• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Cíntia Saori Saihara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Raggio, Daniela Prócida (Presidente)
Calvo, Ana Flávia Bissoto
Fraga, Mariana Minatel Braga
Tedesco, Tamara Kerber
Título em português
Longevidade e custo-eficácia das restaurações atraumáticas (ART) utilizando diferentes cimentos de ionômero de vidro encapsulados: ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Cárie dentária
Cimentos de Ionômeros de Vidro
Custo e Análise de Custo
Dente decíduo
Tratamento Dentário Restaurador sem Trauma
Resumo em português
Diante de possíveis problemas clínicos causados pelos erros cometidos durante a dosagem e manipulação do Cimento de Ionômero de Vidro (CIV) do tipo pó-líquido, o uso dos ionômeros encapsulados vem crescendo. O objetivo deste ensaio clínico randomizado foi avaliar a longevidade e custo-eficácia de dois CIV encapsulados em restaurações realizadas pelo Tratamento Restaurador Atraumático (ART) em cavidades ocluso-proximais de molares decíduos. Foi registrado no site ClinicalTrials.gov (NCT02730000). Foram selecionados 152 pacientes com idades entre 4 a 6 anos, no município de Tietê-SP, com pelo menos uma cavidade ocluso-proximal em molar decíduo. Os pacientes foram randomizados de acordo com o material restaurador a ser utilizado: Riva Self Cure (SDI) ou EQUIA FORTE (GC Corp.). Apenas um dente foi incluído por criança e restaurado de acordo com os princípios originais da ART em ambiente escolar, por dois operadores treinados. As restaurações foram avaliadas após 1, 6, 12 e 18 meses por um examinador treinado e calibrado, de acordo com critério de Roeleveld et al. (2006). O tempo gasto em cada tratamento foi registrado e os custos calculados sob uma perspectiva de serviço odontológico brasileiro e convertidos em dólares norte-americanos (US$). O custo acumulado durante 18 meses foi calculado assumindo-se os custos de repetição (uma vez por criança). A sobrevida da restauração foi analisada usando a análise de sobrevida de Kaplan-Meier e o teste Log-rank, enquanto a análise de regressão de Cox foi utilizada para testar associação com fatores clínicos (? = 5%). Os custos e efeitos incrementais entre 2 materiais foram inseridos numa planilha de custo e analisados. Para analisar a relação entre o custo do tratamento e as variáveis associadas, utilizou-se regressão linear "Bootstraping". A taxa de sobrevida geral para restaurações após 18 meses foi de cerca de 45%, sem diferença entre os grupos (EQUIA FORTE= 51% e RIVA = 39%; p=0,18). Não foi encontrada associação entre as variáveis clínicas e sobrevida das restaurações (p>0,05). Embora as restaurações RIVA (US$ 23,89,95% CI: 22,63-25,15) tenham apresentado menor custo inicial comparadas com as realizadas com EQUIA FORTE (US$ 26,03,95% IC: 24,76-27-30) a serem realizadas (p=0,01), ao longo do tempo, os custos tendem a ser equivalentes. Os custos acumulados durante 18 meses não foram impactados pelo material utilizado porque o nível de incerteza foi maior (RIVA - US $ 33,54,95% IC: 31,00-36,10 / EQUIA-US $ 36,22; IC 95%: 32,65-39,80). RIVA e EQUIA FORTE apresentam desempenho e custo semelhantes quando utilizados para restaurar cavidades ocluso-proximais e molares decíduos.
Título em inglês
Longevity and cost-efficacy of ART restorations using different encapsulated glass ionomer cements: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Cost and Cost Analysis
Decent tooth
Dental caries
Glass Ionomer Cements
Restorative Treatment without Trauma
Resumo em inglês
Given the possible clinical problems caused by the errors made during the dosing and manipulation of powder-liquid glass ionomer cement (GIC), the use of encapsulated ionomers has been increasing. The objective of this randomized clinical trial was to evaluate the longevity and cost-efficacy of two CIVs encapsulated in restorations performed by Atraumatic Restorative Treatment (ART) in occlusal-proximal cavities of primary molars. It was registered in ClinicalTrials.gov (NCT02730000). A total of 152 patients aged 4 to 6 years were selected in the municipality of Tietê-SP, with at least one occlusal-proximal cavity in a primary molar. Patients were randomized according to the restorative material to be used: Riva Self Cure (SDI) or EQUIA FORTE (GC Corp.). Only one tooth was included per child and restored according to the original principles of ART in school settings by two trained operators. Restorations were evaluated at 1, 6, 12 and 18 months by a trained and calibrated examiner, according to Roeleveld et al. (2006). The time spent on each treatment was recorded and the costs calculated from a Brazilian dental service perspective and converted into US dollars. The accumulated cost for 18 months was calculated assuming the costs of repetition (once per child). Restoration survival was analyzed using Kaplan-Meier survival analysis and the Log-rank test, while Cox regression analysis was used to test association with clinical factors (? = 5%). The costs and incremental effects between 2 materials were inserted in a cost efficacy spreadsheet and analyzed. To analyze the relationship between the cost of treatment and the associated variables, a linear regression was used: "Bootstrapping". The overall survival rate for restorations after 18 months was about 45%, with no difference between groups (EQUIA FORTE= 51% and RIVA = 39%, p = 0.18). There was no association between clinical variables and survival of the restorations (p> 0.05). Although RIVA restorations (US $ 23.89.95% CI: 22.63-25.15) presented lower initial costs compared to those performed with EQUIA FORTE (US $ 26.03.95% CI: 24.76-27 -30) to be performed (p = 0.01) over time, costs tend to be equivalent. The costs accumulated during 18 months were not impacted by the material used because the level of uncertainty was higher (RIVA - US $ 33.54,95% CI: 31.00-36.10 / EQUIA FORTE - US $ 36.22; IC 95 %: 32.65-39.80). RIVA and EQUIA FORTE present similar performance and cost when used to restore occlusal-proximal and primary molar cavities.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.