• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2015.tde-27072015-165428
Documento
Autor
Nome completo
Tiemi Arakawa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Villa, Tereza Cristina Scatena (Presidente)
Brunello, Maria Eugenia Firmino
Monroe, Aline Aparecida
Ruffino Netto, Antonio
Título em português
Avaliação de desempenho do programa de controle da tuberculose em municípios paulistas (2010)
Palavras-chave em português
Avaliação de programas
Indicadores de qualidade em assistência à saúde
Pesquisa sobre serviços de saúde
Tuberculose
Resumo em português
A operacionalização dos programas de controle da TB (PCT) no contexto municipal implica no reconhecimento de suas diversas peculiaridades, os quais podem auxiliar na compreensão dos fatores envolvidos no alcance das metas estabelecidas pelas políticas em TB. Trata-se de um estudo ecológico, de caráter descritivo-exploratório, cujo objetivo foi de avaliar o desempenho do PCT em municípios do Estado de São Paulo (ESP) no ano de 2010. Foram inclusos no estudo municípios com mais de 20.000 habitantes e no mínimo 5 casos novos confirmados de TB, fora do sistema prisional, residentes e notificados no ano de estudo. A análise dos dados foi realizada em 3 etapas, a saber: verificação da completude dos dados obtidos no Sistema de Notificação e Acompanhamento de Casos de TB (TBWEB), construção de indicadores operacionais a partir dos dados com completude entre regular e satisfatória, e aplicação de técnicas de análise multivariada. Utilizou-se a análise de agrupamento (AA) para identificar os municípios com perfis semelhantes em relação ao desempenho no controle da TB segundo os indicadores operacionais, e, a partir dos grupos criados, foi utilizada análise de correspondência múltipla (ACM) para verificar a associação destes com características demográficas (localização e porte populacional), aspectos relacionados à situação epidemiológica da TB e aids (priorização, taxas de incidência, porcentagem de co-infecção) e de serviços de saúde (cobertura de PACS e ESF) dos municípios de estudo. A base de dados utilizados para o estudo obteve uma boa avaliação em relação à completude na maioria das variáveis consideradas. Foram identificados três grupos de desempenho: o de desempenho insatisfatório, composto por 63 municípios (32,3%), apresentando a menor taxa de cura e a maior taxa de abandono, acompanhado da menor proporção de pacientes indicados ao tratamento diretamente observado (TDO) e uma efetivação da supervisão ainda mais baixa; além de menor realização de testagem HIV e menor proporção de comunicantes examinados dentre os identificados. Este grupo esteve associado a alta co-infecção de TBHIV, baixas taxas de incidência de TB e média taxa de TB pulmonar bacilífera, e localizados na região do interior, com maior cobertura de ESF/PACS. O grupo satisfatório, composto por 89 municípios (45,6%), apresentou a maior proporção de indicação e efetivação do TDO, com os melhores indicadores de desfecho em relação aos demais grupos e com as maiores proporções de testagem de HIV e de avaliação de contatos. O grupo de desempenho regular, composto por 43 municípios (22,1%), esteve identificado por uma menor indicação de TDO entre os casos novos e a menor efetivação, indicadores de desfecho e em relação aos exames de HIV e avaliação dos comunicantes próximos ao do grupo satisfatório. Estes dois grupos estiveram associados a municípios com taxas altas e médias de incidência de aids e uma co-infecção TBHIV moderada, uma alta incidência de TB e TB pulmonar bacilífera, e localizados na região metropolitana e do litoral, com menor cobertura de ESF/PACS. Os coordenadores do PCT precisam lançar mão de um domínio técnico, administrativo, mas também político e negociador, de forma a negociar com a macro- gestão e oferecer os melhores recursos para a micro-gestão executar as atividades previstas
Título em inglês
Performance evaluation of the tuberculosis control program in cities of São Paulo State (2010)
Palavras-chave em inglês
Health care
Program evaluation
Quality indicators
Research on health services
Tuberculosis
Resumo em inglês
The implementation of TB control programs (TCP) in the municipal context demands the recognition of its many peculiarities, which may help to understand the factors involved in achieving the goals set by TB policies. This is an ecological study, descriptive and exploratory, whose objectives were to evaluate the performance of TCPs in cities of São Paulo state (SP) in 2010. We included in the study municipalities with more than 20,000 inhabitants and minimum 5 confirmed TB cases, out of the prison system, residents and reported in the year of study. Data analysis was carried out in three stages, namely: verification of the data completeness obtained in the local reporting TB system (TBWEB), calculation of operational indicators from data which presented regular to satisfactory completeness and application of multivariate analysis techniques. We used cluster analysis (CA) to identify municipalities with similar profiles regarding the TB control performance according to the operational indicators, and, from the identified groups, multiple correspondence analysis (MCA) was used to verify their association with demographic characteristics, issues related to health systems and epidemiological situation of TB and AIDS. The database used for the study presented a good completeness evaluation in most of the variables considered. Regarding the formation of groups and their association with epidemiological, demographic and health services characteristics, we identified 3 groups: a poor performance group composed of 63 municipalities (32.3%), with the lowest cure rate and a highest dropout rate, a lower proportion of patients referred to DOT followed by a lower proportion of supervision, and lower performance of HIV testing and few examined contacts among those identified. MCA identified an association between this group and high co- infection TBHIV, low to medium TB incidence and located in the countryside, with higher coverage of health family-based strategies. The satisfactory group composed of 89 municipalities (45.6%) had the highest proportion of patients DOT indication and completion, with the best outcome indicators and the highest HIV testing proportions and contacts evaluation. The regular performance group was composed of 43 municipalities (22.1%) and was identified by a lower DOT indication and completion, however, with outcome indicators and HIV testing and contacts evaluation closer to the satisfactory group. These two groups were associated with cities with high TB incidence and medium AIDS incidence and a moderate TBHIV co-infection, located in the metropolitan area and the coast, with lower coverage of health family-based strategies.. The TCP coordinators need to use technical, administrative, and political abilities, in order to negotiate with the macro-management and provide the best resources for micro-management implement the planned activities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TiemiArakawa.pdf (2.53 Mbytes)
Data de Publicação
2015-07-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.