• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2014.tde-20022015-150027
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Matos Santana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Maria José Bistafa (Presidente)
Corrêa, Aurêa Christina de Paula
Gaidzinski, Raquel Rapone
Matumoto, Silvia
Trindade, Ruth França Cizino da
Título em português
O cuidado colaborativo como dispositivo de promoção da integralidade da atenção à saúde
Palavras-chave em português
Atenção à saúde
Atenção ao adolescente
Cuidado colaborativo
Gestão dos serviços de saúde
Integralidade da atenção à saúde
Pesquisa-ação
Processo de enfermagem
Resumo em português
A complexidade da atenção à saúde, como um reflexo da influência de uma diversidade de fatores sobre o processo saúde-doenças das pessoas, requer uma combinação de saberes e fazeres, com as devidas competências técnicas e relações peculiares a cada profissão de saúde, com o estabelecimento de habilidades interpessoais para a produção de relações colaborativas entre os profissionais, os usuários e as organizações de saúde. Nesse contexto, emerge o Cuidado Colaborativo que acontece quando, em uma ação coordenada na tentativa de buscar atingir maior aproximação com a integralidade da atenção de que um usuário precisa, profissionais de vários núcleos de competência e responsabilidade da saúde, diversas organizações de saúde, incluindo os usuários, trabalham juntos cotidianamente para conseguir um benefício compartilhado e obter um objetivo comum. Esse estudo teve como objetivo analisar o processo de organização para implantar o cuidado colaborativo integrante do processo de enfermagem, à adolescente com condições ginecobstétricas, a partir da atenção hospitalar, como dispositivo na contribuição da promoção da integralidade da atenção na rede de serviços do sistema de saúde. Foi desencadeada a realização de uma pesquisa-ação, organizada dentro da estrutura metodológica do processo de enfermagem, tomando por referência a implantação da Linha de Ação Teias do Adolescer, de um núcleo de extensão universitária, em colaboração com mais duas instituições, um hospital materno-infantil e de uma prefeitura, todos de um município do interior da Bahia, compondo o cenário de estudo. Teve como sujeitos do estudo em uma equipe de pesquisa-ação composta por representantes das três instituições do cenário de pesquisa. Os dados empíricos foram coletados por meio da técnica de grupos de discussão. A análise dos dados se deu pelo método de Análise Temática, tendo como apoio para isso o uso do software de tratamento de dados qualitativos NVivo 10, da QSR International. Do material empírico analisado emergiram três conjuntos temáticos: a) O cuidado colaborativo na atenção à saúde na perspectiva da equipe do Teias de Adolescer; b) A integralidade na atenção à saúde na perspectiva da equipe do Teias de Adolescer; e c) O Processo de Enfermagem no contexto do Teias de Adolescer. Os resultados analisados no processo que está, e estará, permanentemente em curso vêm apontando, mesmo de forma incipiente, que o cuidado colaborativo tem potencialidade para contribuir para o cuidado integral e servir como disparador para promoção da integralidade da atenção à saúde, seja por meio da colaboração intraorganizacional e/ou interorganizacional
Título em inglês
Collaborative Care as an approach to boosting health care comprehensiveness
Palavras-chave em inglês
Action research
Collaborative care
Health care
Health care comprehensiveness
Health service management
Nursing process
Teenage care
Resumo em inglês
Health care complexity, as a reflection of the influence of a variety of factors on people's health-disease process, requires a combination of knowledge and action, with the necessary technical skills and peculiar relations to each health profession, with the establishment of relational skills for the production of collaborative relationships among healthcare professionals, users and organizations. Within such context, Collaborative Care emerges when, in a coordinated attempt to seek to achieve closer ties with the comprehensive care that a user needs, accountability and specialization health professionals, health organizations, including users, work together on a daily basis to achieve shared goals and benefits. This study aimed to analyze the organization process to apply collaborative care, as constituent of the Nursing Process, to teenagers with gynecobstetric conditions, in the context of hospital care, as an approach to promoting comprehensive care in the service network of the health system. The conducted action research was organized within the methodological framework of the nursing process, with reference to the implementation of the project "Teias do Adolescer" (which is part of a university extension teenager health care program), in collaboration with two other institutions: a maternal and child hospital, and a city hall administration, all in a city in the interior of the State of Bahia, Brazil. As study subjects of the action research, representatives of the three mentioned institutions were involved. Empirical data were collected through discussion groups. Data analysis was made by the method of Thematic Analysis, supported by the NVivo 10 of QSR International software. The empirical material analyzed revealed three thematic clusters: a) The collaborative health care from the perspective of the "Teias do Adolescer" staff; b) The completeness in health care from the perspective of the "Teias do Adolescer" staff; and c) the nursing process in the context of the "Teias do Adolescer" project. The results analyzed in the ever-ongoing process have pointed out, even incipiently, that the collaborative care has the potential to contribute to a total care and serve as a trigger for the promotion of integral health care, either through intra-organizational or interorganizational collaboration
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.