• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2018.tde-03072018-150501
Documento
Autor
Nome completo
Maísa Figueiredo Bedoni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Laus, Ana Maria (Presidente)
Dallora, Maria Eulália Lessa do Valle
Gabriel, Carmen Silvia
Moura, Josely Pinto de
Título em português
Avaliação dos prestadores de serviços hospitalares para assistência suplementar à saúde: diagnóstico de situação
Palavras-chave em português
Assistência à saúde
Avaliação de instituições hospitalares
Avaliação em saúde
Saúde suplementar
Resumo em português
A avaliação em saúde é um instrumento bastante útil ao gerenciamento das instituições, visto que, por meio de sua aplicação, é possível conhecer a realidade e intervir com o objetivo de obter mudanças e melhorias. Se, por um lado, temos a saúde pública, com suas divisões e problemas claramente decorrentes de gestões, por outro lado, a saúde suplementar, para se manter competitiva mediante as opções, busca atender a padrões internacionais de qualidade. Assim, a avaliação econômica da saúde assume um papel de destaque, exigindo dos gestores o enfrentamento de novos desafios na busca contínua da eficiência e eficácia das atividades, compatibilizando qualidade à utilização racional dos recursos. Esta realidade tem demandado das instituições de saúde preocupações quanto à adoção de mecanismos de avaliação sistemáticos em seus processos de trabalho, dado o aumento em espiral dos seus gastos, da insuficiência de recursos e das dificuldades de controles efetivos. Este estudo objetivou avaliar os serviços hospitalares credenciados a um Instituto de Assistência à Saúde segundo critérios de eficiência da assistência, infraestrutura e práticas de gestão e analisar e adaptar o Instrumento de Avaliação de Prestadores de Serviços Hospitalares desenvolvido por Cavalcanti (2010). A metodologia empregada para esse estudo foi exploratória, descritiva, com abordagem quantitativa. A população foi composta por todas as instituições hospitalares pertencentes à regional selecionada para desenvolver a pesquisa, cadastradas no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e credenciadas ao IPSEMG, o que totalizou seis instituições. Foi empregado o Instrumento de Avaliação de Prestadores de Serviços Hospitalares, buscando avaliar critérios baseados em assistência, infraestrutura e gestão, desenvolvido por Cavalcanti (2010) e ajustado para este estudo. Este instrumento possibilita avaliar instituições hospitalares de diferentes portes e está dividido em três dimensões e quatro domínios. Foram avaliadas seis instituições hospitalares, sendo três de alta complexidade e as demais de média complexidade. A maioria das instituições é privada/filantrópica, de pequeno porte e abrangência regional. Os resultados apontaram como satisfatórias as dimensões Eficiência da assistência e Práticas de gestão, que obtiveram os melhores índices de adequação, com 87 % e 82%, respectivamente. A dimensão Infraestrutura disponível apresentou índice de conformidade de 77.5%, indicando fragilidade dos hospitais analisados. Este estudo permitiu compreender a importância e o desafio existentes em estabelecer uma contratualização baseada na qualidade entre prestador e operadora, em que se busque garantir o atendimento de padrões e o estabelecimento de práticas de monitoramento e melhoria contínua, disseminando a preocupação permanente com custos e desempenho
Título em inglês
Evaluation of hospital service providers for supplementary health care: situation diagnosis
Palavras-chave em inglês
Health care
Health evaluation
Hospital institutions evaluation
Supplementary health
Resumo em inglês
Health assessment is a very useful instrument for the management of institutions, since through its application it is possible to know the reality and intervene with the objective of obtaining changes and improvements. If, on the one hand, we have public health, with its divisions and problems clearly stemming from management, on the other hand, supplementary health, in order to remain competitive through the options, seeks to meet international quality standards. Thus, the economic evaluation of health assumes a prominent role, requiring managers to face new challenges in the continuous search for efficiency and effectiveness of activities, matching quality to the rational use of resources. This reality has demanded from health institutions concerns about the adoption of systematic evaluation mechanisms in their work processes, given the spiraling increase in their expenditures, the lack of resources and the difficulties of effective controls. This study aimed to evaluate the hospital services accredited to an Institute of Health Care according to criteria of efficiency of care, infrastructure and management practices and to analyze and adapt the Instrument of Evaluation of Hospital Service Providers developed by Cavalcanti (2010). The methodology used for this study was exploratory, descriptive, with a quantitative approach. The population was composed of all the hospital institutions belonging to the regional selected to develop the research, registered in the National Register of Health Establishments (CNES) and accredited to the IPSEMG, which totaled six institutions. The Hospital Services Providers Evaluation Instrument was used to assess the criteria based on care, infrastructure and management developed by Cavalcanti (2010) and adjusted for this study. This instrument makes it possible to evaluate hospital institutions of different sizes and is divided into three dimensions and four domains. Six hospital institutions were evaluated, three of them with high complexity and the other with medium complexity. Most of the institutions are private/philanthropic, of small size and regional coverage. The results indicated satisfactory dimensions of Efficiency of care and Management practices, which obtained the best adequacy indexes, with 87% and 82%, respectively. The available Infrastructure dimension presented a compliance index of 77.5%, indicating fragility of the hospitals analyzed. This study made it possible to understand the importance and the challenge of establishing a contractual relationship based on quality between service provider and operator, aiming to ensure compliance with standards and the establishment of continuous monitoring and improvement practices, disseminating the permanent concern with costs and performance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.