• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2014.tde-20022015-153804
Documento
Autor
Nome completo
Alba Lúcia Santos Pinheiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Pinto, Ione Carvalho (Presidente)
Ferreira, Vitória Solange Coelho
Monroe, Aline Aparecida
Oliveira, Michele Mandagará de
Palha, Pedro Fredemir
Título em português
O uso dos sistemas de informação como ferramenta para a tomada de decisão pela gestão da saúde em municípios do sul da Bahia
Palavras-chave em português
Gestão em saúde
Gestão do conhecimento
Sistemas de informação
Tomada de decisões
Resumo em português
As informações em saúde constituem recursos primordiais para o desenvolvimento do conhecimento e para a inovação em saúde, sendo essenciais para guiar as políticas, o planejamento, a avaliação e subsidiar o processo decisório. O objetivo geral do estudo foi analisar a utilização dos Sistemas de Informação em Saúde (SIS) no processo de tomada de decisão pela gestão da saúde em municípios do sul da Bahia. Utilizou-se como referencial teórico a Gestão do Conhecimento, que possui como foco a estruturação de pessoas, processos e tecnologia para o alcance dos objetivos organizacionais. Trata-se de um estudo qualitativo, cujos sujeitos foram 16 secretários de saúde. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada e de formulário com roteiro aplicado a documentos, ambos submetidos à técnica de análise de conteúdo, modalidade temática. Dois temas emergiram das análises: "A Gestão em Saúde: um olhar na perspectiva do uso dos SIS", dividido em três subtemas inerentes às dimensões Pessoa, Processo e Tecnologia. A segunda unidade temática, "O uso dos SIS pela gestão da saúde: o contexto de documentos", concentrou-se na análise de documentos e foi dividida em duas subcategorias: "A potência do uso dos SIS para nortear as análises da situação de saúde: desafios para a gestão" e "Os distintos atores estão empoderados pelas Informações para a priorização de problemas e para a tomada de decisão?". Os principais resultados das subcategorias foram os seguintes: a dimensão pessoa apontou que os gestores não utilizam todo potencial dos SIS; há o envolvimento de diversos atores na decisão e, em contraponto, os gestores enfatizaram o papel cartorial dos conselhos; os gestores possuem experiência acumulada para tomada de decisão; há número reduzido de qualificações para utilização dos SIS. A subcategoria processo evidenciou que gestões buscam implementar inovação, mesmo que de forma incipiente, e que há um déficit na estrutura e em certos recursos para que os SIS possam funcionar bem. A subcategoria Tecnologia destacou os vários SIS utilizados na prática cotidiana. Alguns gestores sinalizaram dificuldade quando ocorre a implantação de um sistema novo; um dos obstáculos enfrentados é o acesso à Internet. O primeiro subtema da análise documental apontou alguns dos SIS mais evidenciados pelos documentos: SIAB, SIM, SI-PNI. As análises empreendidas pelos municípios revelaram uso de números absolutos e indicadores tradicionais. Antes da implantação do SARGSUS, todos os Relatórios de Gestão usaram ao menos cinco SIS para as análises, e após uso, três. No contexto dos Projetos dos NASF, apenas um município usou mais de quatro SIS, com ênfase no SIAB. O segundo subtema da segunda categoria revelou que os conselhos pouco aparecem nas equipes de elaboração dos documentos, embora haja registros da aprovação pelos conselheiros. Assim, concluímos que a gestão da saúde deve buscar métodos inovadores para uma prática mais implicada e transformadora. Devem-se ultrapassar os limites das informações puramente técnicas para a tomada de decisão, como forma de alcançar um conhecimento inscrito no diálogo e em saberes de distintos atores, possibilitando, enfim, ressignificações da informação e do conhecimento que contribuam para a sua utilização em diferentes situações
Título em inglês
The use of information systems in the decision making for the health management from several cities in South of Bahia
Palavras-chave em inglês
Decision making
Health manager
Information systems
Knowledge management
Resumo em inglês
Information on health constitutes paramount resources to knowledge development and to health innovation, and it is essential to guide policies, planning, and evaluation and to support the decision-making process. The general aim of this study was to analyze the use of Health Information Systems (HIS) in the decision-making process by the health management from several cities located in southern Bahia. Knowledge Management was used as theoretical framework, since it focuses on the structuring of people, processes and technology in order to achieve organizational objectives. It is a qualitative study, whose subjects were 16 secretaries of health. The data were collected through semi-structured interviews and a form with script applied to documents, both subjected to content analysis technique, thematic modality. Two topics emerged from the analysis, the first was "Heath Management: a look at the perspective of HIS' uses" and it was divided into three sub-topics inherent to the dimensions Person, Process and Technology. The second thematic unity is devoted to document analysis, "HIS' use made by the health management: document context", which was divided into two subcategories: "The power of HIS' use to guide health situation analysis: management challenges" and "Are the different actors empowered by information, so as to prioritize results and to make decisions?" The subcategories had the following main results: the Person dimension indicated that the managers do not use all HIS potential; they showed there is an involvement of several actors in the decision and, oppositely, the managers referred to the council's notorial role; it was highlighted they possess gained experience to the decision-making process; they signalized there is a reduced number of qualifications to HIS' use. The Process subcategory made evident that managements aim to implement innovation, even if in an incipient way; they also emphasized there is a lack in structure and in some resources so as to the properly HIS work. The Technology subcategory pointed out a number of HIS used in the daily practice. Some managers highlighted the difficulty that happens, when a new system is established; one obstacle is the Internet access. The first subtopic from the documental analysis indicated that the documents' most featured HIS are SIAB, SIM, SI-PNI and others. The analysis undertook by the cities revealed the use of absolute numbers and of traditional indicators. Before SARGSUS' implantation, all Management Reports employed less than five HIS to the analysis, and after that, they used three; among the HIS used in NASF's Projects, only one city utilized more than four, with an emphasis on SIAB. The second subtopic from the second category disclosed that the council little appears in the document-development teams, but there are records that show the counselors' approval. Thus, the health management should seek innovative methods to a more involved and transforming practice, overcoming the boundaries of merely technical information to the decision- making process, in order to achieve an understanding based on dialogue and on knowledge from numerous actors, making possible to re-signify information and knowledge that contribute to their utilization in different contexts
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.