• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Tatiana Miranda Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Pillon, Sandra Cristina (Presidente)
Gonçalves, Angelica Martins de Souza
Junqueira, Marcélle Aparecida de Barros
Souza, Jacqueline de
Título em português
Atitudes de profissionais de enfermagem de um serviço de emergência sobre o atendimento a pacientes alcoolizados
Palavras-chave em português
Enfermagem; Percepção; Atitude; Serviço Hospitalar de Emergência; Transtornos relacionados ao uso de álcool
Resumo em português
No presente estudo o objetivo foi avaliar as atitudes de profissionais de enfermagem, de um serviço de emergência, no atendimento a pacientes com problemas relacionados ao uso de álcool e realizar treinamento com esses profissionais. O local do estudo foi o Pronto-Socorro Adulto do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG, Brasil. O desenho metodológico do estudo foi do tipo descritivo com abordagem quantitativa. O instrumento utilizado para coleta de dados foi o SAAPPQ e um questionário com informações sócio-demográficas, aplicado em 82 profissionais de enfermagem, incluindo técnicos e enfermeiros, no entanto, somente 73 profissionais responderam ao questionário. A maioria dos profissionais eram técnicos de enfermagem, muitos deles tinham curso superior concluído, do sexo feminino e com idade média de 37 anos. Na avaliação dos profissionais, as atitudes negativas foram relacionadas à satisfação com o trabalho (4,9±1,6) e atitudes positivas quanto à execução de tarefas específicas e autoestima (6,6±1,5). Em relação à formação profissional, os de nível superior mostraram-se menos motivados a trabalhar com pacientes com problemas relacionados ao uso do álcool, entretanto, aqueles que tinham algum curso de especialização em álcool e/ou drogas apresentaram melhores níveis na adequação ao trabalho e na execução de tarefas específicas e autoestima. Ao mensurar as atitudes dos profissionais relacionadas ao Compromisso terapêutico (motivação, satisfação e autoestima) e à Segurança Profissional (adequação e legitimidade), houve melhores níveis na função Segurança Profissional. O treinamento foi realizado no próprio ambiente de trabalho, com 64,3% de participação da equipe. Conclui-se, portanto, que a formação educacional para atuar no atendimento a pessoas com problemas relacionados ao álcool pode acarretar mudanças positivas significativas no conhecimento e atitudes dos profissionais de enfermagem
Título em inglês
Attitudes of nursing professionals of an emergency service on the care of alcoholic patients
Palavras-chave em inglês
Alcohol-related disorders; Attitude; Emergency Service Hospital; Nursing; Perception
Resumo em inglês
This study aimed to evaluate the attitudes of nursing professionals of an emergency service in the care of patients with problems related to alcohol use and to conduct a training with these professionals. The study site was the Adult Emergency Room of the Clinical Hospital of the Federal University at Triângulo Mineiro, in Minas Gerais, Brazil. The methodological design of the study is of the descriptive type with a quantitative approach. A questionnaire of sociodemographic information and SAAPPQ were used. The questionnaire applied to 82 nursing professionals, including technicians and nurses, however 73 professionals answered the questionnaire. Most of the professionals were nursing technicians, many of them had completed college degree, female with average age of 37 years. In the evaluation of professionals, negative attitudes were related to work satisfaction (4.9 ± 1.6) and positive attitudes regarding the performance of specific tasks and self-esteem (6.6 ± 1.5). Regarding professional training, those at higher education level were less motivated to work with patients with problems related to alcohol use, however, those who had some degree of specialization in alcohol and / or drugs had better levels of work adequacy and execution of specific tasks and self-esteem. When measuring the attitudes of professionals related to Therapeutic Commitment (motivation, satisfaction and self-esteem) and Role Security (adequacy and legitimacy), there were better levels in the Role Security function. The training was carried out in the work environment, with a 64.3% participation of the team. It is concluded that the educational training to act in the care of people with problems related to alcohol can lead to significant positive changes in the knowledge and attitudes of nursing professionals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.