• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2018.tde-28022018-201121
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Batista
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Matumoto, Silvia (Presidente)
Brienza, Adriana Mafra
Brito, Maria de Fatima Paiva
Lettiere, Angelina
Título em português
Elaboração de roteiro de sistematização da assistência de enfermagem na atenção à gestante: proposta de utilização da CIPESC
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde; Classificação Internacional de Atenção Primária; Cuidados de enfermagem; Enfermagem em saúde pública; Pré-natal; Saúde da mu
Resumo em português
A sistematização da assistência de enfermagem tornou-se um instrumento valioso no trabalho do enfermeiro, por nortear as consultas, produzir registro de suas práticas por meio de processo organizado com linguagem padronizada, pensamento crítico e habilidades lógicas. Na Atenção Básica, para o enfermeiro realizar a SAE, necessita de classificação voltada não apenas para o modelo fisiopatológico, mas que contemple o ser humano de forma integral, respeitando os princípios do SUS de universalidade, equidade, integralidade, resolutividade e de qualidade. A Classificação Internacional de Práticas de Enfermagem em Saúde Coletiva, CIPESC®, atende a essas características, constituindo a opção de classificação para esta elaboração. Assim, o presente estudo teve como objetivo reformular e validar roteiro para primeira consulta de enfermagem à gestante de baixo risco utilizando a CIPESC®. A pesquisa buscou consistência teórica no histórico das classificações das práticas de enfermagem para contribuir no aprimoramento do conhecimento, assim como, na consulta de enfermagem e da saúde da mulher para entendermos a evolução do atendimento à gestante, grupo populacional escolhido como foco do roteiro. Trata-se de Estudo Metodológico realizado em duas fases. A primeira constituiu-se no desenvolvimento de revisão integrativa, analisando as produções científicas sobre Cuidados de Enfermagem, Enfermagem em Saúde Pública, Atenção Primária à Saúde, Saúde da Mulher, Classificação Internacional de Atenção Primária, Gestante e Pré-Natal para fundamentar a reconstrução do roteiro em uso em uma unidade básica de saúde. Foram utilizadas três bases de dados: Lilacs, Pubmed e Cinahl. Obteve-se nove publicações que possibilitaram extrair evidências das informações para aprimorar o roteiro. O resultado da Revisão Integrativa acrescido de analise de documentos oficiais do Ministério da Saúde sobre o tema forneceram os elementos para a formulação do roteiro, que também foi apreciado pelo grupo de trabalho sobre a SAE, constituído de enfermeiras da rede de Atenção Básica, gerando a versão para a próxima fase. Na segunda fase, foi realizada validação por oito experts que, após duas apreciações com incorporação das observações e sugestões, obteve-se como produto final, o roteiro de SAE para primeira consulta da gestante na Atenção Básica. Conclui-se que o roteiro validado oferece subsídios para direcionar os enfermeiros a documentarem a consulta de enfermagem, permitindo além da adequação das exigências do Conselho de Enfermagem espaço para novos estudos relacionados à sua aplicabilidade. O roteiro reformulado e validado, de sistematização de assistência de enfermagem da primeira consulta à gestante na Atenção Básica visa, como finalidade, à sua aplicação prática, para tanto, será apresentado à Secretária Municipal de Saúde do município de Ribeirão Preto para ser incorporado aos protocolos municipais, propondo-se a substituição da Versão inicial atualmente em uso. Palavras-chave: Cuidados de Enfermagem. Enfermagem em Saúde Pública
Título em inglês
Development of the Nursing Care Systematization guide in care for pregnant women: proposal to use CIPESC®
Palavras-chave em inglês
International Classification of Primary Care; Nursing care; Prenatal care; Primary health care; Public health nursing; Women's health
Resumo em inglês
The Nursing Care Systematization (NCS) has become a valuable tool in the nurses' work for guiding the consultations and producing a record of their practices through an organized process with standardized language, critical thinking and logical skills. In Primary Care, to perform the NCS, nurses need of the classification not only for the pathophysiological model, but also to contemplate the human being integrally, respecting the SUS principles of universality, equity, integrality, problem solving and quality. The International Classification of the Nursing Practices in Collective Health - CIPESC® meets these characteristics, constituting the option of classification for this development. Thus, this study aimed to reformulate and validate a guide for the first nursing consultation of the low-risk pregnant women using the CIPESC®. The research sought theoretical consistency in the history of the classification of nursing practices to contribute to the improvement of knowledge as well as of the nursing consultation and women's health to understand the evolution of care to pregnant women, a population group chosen as the focus of the guide. This is a Methodological Study carried out in two phases. The first was the development of an integrative review, analyzing the scientific productions on Nursing Care, Public Health Nursing, Primary Health Care, Women's Health, International Classification of Primary Care, Pregnant Women and Prenatal Care to support the reconstruction of the guide which was being used in a basic health unit. Three databases were used: Lilacs, Pubmed and Cinahl. There were 9 articles that made it possible to extract evidence of the information to improve the guide. The result of the Integrative Review and the analysis of official Ministry of Health documents on the theme provided the elements for the development of the guide, which was also appreciated by the work group on NCS composed by nurses from the Primary Care network, generating the version for the next phase. In the second phase, the validation was performed by 8 experts, and after two evaluations with incorporation of the observations and suggestions, it was obtained as final product, the NCS guide for the first consultation of the pregnant women in Primary Care. It was concluded that the validated guide offers subsidies to help nurses to document the nursing consultation, allowing the adequacy of the requirements of the Nursing Board and the opportunity for further studies related to its applicability. The revised and validated guide of the systematization of first nursing consultation of the pregnant woman in Primary Care aimed at its practical application. For this purpose, it will be presented to the Municipal Health Secretary of the city of Ribeirão Preto to be incorporated into the municipal protocols with the proposal to replace the initial version, which is currently in use
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LUCIANABATISTA.pdf (8.50 Mbytes)
Data de Publicação
2018-04-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.