• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2007.tde-17102007-113629
Documento
Autor
Nome completo
Maria Cândida de Carvalho Furtado
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Scochi, Carmen Gracinda Silvan (Presidente)
Mello, Débora Falleiros de
Parada, Cristina Maria Garcia de Lima
Pinto, Ione Carvalho
Rocha, Gutemberg de Melo
Título em português
Projeto floresce uma vida: potencialidades para o cuidado integral ao recém-nascido
Palavras-chave em português
Assistência integral à saúde
Atenção primária à saúde
Avaliação em saúde
Recém-nascido
Resumo em português
Estudo descritivo exploratório com o objetivo geral de contribuir para uma avaliação do Projeto Floresce uma Vida em um município do interior do estado de São Paulo, em seus componentes de estrutura e processo desenvolvidos em uma das etapas de sua proposta original, que propõe a articulação da atenção hospitalar com a rede básica de serviços públicos de saúde, na perspectiva da saúde integral ao recém-nascido (RN). Como objetivos específicos buscou-se descrever a área física, os recursos humanos e materiais disponibilizados para a realização das atividades; descrever o processo de trabalho da equipe que atua nas maternidades, incluindo as ações desenvolvidas com a clientela e as articulações com outros setores e serviços do hospital e rede básica de saúde; comparar o processo efetivamente realizado com o preconizado pelo próprio Projeto Floresce uma Vida e pelo Ministério da Saúde; apreender a visão dos profissionais de saúde envolvidos no Projeto sobre a atenção integral ao RN, a partir dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Atenção Primária à Saúde. O referencial teórico foi o modelo de avaliação de qualidade proposto por Avedis Donabedian. A coleta de dados foi realizada na Secretaria Municipal da Saúde (SMS) do município, em três maternidades vinculadas ao SUS, dois Núcleos de Saúde da Família e um ambulatório de atendimento especializado. Utilizou-se entrevista semi-estruturada com os 15 profissionais de saúde envolvidos no Projeto, observação não participante do trabalho executado pela equipe de enfermagem da SMS nas maternidades e análise documental. Identificou-se no documento original, a ausência de dados referentes à estrutura necessária para seu funcionamento, não constando dados relativos aos recursos humanos, físicos e materiais necessários para a realização do Projeto. Mediante a análise das entrevistas os dados empíricos foram agrupados em categorias, emergindo os temas: "Finalidades do Projeto Floresce uma Vida: as concepções e os avanços"; "Acessibilidade: possibilitando a entrada do RN no serviço básico de saúde"; "Compreendendo a criança na sua integralidade"; "A continuidade do cuidado para mãe e criança"; "Coordenação da atenção: compartilhando informações, aprimorando a atenção à mãe e à criança"; "Ações que permeiam o trabalho no Projeto Floresce uma Vida e os desafios para a qualidade do cuidado". A avaliação do processo evidenciou fortalezas, como a freqüente articulação intra e extra-hospitalares, o agendamento do RN na puericultura, o encaminhamento para serviços preventivos quando necessário, a realização de visitas domiciliares diante de situações de riscos e a interação e comunicação entre os diferentes serviços envolvidos. Porém, observou-se certa fragilidade nas relações entre algumas unidades de saúde e outros serviços disponibilizados à criança, como falta de conhecimento do que cada serviço está oferecendo. O desafio atual é revitalizar as articulações entre os serviços de saúde na perspectiva do cuidado integral à saúde, procurando garantir acesso aos níveis de atenção à saúde e a efetividade dos princípios como primeiro contato, longitudinalidade, integralidade e coordenação, em um constante processo reconstrutivo.
Título em inglês
Floresce uma Vida Project: potentialities to newborn integrality care
Palavras-chave em inglês
Comprehensive health care
Health service evaluation
Newborn
Primary health care
Resumo em inglês
A descriptive study that aims to make a contribution to the evaluation of the components of structure and process of the "Floresce uma Vida" project in a city in the state of São Paulo. The components were developed in one of the phases of the original proposal and articulate hospital care and public health care, based on newborn integral care. The specific aims are to describe the physical area, human resources and materials available to develop activities; to describe the work process of the maternity team including client and other service sector relationships; to compare activities developed with those recommended in the original project and by the Ministry of Health; to understand the team's views on newborn integral care, based on the Brazilian National Health System (SUS) and Primary Health Care. Donabedian model of quality evaluation was used. Empirical data was collected at the Municipal Health Department, three public maternities, two Family Health Units and one specialized outpatient clinic. Semistructural interviews with health teams, non participant observation of team work on maternities and documental analysis were used. We identified that there was no data about the necessary structure for the project to function, nor data about human, physical and material resources in the original documents. From the interview analysis, empirical data was grouped into categories, emerging themes: "Purposes of Floresce uma vida: conception and progress"; "Accessibility: providing access for the newborn into the public health service"; "Understanding the child in it's integrality"; "Continuity of care for mother and child"; "Coordinating care: exchanging information to improve care"; "Actions of Floresce uma Vida and challenges to improve care". Process evaluation showed strengths such as: frequent intra and extra hospital articulations; referrals to preventive health services; the making of appointments to start puericulture; requests of home visits especially when risks were identified and interactions and communication between different health services. However, we noted some fragile relationships between health units and other health services, such as poor knowledge about how each service works. Our challenge is to revitalize articulation between health services from the perspective of integral health care. Also to guarantee access to all levels of health care and to respect the principles: first contact, longitudinality, integrality and coordinated care, in a constant reconstructive process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.