• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Anna Maria Meyer Maciel Rodriguez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2018
Orientador
Banca examinadora
Mishima, Silvana Martins (Presidente)
Fortuna, Cinira Magali
Ogata, Márcia Niituma
Santos, Débora de Souza
Título em português
O trabalho na Saúde da Família: a busca pela integralidade da atenção na perspectiva das enfermeiras
Palavras-chave em português
Atenção primária à saúde
Enfermeira
Saúde da família
Sistema Único de Saúde
Trabalho
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi analisar se a enfermeira da Saúde da Família (SF), no atual modelo de atenção, encontra possibilidades (ou brechas) para identificar demandas, necessidades e expectativas dos usuários a fim de implementar uma assistência integral. Por meio do trabalho da enfermeira, buscou-se identificar e analisar as ferramentas utilizadas para reconhecer e atender as demandas, necessidades e expectativas dos usuários. Por ser abordado o trabalho em saúde, adotou-se o referencial teórico do processo de trabalho em sua vertente marxista. Para responder ao objetivo, lançou-se mão da abordagem qualitativa, triangulando a entrevista semiestruturada e a observação participante. As entrevistas foram realizadas com 31 enfermeiras de Unidades de Saúde da Família (USFs) de Ribeirão Preto-SP, seguindo um roteiro pré-elaborado com questões referentes ao trabalho na SF oriundas da revisão de literatura. As observações foram realizadas com sete enfermeiras em três USFs distintas do mesmo município, durante uma semana típica de trabalho, mediante um roteiro de observação. As entrevistas foram interpretadas por meio da análise temática compondo o corpus principal de análise que foram confrontadas com o conteúdo das observações. A análise das entrevistas produziu três grandes unidades temáticas: Falando do contexto onde as práticas de saúde se desenvolvem, O trabalho em equipe e O trabalho das enfermeiras. A primeira unidade temática foi dividida em outros três subtemas e, de modo geral, evidenciou a forte presença da lógica biomédica de atendimento, tanto nos usuários quanto nos trabalhadores. A maioria dos usuários busca atenção imediata para suas queixas/problemas de saúde para os quais os trabalhadores produzem cuidados individuais, curativos, fragmentados e pontuais. Porém, nos atendimentos, há oportunidades nem sempre aproveitadas, para o trabalhador escutar as subjetividades do usuário e reconhecer as necessidades trazidas e travestidas em demandas. A segunda unidade temática revelou que o trabalho na SF, sob a perspectiva das enfermeiras, é organizado, majoritariamente, segundo a modalidade de equipe agrupamento, embora haja situações em que se evidencie a modalidade integração que revela pistas e brechas para um cuidado mais integral e integrado. Finalmente, a terceira unidade temática, dividida em quatro subtemas, mostrou que as dimensões do trabalho "cuidar" e "gerenciar o cuidado" envolvem a educação em saúde e se desenvolvem com o auxílio de tecnologias, em especial das leves, que favorecem a operacionalização das dimensões do trabalho da enfermeira na direção da integralidade da atenção, sendo, portanto, consideradas importantes brechas no trabalho. As enfermeiras ainda trouxeram vários conceitos, sentidos e dimensões da integralidade, compartilhando várias possibilidades para a leitura ampliada das necessidades de saúde dos usuários. As considerações finais ressaltam que a partir do trabalho das enfermeiras é possível verificar a importância das tecnologias leves no cotidiano do trabalho em equipe integrado, dentro e fora do sistema de saúde, para identificar e atender as necessidades dos usuários na perspectiva da integralidade da atenção. Além disso, abre possibilidades para se investigar novas tendências relacionadas ao trabalho das enfermeiras na AB
Título em inglês
The work in Family Health: the search for care integrality from the nurses' perspective
Palavras-chave em inglês
Family health
Nurse
Primary health care
Unified Health System
Work
Resumo em inglês
The objective of this study was to analyze whether the Family Health (FH) nurse, in the current care model, finds possibilities (or gaps) to identify users' demands, needs and expectations in order to implement comprehensive care. Through the nurse's work, we aimed to identify and analyze the tools used to recognize and meet the users' demands, needs and expectations. Because health work was addressed, the theoretical framework adopted was the work process in its Marxist perspective. To respond to the objective, the qualitative approach was used, triangulating the semistructured interview and participant observation. The interviews were carried out with 31 nurses from the Family Health Units (USFs) of Ribeirão Preto-SP, following a pre-elaborated script with questions related to FH work deriving from the literature review. Observations took place with seven nurses in three distinct USFs of the same city, during a typical workweek, through an observation script. The interviews were interpreted using thematic analysis, composing the main corpus of analysis, which was confronted with the content of the observations. The analysis of the interviews produced three major thematic units: Talking about the context in which health practices take place, Teamwork and The nurse's work. The first thematic unit was divided into three other subthemes and, overall, showed the strong presence of the biomedical care logic, in users as well as workers. Most users seek immediate care for their health complaints/problems, for which workers produce individual, curative, fragmented and punctual care. During care, however, there are opportunities left unused for the worker to listen to the subjectivities of the user and recognize the needs brought and disguised as demands. The second thematic unit revealed that the work in FH, from the nurses' perspective, is mainly organized according to the team cluster modality, although there are situations in which there is evidence of the integration modality, revealing clues and gaps for a more integral and integrated care. Finally, the third thematic unit, divided into four subthemes, showed that the dimensions of "caring" and "managing care" work involve health education and are developed with the aid of technologies, especially light technologies, which favor the operationalization of the nurse's work dimensions towards care integrality, being therefore considered important gaps in the work. The nurses also brought various concepts, meanings and dimensions of integrality, sharing several possibilities for the extended reading of the users' health needs. The final considerations point out that, based on the nurse's work, the importance of light technologies in daily integrated team work can be verified, inside and beyond the health system, to identify and meet the users' needs from the perspective of care integrality. In addition, it opens possibilities to investigate new trends related to the nurse's work in basic care
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.