer material is not suitable for use in ART occlusal-proximal restorations in primary molars compared to high viscosity GIC and the compomer.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.