• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2014.tde-20022015-151947
Documento
Autor
Nome completo
Flávia Baluz Bezerra de Farias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Mamede, Fabiana Villela (Presidente)
Arcêncio, Ricardo Alexandre
Batista, Rosângela Fernandes Lucena
Gomes-sponholz, Flávia Azevedo
Vanderlei, Maria Iêda Gomes
Título em português
Indicador de cobertura pré-natal: uma análise espacial em São Luis/MA
Palavras-chave em português
Cuidado pré-natal
Distribuição espacial da população
Indicadores básicos de saúde
Resumo em português
O Ministério da Saúde preconiza que o cuidado pré-natal deva ser realizado de forma regular e completa, com o número mínimo de seis consultas. Considerando esse aspecto, a análise da distribuição de indicador de cobertura pré-natal, segundo áreas geográficas, é um instrumento valioso na pesquisa em saúde materno-infantil por contribuir para o entendimento dos processos envolvidos na determinação das condições de saúde da mulher e do recém-nascido. O objetivo do estudo foi analisar a distribuição espacial da cobertura pré-natal em relação as características maternas em São Luís/MA. Trata-se de uma pesquisa do tipo ecológico realizada em São Luís/MA com uma amostra aleatória de 2.019 mulheres. A coleta de dados de nascimentos, ocorridos em 2012, foi no período de julho a outubro de 2013, na Secretaria Municipal de Saúde de São Luís, por meio do Sistema de Informação de Nascidos Vivos. Os endereços da amostra foram corrigidos com a utilização do Google Earth, versão 7.1.2.2041, e a busca das coordenadas latitude e longitude pelo site http://batchgeo.com/ para serem georreferenciadas pelo programa TerraView, versão 4.2.2. As coordenadas geográficas do município foram obtidas pela projeção lat/long e datum WGS-84 e foram convertidas para SIRGAS 2000/UTM. Foram obtidos padrões de densidade espaciais por meio de análise estatística espacial, segundo a técnica de alisamento de Kernel e elaboração dos mapas no ArcGis, versão 10.1. Os resultados demonstraram que a maioria das mães estava na fase adulta (85,29%), 96,53% tinham mais de 9 anos de estudo, 65,77% possuíam companheiro, 80,14% não tiveram filhos mortos, 51,42% eram primíparas, 97,67% com gravidez única, 56,76% realizaram parto cesáreo e 67,27% foram a termo. Quanto às consultas prénatais, 13,72% realizaram o número de consultas insuficientes, 38,24% foram regulares e 48,04%, suficientes. Observou-se uma associação estatisticamente significativa. Observou-se uma associação estatisticamente significativa entre idade materna (p<0,0000), anos de estudo (p<0,0000), paridade (p<0,0000), idade gestacional (p<0,0000) e tipo de parto com a cobertura pré-natal (p<0,0000), como também situação conjugal (p=0,0007) e nascidos mortos (p=0,0319). Quanto à condição da cobertura pré-natal por Distritos Sanitários, observou-se que as consultas pré-natais suficientes foram em maior porcentagem nos Distritos Cohab (56,9%), Vila Esperança (54,5%) e Bequimão (51,6%); as consultas pré-natais regulares foram mais expressivas nos Distritos Centro (51,3%) e Itaqui- Bacanga (42,4%); e as consultas insuficientes variaram entre 11,5% e 17,6% em todos os Distritos. Os resultados evidenciam uma forte concentração da cobertura pré-natal suficiente nos distritos Tirirical e Cohab, demostrando a necessidade de vigilância contínua nos outros distritos que apresentaram concentração da cobertura regular a insuficiente
Título em inglês
Indicator of prenatal coverage: a spatial analysis in São Luis/ MA
Palavras-chave em inglês
Health status indicators
Prenatal care
Spatial distribution of population
Resumo em inglês
The Ministry of Health recommends that prenatal care should be performed regularly and completely, with the minimum number of six visits. Considering this aspect, the analysis of the distribution of indicator prenatal coverage, according to geographical areas, is a valuable tool for research in maternal and child health by contributing to the understanding of the processes involved in determining the health of women and newborns. The objective of the study was to analyze the spatial distribution of antenatal coverage compared maternal characteristics in São Luís/MA. This is a research of the ecological type carried out in São Luís/MA with a random sample of 2,019. The data collection of births occurred in 2012, was the period from July to October 2013, the Municipal Health Secretary of São Luís, throught the Live Birth Information System. The sample`s addresses were corrected with the use of Google Earth, version 7.1.2.2041, and the pursuit of latitude and longitude coordinates for http://batchgeo.com/ site to be georeferenced by terraView, version 4.2.2 program. The geographic coordinates of the city were obtained by projecting lat/long and datum WGS-84 and were converted to SIRGAS 2000/UTM. Patterns of spatial density using spatial statistical analysis were obtained using the technique of kernel smoothing and preparation of maps in ArcGIS, version 10.1. The results showed that most mothers were in adulthood (85,29%), 96,53% had more than 9 years of education, 65,77% had a partner, 80,14% had children dead, 51,42 % were primiparous, 97,67% with single pregnancy, 56,76% underwent cesarean delivery and 67,27% were full-term. As for antenatal visits, 13,72% had insufficient number of queries, 38,24% were regular and 48,04% were sufficient. There was a significant association of maternal age (p<0,0000), years of education (p<0,0000), parity (p<0,0000), gestational age (p<0,0000) and mode of delivery with prenatal coverage (p <0.0000), as well as marital status (p=0,0007) and stillbirths (p=0,0319). As the condition of prenatal coverage by health districts, it was observed that sufficient prenatal visits were done in the Districts Cohab with the highest percentage (56,9%), Vila Esperança (54,5%) and Bequimão (51,6 %); regular antenatal visits were more expressive in Center Districts (51,3%) and Itaqui-Bacanga (42,4%); and insufficient consultations ranged between 11,5% and 1,.6% in all Districts. The results show a strong concentration of sufficient prenatal coverage in Tirirical and Cohab districts, demonstrating the need for continued vigilance in other districts who presented concentration of regular coverage until insufficient
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.