• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Santos Prudêncio
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2017
Orientador
Banca examinadora
Gomes-sponholz, Flávia Azevedo (Presidente)
Goldman, Rosely Erlach
Monteiro, Juliana Cristina dos Santos
Sanfelice, Clara Fróes de Oliveira
Título em português
Avaliação da expectativa e satisfação da gestante com o cuidado pré-natal na atenção primária à saúde
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Avaliação de Serviços de Saúde
Cuidado Pré-Natal
Satisfação do Paciente
Resumo em português
A avaliação da expectativa e satisfação das gestantes com o cuidado pré-natal na Atenção Primária à Saúde, na percepção das usuárias, é uma importante estratégia que contribui para uma assistência pré-natal de qualidade. O presente estudo teve como objetivo avaliar a expectativa e a satisfação da gestante com o cuidado pré-natal na Atenção Primária à Saúde por meio da aplicação da versão brasileira do instrumento Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC). Os dados foram coletados em oito serviços públicos de saúde de atendimento pré-natal do município de Bauru, sendo seis Unidades Básicas de Saúde e duas Unidades de Saúde da Família. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas individuais e consultas em prontuários. Participaram do estudo 377 gestantes. Para a análise estatística dos dados, foi utilizado o software estatístico SAS versão 9. Foram realizadas as seguintes análises: estatística descritiva, análise da frequência dos itens do instrumento, verificação da associação entre as variáveis qualitativas pelo Teste Exato de Fisher, mensuração da associação das variáveis qualitativas por meio da análise de regressão logística simples onde se calculou o Odds ratio bruto com seus respectivos intervalos de confiança de 95% e análise da confiabilidade por meio do cálculo do Alfa de Cronbach. O nível de significância adotado foi de 0,05. Foi aplicada a versão brasileira do instrumento PESPC que possui 41 itens distribuídos em dois domínios: expectativa e satisfação. É uma escala do tipo likert, com opções de resposta que variam de 1 "concordo totalmente" a 6 "discordo totalmente". Para a expectativa, o intervalo possível é de 12-72 e, para a satisfação, é de 29-174, onde os menores valores representam alta expectativa e satisfação com o cuidado pré-natal. A maioria das gestantes era multigesta 288 (76,4%), com idade média de 27 anos, 237 (62,9%) eram donas de casa, 215 (57,0%) das participantes realizaram seis ou mais consultas de pré-natal. Foi identificado predomínio de baixa expectativa 279 (74%) e alta satisfação 220 (58,8%) das gestantes com o cuidado pré-natal. Os testes de associação pela regressão logística simples demonstraram que, para o domínio expectativa, não houve relação entre as variáveis e, para o domínio satisfação, a variável "ter utilizado o mesmo serviço de pré-natal" apresentou associação e significância estatística (p = 0,0398; OR = 1,711; IC 95% = 1,03-2,82). Pelo Teste t de Student, não houve diferenças entre os dois serviços (UBS e USF), para os dois domínios do instrumento. A confiabilidade demonstrou valores adequados para consistência interna para os domínios da versão adaptada do instrumento PESPC (expectativa ? = 0,82; satisfação ? = 0,91). Conclui-se que a avaliação da expectativa e satisfação das gestantes com o cuidado pré-natal na Atenção Primária à Saúde em Bauru resultou em predomínio de baixa expectativa e alta satisfação com os serviços públicos de saúde de pré-natal, para ambos os modelos de serviços avaliados, USF e UBS. A versão brasileira do instrumento PESPC demonstrou-se adequada para avaliação da expectativa e satisfação da gestante com o cuidado pré-natal para a amostra estudada
Título em inglês
Evaluation of expectation and satisfaction of pregnant women with prenatal care in Primary Health Care
Palavras-chave em inglês
Health Services Evaluation
Patient Satisfaction
Prenatal Care
Primary Health Care
Resumo em inglês
The evaluation of expectation and satisfaction of pregnant women with prenatal care in Primary Health Care, in the perception of the users, is an important strategy that contributes to the quality of prenatal care. This study aimed to evaluate the expectation and satisfaction of the pregnant women with prenatal care in Primary Health Care, through the application of the Brazilian version of the Patient Expectations and Satisfaction with Prenatal Care (PESPC) instrument. Data were collected in eight prenatal public health services in the city of Bauru, being six Basic Health Units (BHU) and two Family Health Units (FHU). Data collection was performed through individual interviews and search in medical records. 377 pregnant women participated in the study. For the statistical analysis of data, the statistical software SAS version 9 was used. The following analyzes were performed: descriptive statistics, analysis of the frequency of the instrument's items, verification of the association among qualitative variables by Fisher's Exact Test, association measurement of qualitative variables through simple logistic regression analysis in which the gross Odds Ratio was calculated with its respective 95% confidence intervals, and reliability analysis through the calculation of Cronbach's alpha. The level of significance was 0.05. The Brazilian version of the PESPC instrument, which has 41 items distributed in two domains (expectation and satisfaction), was used. It is a Likert type scale, with response options ranging from 1 "totally agree" to 6 "totally disagree". For the expectation, the possible interval is 12-72 and; for satisfaction, it is 29-174; the lowest values represent high expectation and satisfaction with prenatal care. The majority of the pregnant women were multiparous 288 (76.4%), with a mean age of 27 years, 237 (62.9%) were housewives, 215 (57.0%) of the participants had six or more prenatal consultations. A low expectation prevalence 279 (74%) and a high satisfaction (58.8%) of pregnant women with prenatal care were identified. The simple logistic regression association tests showed that, for the expectation domain, there was no relationship among the variables and, for the satisfaction domain, the variable "having used the same prenatal service" showed association and statistical significance (p = 0.0398, OR = 1.711; IC 95% CI = 1.03-2.82). By Student's t test, there were no differences between the two services (BHU and FHU) for the two domains of the instrument. Reliability demonstrated adequate values for internal consistency for the domains of the adapted version of the PESPC instrument (expectation ? = 0.82; satisfaction ? = 0.91). It was concluded that the evaluation of the expectation and satisfaction of pregnant women with prenatal care in Primary Health Care in Bauru resulted in a predominance of low expectation and high satisfaction with prenatal public health services for both models of services evaluated, BHU and FHU. The Brazilian version of the PESPC instrument was adequate to evaluate the expectation and satisfaction of the pregnant woman with prenatal care for the sample studied
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-10-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.